Últimos assuntos
» Desmame Fluvoxamina
Hoje à(s) 14:50 por Deisw

» Desesperada e cansada
Ontem à(s) 08:16 por Titinha_35

» Ajuda com ansiedade específica
Sex Out 20 2017, 15:50 por vanessa_sofia

» Convite Sintomas físicos e psicologicos da descontinuação ISRS
Qui Out 19 2017, 18:49 por Deisw

» Luto ou ansiedade?
Qua Out 18 2017, 18:34 por Makito

» Que medicação tomar??
Seg Out 16 2017, 22:42 por Deprimido83

» Ansiedade e ataques de pânico
Seg Out 16 2017, 19:23 por Barbara Reis

» desmame de Tercian
Seg Out 16 2017, 18:54 por joao_003

» A minha história
Dom Out 15 2017, 16:45 por joguirian

» EMDR alguém conhece ou já fez?
Sab Out 14 2017, 15:12 por sketch

Quem está conectado
29 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 29 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 57 em Qui Maio 25 2017, 20:26

Um bom artigo que vi para todos nós

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Um bom artigo que vi para todos nós

Mensagem por isaferreira em Qua Abr 24 2013, 14:46

Novos Padrões e Rotinas Mentais – O Inicio Mudança.


A consciência plena da trindade Corpo-Mente-Espirito foi desde sempre assumida por várias culturas como chave para uma caminhada dotada de sentido, objetivo e harmonia.

É vital ter presente que o Corpo, a Mente e o Espírito se encontram a um nível semelhante. Ao longo da história vários mestres atestaram isso mesmo, utilizando diferentes palavras para caracterizar o “Corpo-Mente” como o “templo sagrado da Alma”.
Deixando de lado as diversas teorias que diferenciam o conceito de Espírito e Alma, debruço-me de forma prática e útil sobre o que realmente interessa à maioria das pessoas: a mudança e tudo de positivo que daí advém.
O Corpo necessita do Espírito para SER, para encontrar um propósito, para poisar no planeta. Já o Espírito necessita do Corpo para ganhar forma, ancorar. Não é possível libertar a Alma sem libertar a Mente e o Corpo. Não é possível libertar o Corpo sem o libertar da teia que a Mente vai tecendo involuntariamente ao seu redor e no seu interior.
Essa teia, e basta que nos concentremos apenas nesta vida, começa a ser fiada a partir do momento em que se inicia o que denominamos de educação e socialização, onde quem é mais próximo tenta incutir os valores, crenças e conceitos que julgam ser os mais válidos e que, por sua vez, também receberam.
Dará por si, com certeza, a assumir cada vez mais consciência de padrões que repete em relacionamentos íntimos, de amizade, familiares…situações muito semelhantes que atrai e cria na sua vida em que apenas os rostos se alteram. Pode mudar de companhia, de casa, automóvel, emprego, cidade ou país…mas não pode fugir de si.
Quando realmente acorda para esta “bola de neve” o que fazer? Simples: Se quer realmente mudar a sua vida, deverá alterar, pelo menos, algumas das variáveis que a compõem. No entanto, embora seja realmente simples, o processo torna-se um desafio à coragem, à paciência, ao desapego, ao Amor-próprio, à morte do ego e ao renascimento da simplicidade do SER e do Sentir. Até ao que não nos faz bem nos habituamos, somos “animais de hábitos”.
Tenha, apesar de tudo, presente que não é os seus pensamentos, não é as suas palavras, não é as suas ações. Por mais aberrantes que tenham sido, foram momentos, fases, nada mais. Poderão até ter durado 20 anos, mas a cada minuto tem uma nova oportunidade de recomeçar.
Se assim não fosse então a caminhada evolutiva não faria o mínimo sentido, seriamos Seres marcados e condenados, sem necessidade de consciência e sentido, sem possibilidade de sentir e praticar o perdão, a compaixão, o Amor incondicional, por nós e pelo próximo.
Responsabilidade e assumir sim; culpa e rótulos, não, obrigado. Não espere alterar rotinas de pensamento, de palavras e de ação sem passar pela inevitável “ressaca”.
Ficam algumas sugestões que a vida trouxe até mim: Não espere pelo “momento certo” para fazer algo. Isso não existe. Todo o momento pode ser certo, desde que o sinta e o deixe entrar na sua vida:

• Vá atrás da inspiração, do que e de quem o faz sentir vivo, vibrante, com sentido.

• Se está infeliz é porque se está a afastar de si. Passe para o papel o que lhe vai na mente, na alma, no coração. Planifique e estabeleça objetivos.

• Comece por pequenos passos. Encontre “momentos chave” em que possa estar a sós consigo e/ou sair de forma radical da sua rotina mental que condiciona inevitavelmente as suas palavras e ações. Um retiro, partir um prato, gritar, fazer uma viajem, dizer a alguém que o/a ama? Não se auto sabote nem invente desculpas. Ou quer ou não quer [ponto]

• Faça algo que sempre quis, mesmo que ache louco ou idiota. Isso ajudará a não viver em função da aprovação alheia. É tão chato ser “robot”…

• Pratique a intenção e a atenção. Sinta a respiração, cada pensamento, cada palavra que sai da sua boca, cada ato. Age ou reage?

• Onde mora a raiz do que pensa, diz e faz? Já ponderou a possibilidade de existir uma carência genética/química no seu corpo? Se necessitar de apoio especializado, vá. Ninguém é uma ilha e heróis só existem nos filmes

• Assuma a sua dor e as suas emoções. Se tiver de se afastar duma situação profissional ou pessoal para iniciar o processo de libertação, assuma-o. Se tiver de mudar de cidade ou país, faça-o. Não há atalhos no caminho da consciência e da verdade. Fugir, não. Seguir a intuição, sim

• Se cair, levante-se. Da próxima vez conseguirá mais e melhor

• Como se tem alimentado? Que atividades faz para harmonizar Corpo-Mente e Espírito? Sabia que, por exemplo, o que come tem também um impacto direto no seu campo mental-emocional? Já experimentou gasóleo num carro que se move a gasolina?

• Querer é mesmo poder. Lembra-se dos soldados que iam para a batalha e em campo aberto continuavam a marchar sabendo que iam levar com uma bala a qualquer momento? Quando pensar que não é capaz de algo, olhe para exemplos que a humanidade nos deixou. Sim, é capaz. Sim, é possível.

Rodrigo Belard

Escola Superior de Medicina Tradicional Chinesa de Lisboa ( www.esmtc.pt )
Universidade de Nanjing - China

avatar
isaferreira

Mensagens : 216
Reputação : 16
Data de inscrição : 01/04/2013
Idade : 52
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum