Últimos assuntos
» Ansiedade/Fobia Social - Xanax Sintomas
Ontem à(s) 22:22 por Tiago Neves

» Meu diário enfrentando Depressão e TAG
Qui Mar 23 2017, 19:29 por Jana_10

» Sertralina
Qui Mar 23 2017, 18:48 por Convidado

» 194 dias sem Sedoxil!
Qui Mar 23 2017, 17:27 por Jana_10

» Meu relato de depressão...
Qui Mar 23 2017, 17:26 por Jana_10

» Ansiedade e ataques de pânico
Qua Mar 22 2017, 15:06 por MEB

» Fluvoxamina - efeitos secundários
Ter Mar 21 2017, 12:33 por 1006

» Porque sinto isto desta forma tão estranha?
Ter Mar 21 2017, 12:19 por sombraescura

» Em Nome do Pai, Em Nome do Filho
Seg Mar 20 2017, 00:44 por Vicent_Vega

» Falta de concentração e tonturas
Dom Mar 19 2017, 14:14 por Duarte

Quem está conectado
16 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 16 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 52 em Sab Fev 01 2014, 18:10

Como é que têm vivido Financeiramente?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Como é que têm vivido Financeiramente?

Mensagem por Paciente em Dom Jul 21 2013, 19:20

Muito bom fim-de-dia Very Happy  (quase a cair para o início da Noite) Razz 




Já há algum tempo que esta questão "passeava" pelo meu pensamento (Já na altura em que só acompanhava o Fórum e ainda nem era Membro) só que já me tinha esquecido, mas hoje essa questão voltou. (por isso o melhor foi agarrá-la antes que me fugisse de novo) Razz 

E tem a ver com ou em que situação se encontram Financeiramente e de que forma é que têm conseguido viver ou sobreviver?



Decidi então criar este Tópico para tentar entender, como é que nós que padecemos de tantos temas que aqui têm sido debatidos; Como lidar com a Depressão, com a Ansiedade (que em alguns casos a pessoa é mesmo obrigada a deixar o emprego), ter dinheiro para os Medicamentos e entre muitos outros Temas…como é que conseguem fazer frente a tudo isto a nível Financeiro?   (Principalmente nos dias de Hoje) Crying or Very sad 




Gostaria assim de poder contar com a vossa Partilha (se assim o quiserem e se não acharem inconveniente)



Portanto, sendo que fui eu a ter a iniciativa de criar este Tópico, começo eu por contar-vos como tenho sobrevivido financeiramente.

Estou desempregado á cerca de 2 anos...
Não tenho qualquer subsídio de Apoio por parte do Estado, pois também não tive direito ao Fundo de Desemprego, devido ao cargo que ocupava (hoje a Lei mudou e já teria acesso a tal).
Vejo os meus dias a passar e sem conseguir fazer absolutamente nada para inverter a situação.

Estou a ser sustentado pelos meus pais (o que me envergonha bastante, pois vejo neles a base do meu sustento) pois os meus pais ganham mal, mesmo muito mal.
A minha Mãe ganha o Ordenado mínimo e o meu Pai vai ganhando conforme o trabalho que aparece, mas não ganha muito mais que a minha Mãe, a diferença é mesmo muito pouca.
No caso do meu pai, passa mais tempo em casa do que a trabalhar, pois não tem sequer 1 contrato de trabalho nem quase idade para tal.

Devido á Crise Financeira Mundial, os meus pais foram bastante afetados, (principalmente o meu Pai) a crise em mim não me afetou em quase nada.
Recordo-me que sempre fomos uma Família pobre e devido a isso já estávamos habituados a VIVER com pouco ou muito pouco, agora não estávamos era habituados a tentar SOBREVIVER.

Perante este cenário pobre e realista, sucede-se que têm sido imensas as vezes em que a falta de Dinheiro não está presente, e como tal, para simplesmente sermos alimentados nas mínimas condições e por diversas vezes, chega a faltar a comida em casa (seja á mesa, no armário, no frigorífico)...

Já com as contas da Habitação a situação é ainda pior, mesmo sendo mais do mesmo.
Já aconteceu por diversas vezes, entre o 4º Trimestre do ano passado e no decorrer deste ano, que nos tentaram vir cortar a Luz (e nós que estamos sempre a poupar) tentativas essas que não chegaram a ser efetuadas, porque lá se conseguiu arranjar forma de se conseguir pagar.


Enfim, não tem sido fácil SOBREVIVER desta forma.





Continuarei com o Texto



Até já Wink 




Cumprimentos


Última edição por Paciente em Dom Jul 21 2013, 20:33, editado 7 vez(es)
avatar
Paciente

Mensagens : 100
Reputação : 10
Data de inscrição : 18/07/2013
Idade : 28
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como é que têm vivido Financeiramente?

Mensagem por Paciente em Dom Jul 21 2013, 19:22

apagar


Última edição por Paciente em Dom Jul 21 2013, 20:27, editado 1 vez(es)
avatar
Paciente

Mensagens : 100
Reputação : 10
Data de inscrição : 18/07/2013
Idade : 28
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como é que têm vivido Financeiramente?

Mensagem por Brick em Dom Jul 21 2013, 19:42

Dou explicações e posso dizer que vivo com muito pouco, não chega aos 100e mensais. Nunca tive apoio de ninguém.

Não há como recuperar o texto perdido. Ganha coragem novamente Smile

_________________
Não sou médico! Todas as informações prestadas sobre desmames têm como base uma experiência pessoal com antidepressivos e ansiolíticos e não substituem as recomendações dadas por pessoal qualificado!(Psiquiatra ou Médico de Família)
avatar
Brick
Admin
Admin

Mensagens : 5382
Reputação : 549
Data de inscrição : 29/10/2010
Localização : Viseu

Ver perfil do usuário http://www.ansiosos.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como é que têm vivido Financeiramente?

Mensagem por Paciente em Dom Jul 21 2013, 19:49

Boas Brick!

Muito obrigado pelo teu comentário e partilha.
Realmente é muito pouco o que ganhas Crying or Very sad Quanto ao apoio, também nunca tive nenhum, como podes ler no texto.

Quanto ao texto, é isso que estou a fazer novamente, estava a ficar tão bem estruturado e agora tenho que me ir lembrando aos poucos, o que vai dar numa constante atualização do Tópico.



Cumprimentos Wink
avatar
Paciente

Mensagens : 100
Reputação : 10
Data de inscrição : 18/07/2013
Idade : 28
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como é que têm vivido Financeiramente?

Mensagem por Brick em Dom Jul 21 2013, 22:19

é um cenário desolador o teu, esperemos por dias melhores, como diz o outro.

Piorei bastante pouco depois de casar. Até então sempre vivi com os meus pais, e vivíamos bem. Casei e tinha o meu pé de meia caso algo corresse mal. Gastei muito em médicos e terapias e suplementos e mais sei lá o quê. aos poucos estava a ficar sem nada e não trabalhava. Nesse ano graças ao trabalho da minha mulher recebemos algum de retorno do irs, mas ficou na minha conta, cerca de 800e, era tudo o que tinha, mas não o queria gastar pois sabia que este dinheiro não era "meu". Pela primeira vez na vida passei fome e nunca me senti tão miserável na vida como nessa altura. Sentia medo 24/7. Passava o inverno encostado à lareira, apagada, cheio de frio. A minha mulher chegava a casa do trabalho e agredia-me verbalmente, e eu a sentir-me cada vez pior.
Mais dia menos dia ela ia sair de casa e eu percebia perfeitamente, contudo dizia-lhe sempre que isto ia melhorar mas se quisesse ir que fosse. Ela mandava-me trabalhar, com razão, mas eu mal conseguia sair da cama, era tudo tão complicado de realizar. Até que ela fica desempregada e começa a perceber o que eu sentia. "what goes around comes around". Desde aí que nunca mais houve desentendimentos, mesmo sem dinheiro Very Happy

_________________
Não sou médico! Todas as informações prestadas sobre desmames têm como base uma experiência pessoal com antidepressivos e ansiolíticos e não substituem as recomendações dadas por pessoal qualificado!(Psiquiatra ou Médico de Família)
avatar
Brick
Admin
Admin

Mensagens : 5382
Reputação : 549
Data de inscrição : 29/10/2010
Localização : Viseu

Ver perfil do usuário http://www.ansiosos.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como é que têm vivido Financeiramente?

Mensagem por Paciente em Dom Jul 21 2013, 23:52

Boas Brick! de novo Very Happy 

É mesmo um cenário desolador o meu, de ano para ano a minha vida só tem vindo a piorar.
Não tenho encontrado nada de bom, a não ser este Fórum Magnífico Very Happy, onde encontro pessoas, ou melhor, relatos, testemunhos de que me dão a entender que não estou sozinho.

Falando 1 pouco de mim no passado e do presente...


Sempre cresci num Ambiente de Violência Doméstica (o meu pai agrediu várias vezes a minha Mãe) e de muitas Dificuldades, sempre com a comida a faltar.
lembro-me de assistir, o meu Pai bater na minha Mãe e vi isso tudo com muito Medo e susto.
Felizmente hoje estão juntos, muita coisa mudou entre eles para melhor, claro, e ainda bem, pois não sabia o que seria de mim hoje Crying or Very sad 

Fui 1 rapaz que só estudou até ao 5º ano, (tendo reprovado 4 anos antes), só me lembro que queria jogar á bola e de fazer palhaçadas, não tenho memória de alguma vez ter estudado.
Hoje tenho o 9º ano, completando-o nas Novas Oportunidades. Gostava muito de ter continuado com os Estudos, mas se não continuei, foi por culpa minha e de mais ninguém.
Hoje quem sabe se já não estaria a acabar 1 curso universitário e certamente sentia-me muito mais realizado.

Lembro-me que nunca tive amigos, ou verdadeiros amigos (a não ser os da escola a quando era mais novinho), e atualmente também não tenho ninguém, estou sempre sozinho. (o que adoro)

Quanto a estar sozinho, é das coisas que mais amo, gosto de estar em silêncio absoluto, de sair para qualquer lado, caminhar por 1 Parque Natural, de não dar satisfações a ninguém, etc...
Gosto também de quase não ver ninguém (a não ser os meus pais), de comunicar com pessoas cara a cara, e muitas outras coisas que envolvam o contacto humano, de resto amo estar sozinho, de sentir que tenho todo o tempo para mim.

Sou uma pessoa que nunca, mas mesmo nunca soube o que é que alguma vez quis fazer ou ser nesta vida, nunca tive 1 objetivo. Hoje se me perguntarem o que é que eu alguma vez quis ser, não saberia responder.


Sinto profundamente que não ando cá a fazer nada, mesmo nada. Acordo todos os dias com uma tristeza enorme, mas também com uma preocupação louca, (como saber que tenho de tirar a carta de condução para que se 1 dia qualquer os meus pais possam vir a sentir-se mal ou a precisarem de algo e terem que se deslocar de automóvel e não puderem conduzir, isso deixa-me mesmo louco. E eu ao não ter a carta de condução é muito mau, só ainda não a tenho, porque descobri que o pior é que tenho pavor a conduzir.
Lembro-me de que na 1ª e única aula de condução que tive, tremia por todo o lado, estive cerca de 15 minutos para que as pernas deixassem de tremer e me pudesse acalmar, foi horrível.


Tem sido tudo muito complicado na minha vida, mas tenho muita esperança e aguardo por dias bem melhores.


Quanto á tua Mensagem, também lamento muito pelo que passaste, nem imagino o que é uma pessoa ver-se sozinha, passando fome e não poder fazer nada.
Chegando a ser carregada por violência verbal. hoje, Felizmente estão bem 1 com o outro.
Ás vezes é preciso uma pessoa passar pelas "brasas" para saber dar valor á outra pessoa que também passou por essas mesmas "brasas".


Fiquei na dúvida em relação ao que ganhas e tem a ver em como é que consegues sobreviver,(comer, pagar as contas da Habitação, etc...) podias responder-me?(se achares por bem, claro)




Um abraço e Cumprimentos
avatar
Paciente

Mensagens : 100
Reputação : 10
Data de inscrição : 18/07/2013
Idade : 28
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como é que têm vivido Financeiramente?

Mensagem por Kity em Seg Jul 22 2013, 12:25

olá Paciente,

foi com enorme tristeza que li o teu relato e do Brick tb, até as lágrimas caíram...
meu deus, como é possível ninguém vos ajudar???

Eu pp me sinto revoltada porque tenho um irmão multi-deficiente profundo (com 90%de incapacidade) e tb pouco ou nada o estado ajuda...
os meus pais tb não ganham muito ( a minha mãe ordenado mínimo e o meu pai um pouco mais que ela!)

sempre sonhei ajuda-los, para os compensar do sofrimento acumulado ao longo da vida (porque assim tem de ser, já passam tanto na vida, imaginem o que é não saírem de casa porque ele é pesado, vivem num 2º andar sem elevado e qd saiem nunca conseguem tar sossegados pk meu irmão grita...não pode estar parado, os outros vão á praia, visitar outros países, etc... e eles nada... )
fui para um curso mau (para receber dinheiro) tirei artes, frequentei um curso tecnológico em x de faculdade...
hoje vivo das artes dos outros (mas tenho trab né?!) não ganho muito...e tenho muitas despesas (renda da casa, passe, carro (tive de comprar pk a minha casa é longe da dos meus pais (para a renda ser mais barata e mm assim são 450euros) e assim já os posso ajudar mais reduzindo o tempo dos transportes), vícios, medicamentos...) no final nada sobra...
e lá tão os pais a ajudar...se não fossem eles teria de voltar para casa (que saí pk já não aguentava mais as discussões, as violências psicológicas...o facto de eu não ser ninguém...já estava a dar em doida...bebia, fumava, cortava-me etc...e vi que tinha de mudar!)

isto para vos dizer que o dinheiro é muito importante no bem estar psicológico, físico (e não só) das pessoas,
que a falta dele tb o é...
no final...
não somos nada sem ele...
pk a sociedade nos incutiu isso,
a falta de valores está a destruir a relação humana, a má distribuição do dinheiro é um atentado à  humanidade...
o governo uma palhaçada...

antigamente trocava-se batatas por feijões e tudo vivia...agr temos de roubar...somos uma republica democrata onde????

há pessoas a passar fome (coisa que dou muitas graças ainda não me aconteceu...uma coisa é não ter dinheiro para comprar por ex: um par de calças, mas ter outros; comprar um chocolate nestlé mas ter do mini-preço, outra coisa É PASSAR FOME), ainda consigo pagar a água, luz, gás (pk assim que recebo separo logo) ....

estou-me a alongar muito e a perder a noção do que se pretendia neste tópico, desculpa Paciente, mas a tua história, e que eu sei que há muitas por aí, mexeu muito comigo, estou a escrever e a chorar...

Bem eu ainda consigo sobreviver ás despesas graças aos meus pais e sogros (que tb recebem pouco)....
mas não FICA NADA, NÃO SOBRA NADA...
se tiver um problema de saúde mais sério...não sei....
ás vezes penso: trabalho para quê?!
para pagar dívidas e para me descontarem...
mas sem dinheiro não há nada...
este é um grande paradigma da vida...e para mim o maior causador dos meus anseios,
trabalhar contrariada...para pagar...e eu?!
onde fico?!



(desculpem se esta resposta tiver sem sentido ou com erros...estou deveras emocionada...)
avatar
Kity

Mensagens : 622
Reputação : 146
Data de inscrição : 16/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como é que têm vivido Financeiramente?

Mensagem por pingentecolorido em Seg Jul 22 2013, 12:41

Kity tenho exatamente a mesmoa problemática que tu, ou seja, o ordenado é para pagar impostos e as contas Básicas (renda, luz, gás)... É mesmo "chapa ganha, chapa gasta"...

Não tenho ajuda financeira dos meus pais, sou financeiramente autonoma. Mas se eu falhar, adoecer, não ter trabalho... Tudo o que construi cai por terra.

Felizmente não tenho problema tão complicado e dificil como o Paciente e o Brick, mas acho que posso estar na calha de o vir no futuro... Onde trabalho o fator "C" tem muito peso e eu não tenho nada disso, a não ser o meu profissionalismo... E como todos sabem, nem sempre isso é o mais importante!

Não como fora, não saio para lado algum, ando sempre atras das promoções, a comprar a comida a acabar o prazo porque é mais barata, a comer sopas, a vestir roupa das feiras, etc, etc, etc... Tornei-me expert em estratégias de tentar poupar...

Sincermente nem sei o que dizer... Fico triste... Demasiado triste... Desculpem de não ajudar ou incentivar... Não sei como...

avatar
pingentecolorido

Mensagens : 92
Reputação : 47
Data de inscrição : 16/07/2013
Idade : 41
Localização : Seixal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como é que têm vivido Financeiramente?

Mensagem por Kity em Seg Jul 22 2013, 13:05

Pingentecolorido, és uma mulher muito forte, é assim que te imagino, teres "problemas" e mm assim lutas, é isso, tens de te dar valor! Não tens o fator "c" tens o "Y" entendes?!...


sabes sim, a força está dentro de ti! Não conseguis-te isso tudo...não tens a tua independência?!
avatar
Kity

Mensagens : 622
Reputação : 146
Data de inscrição : 16/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como é que têm vivido Financeiramente?

Mensagem por pingentecolorido em Seg Jul 22 2013, 13:57

Kity, tenho a minha independencia! Mas é algo que se paga "caro"! Para teres a tua vida em dia, tens que pensar muitas vezes antes de dares um passo!!

Por exemplo: andei ano e meio a juntar moedas de 1€ e abaixo disso para comprar uma tv de 42" porque a que tenho em casa é de 26" e eu como vejo mal ao longe, quase que tenho que por o sofá em cima da tv. Outra pessoa no meu lugar, teria feito um crédito e já teria a tv! No entanto, como não é bem de consumo de primeira necessidae, optei por esperar e fazer pronto pagamento. Aliás, as 2 pessoas que comentei esta minha odisseia acharam estranho esta opção!

O certo é que ano e meio depois não tenho dinheiro para a TV(ainda continuam caras) e agora tenho que mudar a correia de distribuição do carro... Sem o carro fica dificil vir trabalhar, porque trabalho numa zona onde quase não há transportes públicos e como so tenho hora certa de entrar e nunca de sair, estou dependente das 4 rodas...

Tento não dar um passo maior que as pernas! Tento antever algumas despesas... Mas não é facil e com a carga fiscal que se tem, estamos praticamente a sobreviver... Eu pelo menos! E já me posso dar por muito feliz!
avatar
pingentecolorido

Mensagens : 92
Reputação : 47
Data de inscrição : 16/07/2013
Idade : 41
Localização : Seixal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como é que têm vivido Financeiramente?

Mensagem por Kity em Seg Jul 22 2013, 15:03

Eu não achei nada estranho, acho que ages com muita responsabilidade, eu sou contra "alguns" créditos pk é à pala deles que o país está como está!...
Smile
avatar
Kity

Mensagens : 622
Reputação : 146
Data de inscrição : 16/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como é que têm vivido Financeiramente?

Mensagem por zeta em Seg Jul 22 2013, 16:29

Eu sou um pouco como vocês todos: o meu marido trabalha e pouco mais ganha que o salário minimo eu faço várias coisas para ajudar como:dar explicações, faço seguros(tirei o curso de mediadora no ano passado,mas ainda não ganhei o valor dele!!!),trabalho em contabilidade numa empresa em part time, que só paga 80eur por mês e paga de 6 em 6 meses com muito custo, apesar de ser uma das empresas com imenso lucro, mas não valoriza nada o trabalho administrativo; preencho documentos de seg social, finanças (IRSs) e outras burocracias para algumas pessoas da minha localidade,mas como é uma zona pobre, leva-se 1 ou 2 euros ...e ainda como também tenho o curso de cabeleireira trabalho quando aparece em casa, o que é muito pouco pois vivo cercada por mais de 7 salões com mais estilo e mais antigos, e apesar da crise as pessoas continuam a pagar o dobro por serviços inferiores, mas é o que está a dar...
No fundo há meses que nem um salário minimo consigo- isto há 2 anos para cá porque antes ganhava muito mais e conseguia ir vivendo, embora nunca fui de ter grandes rendimentos, mas sempre me habituei a viver com pouco; não compro roupas em lojas, e nos hipermercados procuro as marcas brancas e em promoção...há meses muito dificieis que aumentam a ansiedade porque aparentemente as pessoas pensam que vivo muito bem pois a minha casa é grande e recente, mas não dá de comer...e é fruto de ajuda que tive no inicio da vida de casada e como foi sempre uma pessoa que soube sempre gerir dinheiro fui vivendo e consegui que com esta idade tenha uma boa casa e um credito pequeno dela...mas mesmo assim é dificil...basta uma avaria no automovel , uma consulta mais cara ...e está tudo de pernas pro ar...
Então nesta fase de férias, ainda pior, pois nunca tirei férias desde que casei :há 17 anos-fico por casa .
Como vêem em portugal devemos ser mesmo muitos com dificuldades financeiras e na ansiedade não ajuda mesmo nada...
Mas de vez em quando tenho fé que isto há de mudar ou então pego nas malas e emigro, só ainda não o fiz porque o meu marido tem emprego efetivo e isso é lotaria em Portugal,apesar de ganhar pouco o dele é certo...

_________________
Minhas respostas e conselhos, baseiam-se em experiências por mim vividas, pelo que para melhor orientação a nivel de medicação, por favor consultem o especialista adequado.
avatar
zeta
Moderador
Moderador

Mensagens : 860
Reputação : 120
Data de inscrição : 07/07/2011
Idade : 47
Localização : Guimaraes

Ver perfil do usuário http://rosette27.webnode.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como é que têm vivido Financeiramente?

Mensagem por heavenhell em Ter Ago 27 2013, 00:11

Vivo com os meus pais avo e irmao, o meu pai desempregado sem nenhum apoio a minha mae ganha o salario minimo (quer dizer aquilo é minimo antes dos descontos, depois dos descontos é abaixo do minimo lol). A casa foi o meu avo que construiu quando regressou da Alemanha a Portugal, por isso pelo menos casa tenho e não pagamos renda. No entanto as relações familiares são pessimas, nao falo com o meu avô e pai sao completos estranhos para mim, dantes nao era mas foi um acumular de pequenas coisas. O ambiente familiar nunca foi bom, sempre houve muitas agressões verbais (algumas fisicas), muitos deita abaixo explicitos e implicitos desde que tenho memoria por parte de todos cá em casa (e na escola tambem) que contribuiram para eu ser como sou, uma pessoa ansiosa com baixa auto-estima e revoltada

Já trabalhei 1 ano em call center quando terminei o 12º ano, o que me permitiu reunir dinheiro (pouco) para ir para a universidade, ha 2 anos, desde entao sobrevivo com bolsa de estudo e as poupanças que fiz enquanto trabalhava, o que não é muito. Os meus pais/avo pagam as despesas relacionadas com a casa mas sempre a lembrar-me que eu sou um peso e devia estar a trabalhar e a contribuir para eles. Eu pago todas as minhas despesas relacionadas com estudos e outras coisas que queira, nao lhes peço a eles, apenas a minha mae me ajuda de vez em quando, quando pode e quando se lembra, mas sou demasiado orgulhosa para conseguir pedir alguma coisa, ate porque tem igualmente um feitio complicado e uma forma de se preocupar bastante peculiar que passa por insultar e deitar abaixo. Enfim a forma "normal" de comunicação aqui por casa, desde que me lembro.

Não posso dizer que sou economicamente autonoma porque dependo deles para ter uma casa com electricidade, alimentos e gás, no entanto tenho 20 anos (quase 21 na verdade Sad ) e não tenho ninguém a amparar-me financeiramente, sinto que eles nunca se preocuparam em dar-me um futuro, tiveram-me por ter e eu que ande por aqui sozinha e que me desenrasque... Nunca reprovei a nada na minha vida, sempre tive boas notas, muitos pais fazem de tudo para que os filhos estudem e sejam os melhores, eu sempre fui boa porque para mim o estudo era um refugio (enquanto estudava nao pensava em coisas mas e aprendia coisas novas) mas nunca fui estimulada e nunca deram valor a isso...ir para a universidade, nao ir, tanto faz; tirar boas notas ou reprovar a tudo tanto lhes fazia; estudar ou não, tanto faz alias a minha mae ate ficava chateada porque eu estudava demais se lhe aparecesse gravida aos 16 anos era capaz de ficar mais feliz lool enfim

A maioria das pessoas que conheço da faculdade, não so tem os pais a pagar-lhes os cursos, como as casas e as roupas e as festas e os concertos e as viagens e as férias e não sei que mais... Eu não posso ter nada disso (nunca tive e acho que não terei tão cedo e há algumas coisas que não quero sinceramente acho completamenete futeis e sem sentido nao vejo como podem contribuir para o meu bem estar), ando sempre com os trocos contados, fico em panico de cada vez que faço uma má compra ando dias e dias a culpabilizar-me por ter gasto o dinheiro (really já me aconteceu andar dias assim por 1€ lol). Tenho panico de decisões e escolhas, por isso para mim fazer compras seja no que for é um autentico tormento (até mesmo o que decidir comer para o almoço lol), tenho que pensar no assunto milhões de vezes, fico ate de madrugada com o extracto do multibanco a fazer contas LOL É um grande entrave para mim, não consigo viver por causa disso, evito sair de casa por causa disso, evito comprar roupas ou cenas do genero por causa disso, sei que é superficial quando há pessoas aqui que passam fome, mas para mim era mt importante poder tratar mais de mim, acho que valia mais do que qualquer consulta no psicologo, porque iria de facto subir a minha auto-estima e confiança. Tambem gostava de poder ter independencia total, viver numa casa so minha, mas penso que isso vai ficar mt mt adiado. A vantagem é que não tenho filhos, não tenho amarras (a nao ser os meus estupidos medos pessoais), nao tenho ng dependente de mim a não ser o meu cão lol, por isso estou livre para ir onde surgir a oportunidade, o que é mais que muita gente por aqui que tem responsabilidades que as prendem a determinados sitios.

Tenho uma relação de amor-odio com o dinheiro no fundo: adoro-o mas é ele que me impossibilita de poder viver. É uma das piores limitações que tem contribuido para o meu isolamento e consequentemente para a degradação da minha saude. Tenho a certeza que se tivesse mais não estaria nem metade daquilo que estou agora em termos mentais. Por isso fico furiosa quando me vem com os moralismos "o dinheiro nao é tudo nem compra felicidade". Não é tudo, mas é muito, não sou eu que estabeleço isso, sao os paradigmas sociais actuais ou já alguem nalguma loja/serviço aceitou que comprassem alguma coisa com peace&love? lol Nao compra felicidade, mas pode comprar algumas coisas que podem ajudar a atingir essa felicidade e além disso a falta dele só traz definitivamente tristeza. A miséria a pobreza são simplesmente as coisas mais tristes e assustadoras que existem, piores do que qualquer filme de terror porque sao reais.

(ps - ao contrario da maioria das pessoas com falta de dinheiro curiosamente nao culpo o governo lol pelo menos nao este lol e também não sou de nenhum partido de esquerda tenho ideais mais para o liberal-social o que é curioso pois no meio em que vivo que é um meio por si pobre só há esquerdistas anti-governo anti-politicos como é habitual lol)

heavenhell

Mensagens : 177
Reputação : 16
Data de inscrição : 22/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como é que têm vivido Financeiramente?

Mensagem por Kity em Ter Ago 27 2013, 12:07

És uma grande lutadora heavenhell, parabéns! Smile
avatar
Kity

Mensagens : 622
Reputação : 146
Data de inscrição : 16/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como é que têm vivido Financeiramente?

Mensagem por heavenhell em Ter Ago 27 2013, 13:21

Obrigado Smile eu acho que ainda tenho que lutar muito mais...

heavenhell

Mensagens : 177
Reputação : 16
Data de inscrição : 22/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como é que têm vivido Financeiramente?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum