Últimos assuntos
» Desmame Fluvoxamina
Hoje à(s) 11:36 por Vitor

» Convite Sintomas físicos e psicologicos da descontinuação ISRS
Ontem à(s) 22:56 por vifc79

» Desesperada e cansada
Sab Out 21 2017, 08:16 por Titinha_35

» Ajuda com ansiedade específica
Sex Out 20 2017, 15:50 por vanessa_sofia

» Luto ou ansiedade?
Qua Out 18 2017, 18:34 por Makito

» Que medicação tomar??
Seg Out 16 2017, 22:42 por Deprimido83

» Ansiedade e ataques de pânico
Seg Out 16 2017, 19:23 por Barbara Reis

» desmame de Tercian
Seg Out 16 2017, 18:54 por joao_003

» A minha história
Dom Out 15 2017, 16:45 por joguirian

» EMDR alguém conhece ou já fez?
Sab Out 14 2017, 15:12 por sketch

Quem está conectado
24 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 24 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 57 em Qui Maio 25 2017, 20:26

Pedido de ajuda

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Pedido de ajuda

Mensagem por Tuxa em Seg Jul 22 2013, 20:57

Boa Noite!

É a primeira vez neste Forum, assim como a primeira vez que consultei um Psicólogo.
Já tenho estes sintomas há uns anos, desde a pré-adolescência, para ser mais exata.
De uma infancia super dificil, pais separados, e uma Mãe que tentava dar o seu melhor, sendo que por vezes não sabia bem como, penso que tive tudo o que uma criança não deve nem sequer sonhar.
Por vezes penso que sou injusta com a minha Mãe, pois sempre a culpei da total ausencia do meu Pai, do facto de nunca me ter ligado nenhuma, excepto 30 anos depois que me procurou para o ajudar com a sua doença. Acabou por morrer. Sempre o adorei, apesar dos sentimentos dele não serem os mesmos para comigo.
Consigo perfeitamente perdoar os dois. Ele porque nunca me amou e à minha Mãe por todas as vezes que foi injusta comigo, batendo-me, castigando-me, deixando-me sozinha em casa apenas com 5 anos, quando eu só queria era um pouco de atenção e carinho.
Tenho dois filhos, e não consigo sequer imaginar a dor que lhes poderia causar fazendo algo semelhante.
O problema aqui, é que por todas as frustrações com que tive de lidar, tornei-me uma pessoa insuportável para os meus familiares. Agrido-os verbalmente, principalmente ao meu marido. Há dias em que estou tão triste e abalada que não consigo controlar o meu estado. Sinto uma enorme raiva constantemente, que só acaba quando consigo explodir, magoando tudo e todos.
Por favor ajudem-me a perceber o que se passa. Como vos disse consultei um Psicologo. Fui duas vezes, mas ao preço que são as consultas desisti.
Não sei o que faça. Conseguem dar-me dicas para lidar com todos estes problemas !
Obrigada,

Tuxa

Mensagens : 59
Reputação : 24
Data de inscrição : 12/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda

Mensagem por Brick em Seg Jul 22 2013, 22:21

A minha mulher também é assim e também gostava de saber, mas naquela família é tudo assim. É duro, mas ao mesmo tempo acho que é normal.

_________________
Não sou médico! Todas as informações prestadas sobre desmames têm como base uma experiência pessoal com antidepressivos e ansiolíticos e não substituem as recomendações dadas por pessoal qualificado!(Psiquiatra ou Médico de Família)
avatar
Brick
Admin
Admin

Mensagens : 5414
Reputação : 550
Data de inscrição : 29/10/2010
Localização : Viseu

Ver perfil do usuário http://www.ansiosos.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda

Mensagem por carla jesus em Ter Jul 23 2013, 05:19

porque n tentas a medca de familia ?n te posso ajudar mais . tou me a descubrir

carla jesus

Mensagens : 39
Reputação : 6
Data de inscrição : 10/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda

Mensagem por Kity em Ter Jul 23 2013, 10:47

É normal teres essas atitudes pois "engolis-te" muitas coisas que sabes serem erradas e ainda bem que não fazes isso a teus filhos... tens de aprender a ter mais calma e controle das tuas emoções... se te sentires muito ansiosa toma um valdespert, é o que eu faço! Espero ter ajudado! Smile
avatar
Kity

Mensagens : 622
Reputação : 147
Data de inscrição : 16/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda

Mensagem por Tuxa em Ter Jul 23 2013, 21:33

Olá Brick !

Mas diz-me: a tua Mulher toma alguma coisa?
Eu andei 10 meses a antidpressivos, achei que estava melhor, pois nessa altura a minha disposição para tudo era muito diferente. Andava com um humor nos pincaros, e entretanto parei de tomar: resultado 2 meses depois tou na mesma.

Tuxa

Mensagens : 59
Reputação : 24
Data de inscrição : 12/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda

Mensagem por carla jesus em Ter Jul 23 2013, 21:47

e normal paraste sem consentimento médico sao medições fortes

carla jesus

Mensagens : 39
Reputação : 6
Data de inscrição : 10/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda

Mensagem por Tuxa em Ter Jul 23 2013, 22:03

carla jesus escreveu:e normal paraste sem consentimento médico sao medições fortes

Olá,

Não. Fiz o desmame como deve ser feito, e com consentimento médico, no entanto parei porque achei que estava melhor?

Já agora outra questão: Fui apenas a 2 sessões com o Psicologo, porque além de ser extremamente dispendioso continuar, achei que iria levar o seu tempo a ver resultados. Segundo o Psicólogo não receita antidepressivos porque acha que funcionam apenas como bengalas para ocultar traumas que tempos guardados.
Posto isto, e como acho que nesta fase devo ser novamente medicada, pois além de todo o historial que se arrasta há 30 anos, agora sofro de alucinações na fase de adormecimento...
Já ponderei a hipótese de consultar um Psiquiatra, pois de tanto ler acho que não tenho apenas uma depressão.

Já tiveram alucinações ?

Tuxa

Mensagens : 59
Reputação : 24
Data de inscrição : 12/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda

Mensagem por Brick em Ter Jul 23 2013, 22:58

a minha mulher não toma nada. é ruindade mesmo.

_________________
Não sou médico! Todas as informações prestadas sobre desmames têm como base uma experiência pessoal com antidepressivos e ansiolíticos e não substituem as recomendações dadas por pessoal qualificado!(Psiquiatra ou Médico de Família)
avatar
Brick
Admin
Admin

Mensagens : 5414
Reputação : 550
Data de inscrição : 29/10/2010
Localização : Viseu

Ver perfil do usuário http://www.ansiosos.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda

Mensagem por Kity em Qua Jul 24 2013, 13:24

Tuxa escreveu:
carla jesus escreveu:e normal paraste sem consentimento médico sao medições fortes

Olá,

Não. Fiz o desmame como deve ser feito, e com consentimento médico, no entanto parei porque achei que estava melhor?

Já agora outra questão: Fui apenas a 2 sessões com o Psicologo, porque além de ser extremamente dispendioso continuar, achei que iria levar o seu tempo a ver resultados. Segundo o Psicólogo não receita antidepressivos porque acha que funcionam apenas como bengalas para ocultar traumas que tempos guardados.
Posto isto, e como acho que nesta fase devo ser novamente medicada, pois além de todo o historial que se arrasta há 30 anos, agora sofro de alucinações na fase de adormecimento...
Já ponderei a hipótese de consultar um Psiquiatra, pois de tanto ler acho que não tenho apenas uma depressão.

Já tiveram alucinações ?



Olá Tuxa!

Essas alucinações ocorrem quando?
á noite?
em pleno dia?
quando tomas a medicação?
Que gênero de alucinações são?
Smile
avatar
Kity

Mensagens : 622
Reputação : 147
Data de inscrição : 16/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda

Mensagem por mamã_gu em Qua Jul 24 2013, 16:48

olá tuxa

como eu me revejo nas tuas palavras...
o meus "traumas" nao serão essencialmente iguais aos teus mas tambem passam por problemas familiares etc etc
olha em relação ao que falas de descarregar principalmente no teu marido e familiares, pelo menos no meu caso é igual...
tenho uma filha com 20 meses e graças a deus tenho arranjado forças não sei onde para me manter bem( pelo menos aparentemente) á frente dela e passo a vida a enche-la de mimos (já basta uma traumatizada cá em casa lol! )
tambem vivo com essa sensção de raiva constante, sensação de incompreensão e no meu caso e o que mais me custa, é sentir ou talvez imaginar ( já nao sei ) que as pessoas á minha volta nao se esforcam minimamente para que a vida seja "bonita" ou seja, sinto que as pessoas so se preocupam com elas mesmas e isso provoca me muita raiva porque ao longo da minha vida fiz tudo pelos outros e acho injusto que ou outros nao se preocupem em fazer bem ao proximo...
estou diagnosticada com uma depressão e bipolar tipo II
alucinacões propriamente dito acho que nunca tive, mas tenho noção que as vezes de coisas simples faço uma tempestade num copo de agua...
exemplo:
ah dias em conversa perguntei ao meu marido o que ele gostava de fazer , reposta: andar de mota pescar estar oficina e eu passei -me logo. tipo... e onde é que eu e a tua filha entramos nisso e és um egoista, e assim nao dá.E o pior na minha cabeça o que ele me disse foi , já não gosto mais de ti, estamos num casamento de fachado pela miuda e mais cedo ou mais tarde vamos separa-nos porque não estamos em sintonia , convertendo para estou sozinha ninguem quer saber de mim isto é cada um por si etc crise de choro ...
resultado.. acesso de raiva
e acabo por lhe dizer que é um egoista de o relembrar de todas as coisas que ja se passaram á imenso tempo etc etc etc
é algo que nao consigo controlar.. é tipo um vomito de emoções....
e por mais que queira ( e acredita que tento) raramente consigo controlar....
ando a tomar uma data de porcarias mas nao sinto nada de especial, so quanto estou super dopada( como quando andava a habilify) é que me sentia bem mas agora nao aguento o mais toma-lo pk me provocava mts efeitos secundarios...neste momento tou a elontril+sedoxil em sos e amanha começo invega

em relação a seres acompanhada tb acho que seria importente... no meu caso estava farta de me queixar ao meu medico de familia que nao me sentia bem e ele mandava-me tomar vAldispert's LOLOLOL
a minha solução ( visto tambem não ter condições de ir a um particular) foi esperar que me voltasse a dar uma dessas crises emocionais ( k por acaso foi um pouco grave visto que quis por termo á minha vida) e desloquei me a uma urgencia hospitalar onde ( sem sequer passar pelo medico de familia que é uma besta) fui logo encaminhada para psiquiatria e neste momento estou a ser seguida pelo psiquiatra desde março e vou começar a fazer psicoterapia...

não sei se te consegui ajudar mas fica o meu testemunho

avatar
mamã_gu

Mensagens : 72
Reputação : 31
Data de inscrição : 23/07/2013
Idade : 29
Localização : OEIRAS

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda

Mensagem por Tuxa em Qua Jul 24 2013, 21:40

Olá Boa Noite,
O meu comportamento, a relação com o meu marido é tal qual descreves. Só ainda não tenho diagnóstico...
No ano passado, e durante 10 meses tomei antidepressivos. Senti-me bastante melhor. Pelo menos não andava tão triste nem tão irritada. Também tive que insistir com a médica de familia, pois para ela a minha depressão tem a ver com o desemprego do meu marido...
Hoje estou na mesma. Há dias que me sinto mesmo péssima, insuportável de aturar.
Não consigo explicar. De ano para ano tem vindo a agravar-se. Sempre me conheci assim...já com a minha Mãe era discussões de meia noite.
Tenho 2 filhos lindos, que Amo mais que tudo na vida, e só por eles que estou finalmente a tentar procurar ajuda. Cada vez que sou mais rispida nas palavras para eles, tento confortá-los de imediato, mas sei que não é solução. Não é de todo um ambiente saudavel.Crying or Very sad 
Só espero que um dia encontre uma solução... Não desistas também...Força

Tuxa

Mensagens : 59
Reputação : 24
Data de inscrição : 12/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda

Mensagem por Tuxa em Qua Jul 24 2013, 21:45

Olá,

As alucinações ocorrem na fase do adormecimento. Normalmente tenho a luz pequena acesa, e quando já estou a adormecer vejo cores, formas diversas no ar ou paredes.
Já pesquisei e não gostei: pode fazer parte dum transtorno qualquer...Evil or Very Mad 

Na fase da outra depressão que tive também tive estes sintomas. Agora estão a repetir-se: tonturas, irritação, agressividade, tristeza, etc. etc.



Tuxa

Mensagens : 59
Reputação : 24
Data de inscrição : 12/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda

Mensagem por pingentecolorido em Qui Jul 25 2013, 08:25

E eu a pensar que era a única agressiva...........

Passoa a vida na defesa, não quero depender de ninguém, nem que ninguém dependa de mim! É por isso que optei por não ter filhos em viver com ninguém... Ambas as ideias aterrorizam-me!

Só a titulo de exemplo desta fobia, quis adotar um cão. Pensei imenso no assunto e achei que conseguiria. Mas ao te-lo em casa e saber que estava dependente de mim, entrei em "parafuso", num estado de ansiedade tal, de paranoia que tive que o dar... Nem 48h ficou comigo...

O meu namorado tem a casa dele e volta e meia invento desculpas para ele não me aparecer em casa... Quero que ele esteja omnipresente na minha vida! Por ele bem que viviamos juntos, mas eu tenho ideia (realista ou não, não sei!) que em 2 semanas separavamos... Tenho mau feitio e com esta depressão junto... Seria um terror!!!

Não tenho alucinações, mas pesadelos! Acordo com falta de ar, com a sensação que estou a ter um ataque qualquer... E como vivo sozinha e tranco-me em casa, seria dificil socorrer-me...
avatar
pingentecolorido

Mensagens : 92
Reputação : 47
Data de inscrição : 16/07/2013
Idade : 42
Localização : Seixal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda

Mensagem por mamã_gu em Qui Jul 25 2013, 09:16

realmente não é nada facil viver assim
e o pior é que sinto que ninguem me compreende... tenho quase a certeza que o meu marido acho que sou assim simplesmente por mau-feitio ou tipo birras.... a minha mae por exemplo quando eu me queixava que eu andava triste e em baixo ela vinha-me com conversas que isso das depressoes é pa pessoas "fracas", que entregam os pontos tão a ver a ideia? que ela quando esta em baixo basta atirar-se ao trabalho e tudo passa...lol... e esses comentarios agravaram muito mais a situação porque nunca procurei ajuda porque nao queria ser "fraca" e porque tinha medo de receber o diagnostico que sabia que ia receber (bipolar) ....
em relação á agressividade nas palavras é muito complicado, porque no fundo fazendo um pouco de auto-analise acho que é a minha forma de me proteger , de me tentar mostrar forte e sem medo de nada, que sou capaz de levar tudo á minha frente, que nao tenho medo que ele (marido) me deixe por eu ser como sou...Situação que nao tem nada a ver porque na realidade me sinto um caco, sem forças, so tenho vontade de desaparecer, quero colo e alguem que me ajude, quero superar os meus traumas e não consigo, porque embora ás vezes consiga estra tipo 15 dias calma, depois quando algo me fere pumba, vem tudo cá pa fora , e com a raiva ainda mais assanhada pk estive a controlar-me ( ou a reprimir-me) uma data de tempo....
enfim so espero que agora com a medicação e a psicoterapia comeca a conseguir vencer estes meus demonios que nao me deixam ser feliz...
avatar
mamã_gu

Mensagens : 72
Reputação : 31
Data de inscrição : 23/07/2013
Idade : 29
Localização : OEIRAS

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda

Mensagem por Kity em Qui Jul 25 2013, 09:59

...os outros nunca sabem o que nos vai ca dentro, nem tentam fzr um esforço, é normal dizerem que estamos a dramatizar...
avatar
Kity

Mensagens : 622
Reputação : 147
Data de inscrição : 16/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda

Mensagem por pingentecolorido em Qui Jul 25 2013, 12:23

Muita gente acha que ser-se deprimido é de gente "fraca" e é a querer chamar a atenção... Assumirmo-nos como tal é tabú...
avatar
pingentecolorido

Mensagens : 92
Reputação : 47
Data de inscrição : 16/07/2013
Idade : 42
Localização : Seixal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda

Mensagem por Kity em Qui Jul 25 2013, 13:48

mas quando passam por isso a "coisa" muda logo de figura!!!
avatar
Kity

Mensagens : 622
Reputação : 147
Data de inscrição : 16/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda

Mensagem por mamã_gu em Qui Jul 25 2013, 16:18

enfim...
e agora com o diagnostico de bipolar inda me sinto pior porque quer nós queiramos ou não há sempre aquele estigma....
tou mesmo numa fase down... só espero que a medicação nova me ajude a parar de pensar...
avatar
mamã_gu

Mensagens : 72
Reputação : 31
Data de inscrição : 23/07/2013
Idade : 29
Localização : OEIRAS

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda

Mensagem por Kity em Qui Jul 25 2013, 16:47

também podes ser tu a controlar isso, a calar os teus pensamentos... mamã_gu!
avatar
Kity

Mensagens : 622
Reputação : 147
Data de inscrição : 16/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda

Mensagem por Tuxa em Qui Jul 25 2013, 18:45

mamã_gu escreveu:enfim...
e agora com o diagnostico de bipolar inda me sinto pior porque quer nós queiramos ou não há sempre aquele estigma....
tou mesmo numa fase down... só espero que a medicação nova me ajude a parar de pensar...

Olá !

Mas só agora é que tiveste o diagnóstico de Bipolariedade ? que idade tens, se não é indiscrição?

Eu também tenho dias calmos, boa disposição, mas quando acontece algo menos bom, lá vem tudo ao de cima.


Olha já agora: conseguem indicar-me um bom psiquiatra?
Obrigada,

Tuxa

Mensagens : 59
Reputação : 24
Data de inscrição : 12/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda

Mensagem por Paciente em Qui Jul 25 2013, 18:45

Olá Tuxa!

1º que tudo, felicito-a pela vinda ao Fórum e também aproveito para lhe dizer que foi ao encontro do sítio certo Very Happy
(isto mais no sentido de apoio emocional e também, certamente ao encontro de alguns conselhos sobre medicação. Pois por aqui existem muitos Membros com quase uma Tese em muitos Medicamentos que tomaram e que podem ser eles os melhores exemplos para si e para muitos outros, quer por partilharem as suas experiências, boas ou más, quer pelo conhecimento geral dos Medicamentos que tomaram)
Eu próprio fico espantado com tamanha cultura que muitos destes Membros apresentam e falam de determinado Medicamento, é um á vontade impressionante (até parece que falam, ou percebem o que o Medicamento lhes diz).

Li com muita atenção o seu Relato, percebendo bem(óbvio que nunca vivi, mas passei por algo semelhante) mas o perceber ao qual me dirijo, é sobre a distância de um Pai, que nunca teve presente em tantos anos. E que parece que apareceu num modo de despedida Crying or Very sad 
De uma Mãe que teve de batalhar sozinha na Vida, para lhe poder sustentar. Não lhe dando a melhor infância, talvez pelas circunstâncias da vida.

Quanto á ajuda que tanto pede, eu confesso-lhe que não sou o melhor exemplo para dar um incentivo de ajuda.
Precisamente porque eu também sou assim, revoltado! respondo mal aos familiares, explodo quase por tudo e por nada, ou seja não há sequer um dia em que eu não discuta em casa.
Mas tudo isto tem uma razão de ser, (não sou eu que sou Maluco, por enquanto) foi devido á minha infância, pois também passei uma infância muito ruim, (apesar de ter muitos momentos de felicidade) mas bem cedo me fui apercebendo das dificuldades que passava em casa. Hoje tenho tudo gravado, tudo.
Desde a ter assistido ao que é hoje chamado de Violência Doméstica, á Toxicodependência, de passar fome, de andar sempre na rua (que era o meu Habitat Natural) pois era na rua, a brincar com os meus Verdadeiros Amigos da Época, que eu encontrava a verdadeira Felicidade ou o sentido dela, pois corria, jogava á bola, á apanhada, fazia outras coisas menos boas, mas sentia uma enorme Liberdade! Very Happy. Sem qualquer sentimento de culpa, de sentir que não era recriminado, e de tantas outras coisas. (Caramba, como é bom recordar a infância)

A ajuda que lhe posso dar, é nada mais nada menos que se agarre aos seus 2 filhotes e que viva por eles!
Sim! é isso mesmo que esta a ler! Não se deixe abalar por nada neste Mundo! viva por eles e só por eles! Acredite que é por eles que vive e por mais ninguém!
É por eles que se levanta todos os dias, para os ver, para sentir aquele instinto de Mãe, se eles estão bem, se precisam de ir ao Médico, se precisam de comer, de tomarem banho, se querem atenção ou se querem ir brincar para a rua, se querem passear por um Parque infantil ou por um Parque Natural, enfim, acordar todos os dias com o instinto de cuidar deles! de os ver felizes!
Isso não é uma enorme Alegria? Very Happy 

Cara Tuxa, quer ajuda melhor que essa?

Não são os seus filhos o melhor tratamento para si? não são eles os Psicólogos e os Psiquiatras? e todos os outros Médicos?

Eles são sem Dúvida alguma a sua recuperação! o seu bem estar Very Happy A sua Verdadeira Força! Está somente neles Very Happy 


Como passou o que passou, não deixe que isso reflita nos seus filhos, nem de perto!
Tuxa, você é forte! se não o fosse, nunca tinha tomado a decisão de ter 2 filhos que devem ser maravilhosos!



Por isso espero que tenha muita Força e que pense naquilo que lhe escrevi Wink 



E como diz o outro "Valorize-se, Organize-se"





Cumprimentos!


Última edição por Paciente em Qui Jul 25 2013, 21:56, editado 2 vez(es)

_________________
Relax Take your Time
avatar
Paciente

Mensagens : 100
Reputação : 10
Data de inscrição : 18/07/2013
Idade : 29
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda

Mensagem por Tuxa em Qui Jul 25 2013, 19:19

Olá Paciente,

Obrigada pelas suas palavras. Tocaram-me profundamente.
Você também, deve ser muito Forte para conseguir expressar-se assim.

É realmente pelos meus Filhos que luto todos os dias por uma vida melhor. É por eles que cá estou, disso não tenho dúvida.
Os meus Filhos foram crianças completamente planeadas, no entanto desde que nasceram, e por outras pripécias que por vezes a vida nos reserva, sinto que estou pior. Sei que não devia ser assim, pois eles foram a melhor coisa na vida que me aconteceu, mas há dias que estou tão triste, cansada que só penso:quem me dera não estar aqui...Neutral 
Há outros dias, que devo ser quase a Mehor Mãe do Mundo Smile 
Felizmente, também eles são fortes, bom desenvolvimento, crianças super carinhosas, excelentes na escola. Nesta matéria não tenho o que me queixar.
Se calhar por toda esta vida, que ao olhar dos outros, parece a Vida perfeita, demorei a procurar ajuda.
Aparentemente, e quem não me conhece verdadeiramente, sou uma otima pessoa. Sou boa amiga, boa profissional, e até boa filha, apesar de tudo.
Mas, eis se não quando, há dias em que surgem os "fantasmas" que nos assombram e parece que nos retiram a energia...Sad 
Obrigada mais uma vez...

Tuxa

Mensagens : 59
Reputação : 24
Data de inscrição : 12/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda

Mensagem por mamã_gu em Qui Jul 25 2013, 22:19

Tuxa escreveu:
mamã_gu escreveu:enfim...
e agora com o diagnostico de bipolar inda me sinto pior porque quer nós queiramos ou não há sempre aquele estigma....
tou mesmo numa fase down... só espero que a medicação nova me ajude a parar de pensar...

Olá !

Mas só agora é que tiveste o diagnóstico de Bipolariedade ? que idade tens, se não é indiscrição?

Eu também tenho dias calmos, boa disposição, mas quando acontece algo menos bom, lá vem tudo ao de cima.


Olha já agora: conseguem indicar-me um bom psiquiatra?
Obrigada,



o psiquiatra que me tem seguido diz que muito provavelmente serei bipolar... ele esta a seguir me desde março, e face ao meu historial, mais reacções á medicamentação, mais as minhas queixa e o modo agressivo da minha depressão diz que tenho todos os indicadores para ser bipolar tipo II

_________________
Parem o Mundo que eu não sei andar nisto
avatar
mamã_gu

Mensagens : 72
Reputação : 31
Data de inscrição : 23/07/2013
Idade : 29
Localização : OEIRAS

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda

Mensagem por mamã_gu em Qui Jul 25 2013, 22:19

ah e tenho 25 anos

_________________
Parem o Mundo que eu não sei andar nisto
avatar
mamã_gu

Mensagens : 72
Reputação : 31
Data de inscrição : 23/07/2013
Idade : 29
Localização : OEIRAS

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda

Mensagem por Paciente em Qui Jul 25 2013, 22:49

Olá de Novo Tuxa! Very Happy 

Fico tão Feliz, mesmo do Fundo do meu coração, por saber que alguém desse lado ainda me ouve.
Fico mais feliz ainda de saber que o que eu lhe disse tocou-lhe profundamente! Very Happy. Que alegria me deu e me dá, em saber que posso ser útil nesta vida, dando uma palavra de esperança a alguém que tanto precisa.

Espero assim reconfortar muitos mais que estejam na mesma situação. Espero também ser correspondido quando eu próprio precisar ainda de mais ajuda ou de bater mais no "FUNDO" e saber que posso contar com pessoas como a Tuxa e com muitos Membros deste Fórum que não duvido da ajuda deles. Surprised 

Quanto a eu ser forte, quem está por fora, ou quem me vê na rua, é provável que digam isso, pois sou um tipo super normal, tranquilo comigo mesmo, sem chatear alguém, sempre na minha e sempre pronto a ajudar quem precisa (mesmo eu estando mal). Muitas das vezes, vou-me muito abaixo, ás vezes até por coisas tão simples e tão ridículas que nem eu consigo arranjar explicação para tal. Como por Ex: Baralhar-me a fazer contas, ou não perceber o que estou a pensar, parece que troco tudo, depois parece que sou o tipo mais burro que alguma vez conheci.
Devido a isso, fecho-me, simplesmente fecho-me, vou para o meu canto, já com a cabeça a "ferver", sem falar com ninguém, (pois também tenho vergonha de falar com alguém sobre isto pessoalmente) só eu sei o que sinto, é tão desgastante.

Consigo estar muito bem humorado numa manhã ou até mesmo á tarde e depois á Noite, parece que entro em "parafuso", ou no dia a seguir, estou mal de manhã, á tarde melhoro e á noite parece que acabo de despertar e fico com uma pica, dá uma vontade de fazer tanta, mas tanta coisa, e depois penso para mim "quem me dera ser sempre assim! cheio de energia, cheio de ideias, projetos, planos, parece que sou o maior, pareço um ser único" mas na realidade, sou apenas um fraco, que se fecha no quarto para esconder os problemas.
Pois evito a 100% dar a conhecer os meus problemas, até para ir marcar uma Consulta, eu evito ao máximo.

Á cerca de 6 meses atrás, andei a Tomar Valeriana, devido a uma Crise/depressão enorme que tive, estive 3 dias fechado no quarto, só dormia, aliás, eu só queria dormir sem querer acordar amanhã, (que bom que era morrer a dormir). Mas foi um cair tão profundo que a minha Mãe deu por mim e quis fazer algo, então foi á Farmácia, falou com uma Sra Psicóloga ou Psiquiatra, já nem sei bem o que era, mas que me receitou o Livetan de 500mg, (extracto de Valeriana). Conclusão, tomava 3 comprimidos por dia e até me fui sentido melhor, mas depois deixei de tomar. (Não tomei mais que 1 semana).

Agora tomo umas vitaminas que têm o nome de Berocca e tenho andado equilibrado, sinto-me bem ao tomar e quando tomo, parece que rejuvenesço cheers, Fico cheio de Power, e até me evita as dores de cabeça, ás tantas até me dá a sensação que as vitaminas que eu tomo, são uma espécie de Escudo, para me protegerem da Ansiedade, ou de uma próxima Depressão.

Mas o meu maior receio é que volte a aparecer esses "fantasmas" de que falas, de voltar a cair e sei lá se depois terei ajuda de alguém, ou neste caso da minha Mãe, imagina só se me dá uma recaída aos 30 anos, e depois, quem me irá acudir?
Mas pronto, como disse num outro Tópico para incentivar mais um Membro, disse que não valia a pena andar a sofrer por antecipação, e até tem lógica.
Se não vejamos, todos nós iremos morrer, se eu andar a pensar sempre que vou morrer amanhã, então não vivo.
E assim estou a sofrer estupidamente por antecipação. Mas o problema é que é difícil controlar este tipo de pensamento, por mais fortes que tentemos ser Crying or Very sad.

Bem Tuxa, desculpe de estar a escrever tanto, mas tinha mesmo vontade de desabafar mais um pouco.


Vou terminar com mais uma frase de reconforto e ajuda para si:
Pois quem tem uma vida toda pela frente e com responsabilidades mais acrescidas que as minhas é Você.
Por isso gostava que seguisse este modelo de Pensamento para daqui a muitos e muitos anos (melhor ainda era se fosse para sempre)
E é o seguinte: "os meus filhos são a maior força que eu posso encontrar para continuar a viver"



Please dont forget this thought, you are a good mother and your childrens loves you



Cumprimentos!

_________________
Relax Take your Time
avatar
Paciente

Mensagens : 100
Reputação : 10
Data de inscrição : 18/07/2013
Idade : 29
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum