Quem está conectado
23 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 23 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 57 em Qui Maio 25 2017, 20:26

Ansiedade + Ataques de Pânico + Ligeira Agorafobia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ansiedade + Ataques de Pânico + Ligeira Agorafobia

Mensagem por blue_dragon em Sex Ago 16 2013, 12:09

Boa Tarde venho relatar o meu caso. Sou um jovem de 21 anos e desenvolvi à cerca de 6 meses o quadro que acima indico.
Primeiro veio um ataque de pânico , depois a ansiedade e depois cada vez mais e mais ataques de pânico... Foi correndo como uma bola de neve.
Passei por mil e um exames todos limpos e ansiedade cada vez a aumentar mais.
Apertos no peito, dores, picadas, dormências nas pernas, braços, cara enfim... Já conhecem de cor. A juntar tenho um problema extra que é quando essas situações acontecem ataques de pânico ou crises de ansiedade tenho picos de hipertensão.
Basta por 0,5 mg Alprazolam e o assunto resolve-se...
Primeiramente inicei terapêutica com o médico de família
1+1+1 (3mg) Cloxazolam. O barco aguentou-se durante uns tempos.
Em seguida adicionaram-me Valdoxan (25 mg). Grande parte dos meus AP's aconteciam à noite.
Resolvi em seguida ir a uma psiquiatra (belo dinheiro que perdi). Colocou-me Escitalopram de Manhã, retirou-me todo o Olcadil e 0,25 ao lanche de Alprazolam...
Tudo bem nos 2 primeiros dias... Pelo que percebo agora os níveis plasmáticos aguentaram-se. Um inferno nos seguintes, de todas as maneiras que possam imaginar. Crises de hipertensão, dores de estômago, dores musculo-esqueléticas. Basicamente não conseguia sair da cama, nem alimentar-me. Larguei o Escitalopram (tal como a psiquiatra) e voltei à fórmula anterior que me tinha mantido estável.
1+1+1 Cloxazolam + 25 mg de Valdoxan pela noite. Já não resultou.
Actualmente e após uma ida à urgência de psiquiatria fiquei com:
Pela manhã: 15 mg de mirtazapina + 1 mg olcadil
Ao lanche 1 mg de Cloxazolam
Ao jantar: 1 mg de Cloxazolam
Antes de dormir: 25 mg de Valdoxan (já continuado e a funcionar bem ... para dormir nada mais)

Tenho nova consulta de psiquiatria com novo psiquiatra dia 23 (o que me receitou a Mirtazapina nas urgências), mas contínuo com dificuldades.

Ainda não tive grandes resultados. Penso ter feito tolerância ao uso do Olcaldil.
Tento começar cada dia com a força que sei que tenho de ter mas a medicação não tem funcionado bem até agora pelo que se me puderem dar alguma ajuda no que tomo... Ficaria bastante agradecido.

Estou seriamente a pensar mudar para o Alprazolam... Sei que tem um grau de vício muito maior, mas funciona comigo bem melhor ao contrário do Cloxazolam....
Que vos parece? 0,5 + 0,25 + 0,25 ? Entretanto com a Mirtazapina a começar a fazer efeito (vou no 6 dia) a coisa dar-se-ia?

Também vou iniciar para a semana que vem também TCC.

Aproveito para deixar um conselho, não deixem a situação arrastar. Quanto mais se arrasta mais o problema se agudiza. É mesmo efeito bola de neve.


Última edição por blue_dragon em Qui Dez 12 2013, 14:27, editado 2 vez(es)

blue_dragon

Mensagens : 7
Reputação : 1
Data de inscrição : 02/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade + Ataques de Pânico + Ligeira Agorafobia

Mensagem por mrbombas em Sex Ago 16 2013, 15:32

ainda bem que foste no inicio...

agora tem calma, dá tempo aos medicamentos de começarem a fazer efeito, ou deixa de ir aos médicos...

_________________
distorções cognitivas
avatar
mrbombas

Mensagens : 861
Reputação : 90
Data de inscrição : 31/07/2013
Idade : 34
Localização : Fátima

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade + Ataques de Pânico + Ligeira Agorafobia

Mensagem por blue_dragon em Sab Ago 17 2013, 09:25

É o que quero! Mas estou com um problema quase de certeza que desenvolvi tolerancia ao cloxazolam ontem passei o dia a 1000 à hora e ao lanche a seguir ao comprimido puft AP só resolveu com mais um 0.5 alprazolam debaixo da lingua...

blue_dragon

Mensagens : 7
Reputação : 1
Data de inscrição : 02/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade + Ataques de Pânico + Ligeira Agorafobia

Mensagem por Kity em Sab Ago 17 2013, 09:35

Olá blue_dragon,

A nossa mente é muito forte, se tu acreditares, consegues, cria esse pensamento em ti e vais ver que a pouco e pouco largas isso...eu sei que é difícil...mas com a educação/habituação consegues criar uma rotina de pensamento onde depois és tu que mandas!
Força!
Smile
avatar
Kity

Mensagens : 622
Reputação : 147
Data de inscrição : 16/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade + Ataques de Pânico + Ligeira Agorafobia

Mensagem por Brick em Sab Ago 17 2013, 10:11

entre um medicamento e outro venha o diabo e escolha, mais tarde ou mais cedo vais ter de aprender a viver com a ansiedade, por isso fazes bem em fazer tcc. ansiolíticos só mesmo em SOS.

_________________
Não sou médico! Todas as informações prestadas sobre desmames têm como base uma experiência pessoal com antidepressivos e ansiolíticos e não substituem as recomendações dadas por pessoal qualificado!(Psiquiatra ou Médico de Família)
avatar
Brick
Admin
Admin

Mensagens : 5395
Reputação : 550
Data de inscrição : 29/10/2010
Localização : Viseu

Ver perfil do usuário http://www.ansiosos.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade + Ataques de Pânico + Ligeira Agorafobia

Mensagem por Pikena em Sab Ago 17 2013, 13:13

Concordo com o brick, tenta a medicacao so em sos , nao é nada facil controlar eu que o diga mas é o melhor mesmo

Pikena

Mensagens : 144
Reputação : 7
Data de inscrição : 18/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade + Ataques de Pânico + Ligeira Agorafobia

Mensagem por Pikena em Sab Ago 17 2013, 13:14

Concordo com o brick, tenta a medicacao so em sos , nao é nada facil controlar eu que o diga mas é o melhor mesmo

Pikena

Mensagens : 144
Reputação : 7
Data de inscrição : 18/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade + Ataques de Pânico + Ligeira Agorafobia

Mensagem por Pikena em Sab Ago 17 2013, 13:34

Concordo com o brick, tenta a medicacao so em sos , nao é nada facil controlar eu que o diga mas é o melhor mesmo

Pikena

Mensagens : 144
Reputação : 7
Data de inscrição : 18/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade + Ataques de Pânico + Ligeira Agorafobia

Mensagem por blue_dragon em Qui Dez 12 2013, 14:21

Ora, passaram já alguns meses desde que criei este tópico

Venho actualizar na esperança que sirva de apoio ou ajuda a alguém que passe por situação parecida.
Aproveito para deixar o relato de como tudo isto começou para mim.
Após ter consumido drogas leves (algo que já tinha feito no passado esporadicamente, inclusivé tal como desta vez com alcool, uma ou duas vezes por ano), tive o que provavelmente terá sido uma arritmia e/ou ataque de pânico, dor no peito e uns valentes disparos da frequência, acompanhado de tonturas. Apanhei um tal susto que comecei a meter na cabeça que tinha um problema de coração. Em dois meses o medo transformou completamente a minha vida e a ansiedade tomou conta de mim. Fui às urgências sei lá quantas vezes. Corri uma dezena de médicos e realizei outra de exames. Cada vez que fazia um exame acabava por sentir uma ansiedade terrível até receber os resultados. Perdia horas a fio no google à procura de doenças e outras tretas com as quais poderia associar a minha situação. Nada mais existia na minha cabeça. Eram quase 24/7 bloqueado com estes pensamentos.
Para piorar e devido à preparação que tinha, foi-me detectado uma anomalia (o chamado coração de atleta que por vezes confunde-se com o coração doente) que posteriormente verificou-se benigna no meu coração(maior força e aumento do ventrículo esquerdo tal como aumento da espessura das paredes do coração), que mais não era do que o facto de ter uma excelente preparação física, anomalia essa que desapareceu com o estilo de vida sedentário que comecei entretanto a fazer, o que não aconteceria se efectivamente tivesse um coração doente.

Uma das vezes que fui à urgência passaram-me uma caixa de victan para tomar. Durante essas duas semanas parecia que tinha recuperado a minha vida de volta. Quando a caixa de 30 comprimidos acabou (na altura desconhecia por completo os efeitos de descontinuação deste tipo de medicação), voltou tudo de novo pior que do que nunca.

Comecei a desenvolver uma sensação de pressão no peito e posteriormente espasmos musculares,que na altura pensava estarem relacionados com um problema grave de saúde concerteza cardiaco.
Deixei de sair de casa, comecei a ter medo até de comer!
Fiquei completamente bloqueado pelo medo e pela ansiedade. Surpresa que quando tomava ansiolíticos essas sensações desapareciam... O médico de família deu-me entretanto a conhecer o Olcadil ...
Enfim para não me alongar mais a partir daí passei a conhecer o que realmente posso considerar o meu inferno na terra. Muito mais poderia passar aqui a relatar mas não é por isso aqui estou a escrever...
Resultado final, ansiedade e uma valente depressão.

Hoje posso dizer que não tomo já qualquer tipo de ansiolítico há cerca de 2 meses. Em Agosto tomava cerca de 3 mg de Olcadil por dia. Fui fazendo uma redução ao meu ritmo até que cheguei a um ponto que deixei de tomar. Não foi como largar uma chiclete, é claro que tive sintomas de descontinuação. Posso no entanto até dizer, que tendo em conta o que já li por aqui, puderia até ter sido bem pior.

De momento mantenho o Valdoxan 25 mg antes de dormir e entretanto troquei a Mirtazapina para depois do jantar continuando em 15 mg.
Não estou nem lá perto dos 100% se assim posso dizer. Passo os dias com pouca energia e como uma sonolência tremenda.
Sempre fui uma pessoa cheia de energia praticava desporto a um nível de intensidade bastante alto, adorava sair à noite, ver filmes de terror, era bastante alegre, nunca tive nada do género, pelo que toda esta situação é me profundamente desagradável, como é para todos vós que sofrem desta situação. Por outro lado sempre levei uma vida bastante stressada. Não prestava atenção aos limites do meu corpo. Já há algum tempo que vinha sentindo um cansaço mas não ligava a mínima... É claro que isto teve um efeito bola de neve.
Há um ano atrás não fazia a mínima ideia do que era esta ansiedade patológica, quanto mais um ataque de pânico. Como um jovem da minha idade, tinha a ideia que era invencível, que estes problemas se resolviam com um botão, se chegasse a um extremo era só ser o suficientemente forte para o desligar e já estava.  

Devo dizer que o primeiro passo e talvez dos mais dificeis é aceitarmos o que se passa conosco. Hoje mais do que nunca sou capaz de dar valor ao bem estar e à felicidade, coisa que secalhar se olhar para trás na minha vida apressada, nem sequer dava valor sentindo como bem adquirido.
No meu caso tudo começou por uma situação estúpida em que fui único responsável. Mas vale a pena estar a massacrar-me com isso? Leva-me a algum lado? Não. Provavelmente mais cedo ou mais tarde, nesta ou em outra situação isto iria despoletar.

Aproveito para deixar a todos que como eu foram apanhados por estes problemas e lutam pelo vosso direito de serem felizes deixo a minha homenagem.

Sei que isto é um caminho de altos e baixos e é assim que concerteza será nos próximos tempos. Não vale a pena fugir. Outro pensamento que tenho sempre presente é que o MEDO é realmente o nosso principal inimigo. Pois bem canalize-se o medo de morrer para o medo de não estar vivendo!
Realmente o tempo é o parceiro ideal para incorporar este pensamento, que no meu caso me ajudou imenso, pois todos os dias, tenho mentalizado que tenho de procurar recuperar as minhas forças e fazer o que estiver ao meu alcance para voltar a ter qualidade de vida. Tenho como objectivo ser feliz, e para tal tenho de ter a coragem para enfrentar esta situação. Espero sempre que melhores dias virão. Por cada sorriso que arranco por cada momento que tenho uma ligeira sensação de alegria ou felicidade, acabo por ficar com a sensação que só por esses momentos vale a pena esta luta. São esses momentos que acabam por dar mais força para continuar. Mesmo tendo bastante dificuldade a sorrir e aproveitar as coisas boas do que a vida me trás, mesmo com este entorpecimento chamado depressão que me faz na maior parte do tempo sentir desligado. Claro que isto não é de um dia para o outro, é preciso ser paciente (o que mais nunca adquiro como uma real virtude).

Como dizia Mandela "Bravo não é aquele que não sente o medo, mas o que vence esse medo".
Nem sempre é fácil, ainda para mais sentindo o coração a mil, ou uma pressão quase constante todos os dias no peito. Mas que alternativa tenho senão tentar?

Todos temos dias piores. Mas por cada dia que cair, cá estarei para no próximo dia para me levantar.

blue_dragon

Mensagens : 7
Reputação : 1
Data de inscrição : 02/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade + Ataques de Pânico + Ligeira Agorafobia

Mensagem por Cyber50 em Qui Dez 12 2013, 15:55

Tens de ir com calma, ainda és novo, eu já ando medicado á 9 anos (Paroxetina 20mg, Alprazolam 0,5mg 1+1+1, Triticum 50mg).
Tenho picos , e reacaídas ,também fiz uns tempos TCC, mas não ajudou grande coisa, mas cada pessoa reage de sua maneira, sei o que estás a passar , mas não deixes o acompanhamento médico e a medicação, se vires que não melhoras , procura outro médico.Força Boas Festas

Cyber50

Mensagens : 54
Reputação : 1
Data de inscrição : 11/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade + Ataques de Pânico + Ligeira Agorafobia

Mensagem por Raqels em Qui Dez 12 2013, 16:43

olá blue_dragon ,
Estive a ler toda a tua historia... somos da mesma idade basicamente , também já passei por coisas dessas.
Actualmente estou medicada com Escitalopram e Victan em SOS e ando minimamente bem .
Sinto pontadas fortes no peito que me apanha o braço, já fui ás urgências e nada.. sabes como é...
Ansiedade, AP's, agrofobia e arritmia/taquicárdia...
Enfim tretas e mais tretas.
Não tenho acompanhamento de psicólogo nem psiquiatra pois não tenho dinheiro e os hospitais públicos não me aceitam ..
Enfim .. luto todos os dias para isto passar, já estive dias sem sair de casa , baixas e mais baixas.. enfim é uma Mer***

Mas tem força meu caro todos nós aqui sabemos o que isso é , há casos mais delicados que outros obviamente ..

Ainda somos novos, temos que rir mesmo que nos apeteça chorar...

Força Smile

_________________
Grata pela a atenção.


Com os melhores cumprimentos


"A vida é como uma rosa. Cada pétala é uma lembrança e cada espinho uma realidade".



Raquel Santos
avatar
Raqels

Mensagens : 103
Reputação : 0
Data de inscrição : 05/11/2013
Idade : 26
Localização : Almada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade + Ataques de Pânico + Ligeira Agorafobia

Mensagem por tfmap em Ter Jan 07 2014, 00:02

Muitos de vos sao apologistas de farmacos para o tratamento da ansiedade e dos ataques de panico .. mas muitos de vos tambem ainda nao pararam para pensar que isso apenas atenua , alivia todos esses sintomas desagradaveis?? Já para nao falar que vos torna dependentes desses quimicos para o resto da vida .. eu tenho ataques de panico , entre eles uma ansiedade generalizada por estar sempre a pensar quando em o proximo.. A cura esta em nos , no nosso equilibrio fisico mental e emocional , tens varos tipos de medicina alternativa que te vao ajudar muito mais do que todos esses quimicos que metes para dentro do organismo ... e podes sempre recorrer ao reiki , porque ajuda bastante .. fica a dica Wink abraço

tfmap

Mensagens : 24
Reputação : 6
Data de inscrição : 06/01/2014
Idade : 26
Localização : Porto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade + Ataques de Pânico + Ligeira Agorafobia

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum