Últimos assuntos
» Eu não sei mais o que fazer
Qui Abr 27 2017, 21:30 por rafaelvoodoo

» Depois do desespero
Qui Abr 27 2017, 20:21 por rafaelvoodoo

» Desmame de Alprazolam 0,25
Qui Abr 27 2017, 14:03 por Ingrid_K

» Quando a minha mente chegou ao limite...
Qui Abr 27 2017, 02:17 por Cristiane Aparecida Lessa

» Desmame Sertralina
Qui Abr 27 2017, 02:09 por Cristiane Aparecida Lessa

» desmame Sertralina
Qui Abr 27 2017, 01:56 por Cristiane Aparecida Lessa

» Ansiedade/ disturbio mental
Ter Abr 25 2017, 19:03 por ester

» Ataques de Pânico e Agorafobia
Seg Abr 24 2017, 17:20 por guevara

» opressão vs depressão
Dom Abr 23 2017, 22:54 por 1006

» Depois do desespero
Dom Abr 23 2017, 22:17 por lanaKayle

Quem está conectado
19 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 19 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 52 em Sab Fev 01 2014, 18:10

Ampolas Forticol - Aceglumato de Deanol + Heptaminol

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ampolas Forticol - Aceglumato de Deanol + Heptaminol

Mensagem por heavenhell em Sab Set 07 2013, 22:56

Olá, estou a tomar ampolas chamadas Forticol cujos principios activos são o aceglumato de deanol e o heptaminol que a minha médica prescreveu. Pelo que li no folheto é um suplemento que serve para aumentar a circulação sanguinea para o cerebro e é usado no tratamento de perturbações cognitivas. Alguém conhece ou já tomou? Fez algum efeito?

Entretanto ao pesquisar os principios activos encontrei isto: [url=http://www.arslvt.min-saude.pt/ctf/Documents/Boletins Terap%C3%AAuticos 2013/Boletim Terap%C3%AAutico N%C2%BA2_2013.pdf]http://www.arslvt.min-saude.pt/ctf/Documents/Boletins%20Terap%C3%AAuticos%202013/Boletim%20Terap%C3%AAutico%20N%C2%BA2_2013.pdf[/url] 

Também está aí incluido ginko biloba que cheguei a tomar uma vez e não fez grande efeito (a unica coisa que fez foi fazer-me gastar 20€ lol). 

Tenho andado a sentir-me melhor em termos físicos, já não sinto tantas tonturas ou enjoos, apesar de em termos psicologicos andar bastante mal porque estão a voltar os problemas todos... Mas acho que se calhar só me ando a sentir melhor por causa do antidepressivo (ou então porque ando a dormir muito, tipo 10h, 12h por dia para já estou de férias mas como é obvio isto não é compativel com uma vida activa dormir meio dia...). Comigo os suplementos nunca resultam, só resultam coisas pesadas... Tendo em conta que tem voltado os meus problemas e ainda estou mais sozinha e com menos apoio que há 1 ano atrás ou há 2 anos atrás,  estou com medo de voltar a ter uma recaída. Já estou a começar a sentir o mesmo que dantes o sentimento de culpa pelas decisões erradas que tomei, sentimento que não tenho saída, não tenho futuro...E o xanax está ali no meu quarto a escassos metros de distancia Sad Era suposto deixa-lo e tenho sido bem sucedida em tomar apenas 2 por dia desde que fui à medica em Agosto e desde que comecei a tomar consciencia que me estava a fazer mal, mas tenho medo de voltar a ter uma recaída nos proximos dias e ter um dos meus surtos em que confundo xanax com rebuçados lol Sad Lembro-me que o ano passado por esta altura começou tudo... Tenho feito de tudo nos ultimos dias para evitar o problema, não pensar nele. Passo o dia todo a ver documentários, filmes, a fazer pesquisas na net, ler coisas, brincar com o meu cão, caminhar, etc etc...Mas chega sempre a um momento em que deixamos de poder adiar o problema, temos que o enfrentar e não estou minimamente preparada...Sinto-me igualmente perdida e desanimada para o enfrentar. 

Nos ultimos dias tenho tido mais motivação, voltei a ter interesse em coisas que sempre gostei mas que ultimamente não conseguia sequer ver, ja não choro compulsivamente nem tenho ataques de raiva há mais de 15 dias (penso que é mesmo o efeito do antidepressivo, apos os sintomas desagradaveis iniciais) mas mesmo assim é só o inicio da recuperação, é muito fragil, e agora se vai tudo por água abaixo? 

Só me consigo lembrar de como era dantes, pegava num blister de xanax, sentava-me no sofá e ia tomando, one by one a chorar compulsivamente, cheia de raiva e zangada, só parava de tomar quando o choro parava e depois claro ficava no ceu lol, dormia que nem uma maravilha não precisava de pensar em nada só dormir, andava o dia seguinte feliz e relaxada... Claro depois nos outros dias já era outra história...Como disse é uma relação de amor-odio, costumo chamar ao xanax o meu "anjo azul", mas acho que se é um anjo é mesmo o Lucifer lol é tão bom mas faz tão mal. Só temo deixar de ter medo do mal que me pode fazer a longo prazo, porque é aí que começa o descontrolo... 
Não tenho estratégias para lidar com isto. Sempre recorri a outras pessoas para me ajudarem a lidar. Há 3 anos atrás tinha ajuda da minha terapeuta e tive durante 1 ano, recorria a isso ao reiki e acupunctura mas não gostei da forma como ela se viu livre de mim. Fiquei tão zangada com isso, fiquei a moer nisso por meses, como tenho uma boca grande (na maior parte das vezes sou calma e introvertida não me exprimo, mas quando me irritam especialmente ultimamente em que tenho andado bastante zangada, uso palavras duras quando vejo injustiças a ocorrer) acabei por lhe dizer umas verdades incomodas. São verdades, mas se tivesse ficado calada no momento, agora que estou mais calma podia tentar esquecer, desta forma não acho que ela me queira ajudar mais... Afastei grande parte das pessoas ao longo dos ultimos tempos, umas porque me aborreciam, não tinha interesse por isso simplesmente não procurava falar com elas...Outras tinha demasiado interesse, tanto que as afastei por as sufocar com os meus traumas e problemas e com os meus ataques desenfreados de raiva. Não tenho dinheiro para apoio psicologico privado, já esgotei todas as minhas opções no publico, já experimentei de todas terapias e nada resulta... Sinto-me sem alternativa. Foi esse o motivo que me levou inicialmente a abusar dos comprimidos, um mecanismo de compensação psicologica. Espero não voltar a recorrer ao mesmo. Sad


Última edição por heavenhell em Sab Set 07 2013, 23:18, editado 1 vez(es)

heavenhell

Mensagens : 177
Reputação : 16
Data de inscrição : 22/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ampolas Forticol - Aceglumato de Deanol + Heptaminol

Mensagem por Brick em Sab Set 07 2013, 23:14

Uma das primeiras coisas que me receitaram foi o forticol, acho que ajudava um pouco a nível de fadiga, mas provocava-me pontadas no coração e não gostava nada da ideia, deixei de tomar. Eu acho que é mesmo daqueles suplementos que não serve para nada, mas não se perde nada em se experimentar.

_________________
Não sou médico! Todas as informações prestadas sobre desmames têm como base uma experiência pessoal com antidepressivos e ansiolíticos e não substituem as recomendações dadas por pessoal qualificado!(Psiquiatra ou Médico de Família)
avatar
Brick
Admin
Admin

Mensagens : 5384
Reputação : 549
Data de inscrição : 29/10/2010
Localização : Viseu

Ver perfil do usuário http://www.ansiosos.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ampolas Forticol - Aceglumato de Deanol + Heptaminol

Mensagem por heavenhell em Sab Set 07 2013, 23:23

Obrigado Brick. Também está quase a acabar só tenho mais uma ampola... Não sei se quando for a medica ela vai prolongar o tratamento.

 Mas então se não tem grandes efeitos secundários como dependencia (não senti essas pontadas no coração) e até é barato (é comparticipado este) não deve fazer grande mal... Estava apenas a tentar descobrir a que se deve o meu bem estar, mas mais uma vez suspeito que é mais um suplemento para entrar na lista dos que não servem para nada no meu caso. E mais uma vez os "quimicos pesados" vencem comigo lol Sad  Não sei porque é que estas soluções naturais só resultam nos outros e em mim é só doses de cavalo :/

heavenhell

Mensagens : 177
Reputação : 16
Data de inscrição : 22/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ampolas Forticol - Aceglumato de Deanol + Heptaminol

Mensagem por bichobrabo em Dom Set 08 2013, 12:00

Cuidado com o abuso do alprazolam....isso tem uma conta certa para tomar.

Um blister??? mesmo que seja 0,25 mg, é muito. Isso não são rebuçados e a cobrança das asneiras acaba sempre por chegar. Há pessoas assim, nem podem ter acesso livre ao medicamento, que a tendência é para o descontrolo.

Se andas a tomar xanax, esquece todos os "suplementos", pois são ineficazes.
avatar
bichobrabo
Moderador
Moderador

Mensagens : 1507
Reputação : 131
Data de inscrição : 30/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ampolas Forticol - Aceglumato de Deanol + Heptaminol

Mensagem por heavenhell em Dom Set 08 2013, 13:00

Ola bichobrabo, a quem o dizes de recolher o preço a longo prazo.

 Já escrevi sobre isto noutro tópico, nem sequer fui eu que quis tomar este medicamento. Foi-me prescrito inicialmente pelo meu médico de familia quando eu tinha 16 anos e recusei-me a toma-lo na altura, só que toda a gente me estava a pressionar incluindo pais e psicologos, a dizer que precisava disso para me ajudar a curar, tomava por 6 meses e depois deixava. Lá tomei, mas depois ninguém quis saber se eu deixava ou não, nem o médico, nem a psicologa nem sequer os meus pais lol  Demorei para aí 1 ano a fazer desmame sozinha e passei 2 anos sem tomar. só comecei a tomar o ano passado novamente. Na maioria dos dias só tomava 1 ou 2, mas havia dias em que exagerava propositadamente, porque simplesmente queria não estar acordada, não via resolução possivel ou saída para o que me afligia. Ainda não vejo, mas entretanto 1 ano após tomar apenas xanax fiquei mais deprimida (como seria de esperar) e fui à medica, neste momento apenas tomo 2, até porque ela fez uma prescrição de apenas 1 caixa para 1 mes. Os medicos ao longo deste ano costumavam prescrever-me 3 caixas quando eu ia la pedir e nem sequer entrava no consultorio, deixava um pedido na secretaria e eles passavam a receita porque era "medicação crónica prolongada", eu ia lá recolhe-la algumas semanas ou dias depois e levanta-la a farmacia lol Não se importavam muito em avisar-me dos efeitos secundários e eu tb me estava nas tintas por isso... 

Quanto ao livre acesso ao medicamento, se calhar devia ter sido o médico a pensar duas vezes antes de prescrever isso a uma pessoa com 16 anos na altura, não? Pelo que vejo agora há benzodiazepinas (e até outras opções calmantes que não são benzos) menos fortes...
É que sem prescrição não se obtem o medicamento, por isso não é livre acesso como paracetamol ou burfen é necessário uma prescrição médica. E se não fosse ele a prescrever eu nunca teria tido acesso a este medicamento. 
 As psicologas publicas a que fui não estavam muito interessadas em como estava a correr a medicação, alias quando estava a fazer o desmame disse a uma os sintomas todos que estava a ter e a resposta dela foi "não achas que estás a inventar um bocadinho?"...what a b****,  meses mais tarde acabei por deixar de ir lá

Agora estou a tomar xanax 0,5 mg (foi sempre 0,5mg) e sertalina 50mg. Mas mesmo no periodo de tempo em que estava livre de comprimidos tomei bastante suplementos de farmacia, medicamentos fitoterapeuticos (por exemplo valeriana podia tomar ai uns 10 ficava na mesma Mad) , homeopaticos (alguns destes eram tão raros que até os tinha que encomendar na farmacia para eles mandarem vir do Porto porque não havia a vender na lá, os farmaceuticos ficavam sempre a olhar para mim quando eu ia la pedir isso lol) e não resultava. Não eram muito baratos que se diga. Por isso ao fim de contas, acabei por perder imenso dinheiro que me fazia falta e não vi resultados, fiquei sem opções e tive que voltar ao diabinho do xanax era a unica coisa que tinha por cá e esse era definitivamente eficaz... Tb não foi para chamar atenções porque quando eu tomava em excesso passava o dia todo a dormir, no dia a seguir levantava-me tipo zombie mas ia na mesma para a faculdade só para marcar presença e não ter falta, ninguém reparava cá por casa nem estavam muito preocupados. 

 O Forticol deve ser igual em termos de eficácia pelo menos ai no Pontuario Terapeutico diz que não é recomendado porque a eficácia clinica não é comprovada, mas foi a medica que prescreveu... Pode ser que esteja a ajudar um bocadinho, como estou a tomar outras coisas não dá para perceber o que faz o quê.

heavenhell

Mensagens : 177
Reputação : 16
Data de inscrição : 22/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ampolas Forticol - Aceglumato de Deanol + Heptaminol

Mensagem por bichobrabo em Dom Set 08 2013, 16:11

Tal como tu, também fiquei dependente do alprazolam, não por opção própria, mas porque o psiquiatra me receitou aos 19 anos, por tempo indeterminado. E assim estive, durante cerca de 15 anos, com uma interrupção de cerca de 1 ano.

Mas eu sei que nunca tive tendência para abusar, porque apenas tomava uma dose que me permitisse sentir bem, que era cerca de 1 mg/dia.

Também sei que somos todos diferentes, e há pessoas que tem a cabeça mais complicada que outras. Eu sou complicado, mas não sou dos piores, tanto que quando decidi largar aquela merda toda, larguei e não voltei até agora.

Eu acho que, se conseguisses, devias largar as benzodiazepinas. Não é medicamento para ser tomado mais que esporadicamente. O que tens de fazer, terás que ser tu a descobrir. Eu consegui-o, mas a minha receita pode não ser a tua, porque cada individuo tem que percorrer o seu próprio caminho.
avatar
bichobrabo
Moderador
Moderador

Mensagens : 1507
Reputação : 131
Data de inscrição : 30/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ampolas Forticol - Aceglumato de Deanol + Heptaminol

Mensagem por heavenhell em Dom Set 08 2013, 19:23

Pois eu compreendo. Quando me receitaram contra a minha vontade aos 16 anos eu também so tomava o minimo possivel que me tinham prescrito e mal acabaram os 6 meses fiquei logo ansiosa por fazer o desmame. Nunca achei muita piada a comprimidos, principalmente porque sempre achei estranho como é que podem receitar aquilo sem saber exactamente o que faz onde actua, sempre tive essa desconfiança e a ver a quantidade de efeitos laterais que aparece na bula então...

Desta ultima vez comecei a tomar espontaneamente porque estava numa má fase. Sabia que tinha efeitos secundários negativos e que não me ia ajudar a longo prazo, como sempre soube, mas simplesmente estava-me nas tintas para a minha vida. Só queria era não estar acordada para não ter que enfrentar a minha realidade... Basicamente, são as razões que levam as pessoas a ter vicios dos mais variados tipos: problemas na vida levam as pessoas a refugiarem-se em drogas, jogos, alcool, relações de co-dependencia etc...Há pessoas com mais susceptibilidade para desenvolver dependencias do que outras.

Neste momento estou a tentar deixar, mas como andei a oscilar nas doses (a maioria dos dias tomava 2 mas depois havia dias que tomava mais) agora estou a tentar estabilizar nos 2 por dia o que prefaz tambem 1mg. Para já não quero descer até porque esta não de todo a melhor epoca do ano (costumam dizer que na transição verão-outono, inverno-primavera as pessoas ficam mais susceptiveis a ansiedade e o medico dizia-me mesmo que não era bom começar o desmame nessa epoca), mas pode ser que o antidepressivo me ajude pelo menos inicialmente a ter uma melhor disposição para enfrentar os problemas e depois consiga deixar mais facilmente o ansiolitico. Ja tomei este antidepressivo já tomei e foi mais facil de deixar do que o xanax. 

E já agora, como é que foi deixar? demorou muito tempo, houve efeitos secundários desagradaveis ou por exemplo recaidas em que tiveste que voltar atrás e voltar a tomar?

heavenhell

Mensagens : 177
Reputação : 16
Data de inscrição : 22/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ampolas Forticol - Aceglumato de Deanol + Heptaminol

Mensagem por bichobrabo em Seg Set 09 2013, 08:26

Somos todos diferentes, mas no meu caso o desmame demorou cerca de 2 anos. Largar as drogas foi em 2 ou 3 meses, mas viver com qualidade de vida demorou mais.

Neste período estive no purgatório, umas vezes melhor, outras pior.
avatar
bichobrabo
Moderador
Moderador

Mensagens : 1507
Reputação : 131
Data de inscrição : 30/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ampolas Forticol - Aceglumato de Deanol + Heptaminol

Mensagem por heavenhell em Seg Set 09 2013, 15:47

Pois é verdade, mas também já estavas a tomar há muito tempo.
 Da 1ª vez demorei 1 ano, mas estava distraida com outras coisas (escola, exames nacionais), se tive efeitos desagradáveis nem reparei ou associei directamente ao medicamento, não estava para perder muito tempo a pesquisar efeitos secundários. 

Desta vez é um pouco diferente tomei mais e as minhas condições actuais são diferentes. Mas pronto, já sei que vou ter efeitos desagradaveis provavelmente. 
A minha duvida é se quando os tenho devo retroceder no desmame e fazer mais lento para evitar esses sintomas ou aguentar porque eles acabam por passar...

Na wikipedia em ingles diz que meses apos o paciente deixar o medicamento sente melhorias na sua qualidade de vida. Mas depende sempre claro.

heavenhell

Mensagens : 177
Reputação : 16
Data de inscrição : 22/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ampolas Forticol - Aceglumato de Deanol + Heptaminol

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum