Últimos assuntos
» O meu relato.
Ontem à(s) 23:17 por 1006

» Literatura
Ontem à(s) 21:44 por viper

» Clínica da Mente - Alerta com base na minha (má) experiência
Ontem à(s) 20:54 por viper

» Victan - desmame-
Ter Fev 21 2017, 23:13 por viper

» Hipnose Condicionativa
Ter Fev 21 2017, 11:57 por caferreira

» Preciso da vossa opinião
Seg Fev 20 2017, 21:10 por twiggysp

» LINKS, INFORMAÇÕES ÚTEIS E NOVIDADES
Sab Fev 18 2017, 21:20 por 1006

» Urgente!!!! Gotas
Sab Fev 18 2017, 20:06 por Brick

» Redenção e Incompreensão
Sab Fev 18 2017, 14:19 por 1006

» Eu tenho uma síndrome?
Qui Fev 16 2017, 20:03 por viper

Quem está conectado
12 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 12 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 52 em Sab Fev 01 2014, 18:10

De volta as urgencias

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

De volta as urgencias

Mensagem por db em Dom Nov 17 2013, 20:02

17-11-2013 Hora: 01:45

ja estava eu deitado, fui me deitar com a impressao no peito, a pensar muito nanquilo.

O que e certo e que á hora acima referida acordei exaltado, coraçao a bater muito, quase a sair pela boca, o corpo todo tremia, a boca toda seca.. eu nem estava em mim..

estava com a minha mae e so conseguia dizer "ajuda-me ajuda-me", tentie acalmar fui a casa de banho e tive uma sensaçao que o corpo ia cair, pensei mesmo que ia desmaiar ali...

medi a tensao estava a 15/10 com a pulsaçao a 125... fiquei ainda mais assustado.. fui as urgencias... depois la acalamei a tensao ja tinnha baixado e a pulsaçao nos 88....

que noite para esquecer... nao me lembro de ter tanto medo...

ja alguem passou por alguma coisa parecida ??

eu so chorava, estava com tanto medo de morrer... medo de ser o coraçao... :/

_________________
360

db

Mensagens : 521
Reputação : 54
Data de inscrição : 16/11/2012
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta as urgencias

Mensagem por mrbombas em Dom Nov 17 2013, 20:05

Tens que fazer terapia por causa do medo de morrer...

_________________
distorções cognitivas

mrbombas

Mensagens : 861
Reputação : 90
Data de inscrição : 31/07/2013
Idade : 34
Localização : Fátima

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta as urgencias

Mensagem por db em Dom Nov 17 2013, 20:06

onde faço isso ??? como faço isso ???

tudo me assusta...

_________________
360

db

Mensagens : 521
Reputação : 54
Data de inscrição : 16/11/2012
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta as urgencias

Mensagem por mrbombas em Dom Nov 17 2013, 20:15

Se fores a um bom psicólogo...

Se fores para psiquiatra vão-te dar anti psicóticos...

_________________
distorções cognitivas

mrbombas

Mensagens : 861
Reputação : 90
Data de inscrição : 31/07/2013
Idade : 34
Localização : Fátima

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta as urgencias

Mensagem por db em Dom Nov 17 2013, 20:20

fogo... fico e com medo de ter outro ataque assim a meio da noite

_________________
360

db

Mensagens : 521
Reputação : 54
Data de inscrição : 16/11/2012
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta as urgencias

Mensagem por mrbombas em Dom Nov 17 2013, 20:39

Se quiseres pergunto à minha se te atende...

_________________
distorções cognitivas

mrbombas

Mensagens : 861
Reputação : 90
Data de inscrição : 31/07/2013
Idade : 34
Localização : Fátima

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta as urgencias

Mensagem por db em Dom Nov 17 2013, 22:16

eu ja tenho consulta marcada para um psicologo... a ver como corre..

se for preciso depois digo te Smile obrigado

_________________
360

db

Mensagens : 521
Reputação : 54
Data de inscrição : 16/11/2012
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta as urgencias

Mensagem por noteupoema em Dom Nov 17 2013, 22:18

Vai o mais depressa possível a um psicólogo.

Entretanto, compra o livro "Como tornar-se um doente mental", de José Abreu, e lê com atenção a parte sobre os ataques de pânico. Embora escrito de maneira irónica, explica uma arma importante contra esse tipo de ataques: o suspiro.

Da próxima vez que tiveres algo assim, enche a barriga de ar (isto obriga-te a respirar pelo diafragma) e ao expirar, encolhe a barriga toda, exprimindo todo o ar. Faz o som daquele "ai ai", aquele tipo de suspiros que os nossos avôs fazem.

Eu sei que parece confuso, e nem vou tentar explicar o processo químico por detrás disto, mas ajudou-me imenso (em conjunto com o acompanhamento psicológico).

Boa sorte nisso.

noteupoema

Mensagens : 5
Reputação : 0
Data de inscrição : 16/11/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta as urgencias

Mensagem por zeta em Seg Nov 18 2013, 14:57

Isso tem tratamento e tem nome attaque de pânico. Com ajuda de um psicologo talvez aprendas a dominar e a deixar passar esses atatques de panico que se vão espaçando cada vez mais ate desaparecerem.
Boa sorte e não tenhas medo que a maioria dos participantes neste fórum já passaram por isso ou semelhante , mas entretanto vai se superando e não valorizando ela acaba por não voltar..
Boa sorte!

_________________
Minhas respostas e conselhos, baseiam-se em experiências por mim vividas, pelo que para melhor orientação a nivel de medicação, por favor consultem o especialista adequado.

zeta
Moderador
Moderador

Mensagens : 860
Reputação : 120
Data de inscrição : 07/07/2011
Idade : 47
Localização : Guimaraes

Ver perfil do usuário http://rosette27.webnode.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta as urgencias

Mensagem por mrbombas em Seg Nov 18 2013, 17:53

respiração diafragmática Cool 

_________________
distorções cognitivas

mrbombas

Mensagens : 861
Reputação : 90
Data de inscrição : 31/07/2013
Idade : 34
Localização : Fátima

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta as urgencias

Mensagem por Srhipocondria em Ter Nov 19 2013, 13:21

Eu também fui há 2 semanas às urgências porque estava com parestesias pelo corpo todo, dormências quentes e frias, tonturas, agitação, ansiedade, confusão e pressão intracraniana. Mandaram-me para o psiquiatra de serviço e nem a tensão me mediram.

Hoje à noite por volta da 1h30 da manhã deu-me uma dor de cabeça (no topo do lado esquerdo) súbita e aguda daquelas super intensas que duram uns 20 ou 30 segundos e fiquei logo com dormências e sensações electricas pelo corpo todo e taquicardia. Dormi mal e ainda hoje estou desconfortável. Tenho medo, começo a pensar em aneurismas e outras merdas, mas não sei se deva ir ao cs

Srhipocondria

Mensagens : 122
Reputação : 16
Data de inscrição : 31/10/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta as urgencias

Mensagem por Tremelix em Ter Nov 19 2013, 17:55

db escreveu:17-11-2013 Hora: 01:45

ja estava eu deitado, fui me deitar com a impressao no peito, a pensar muito nanquilo.

O que e certo e que á hora acima referida acordei exaltado, coraçao a bater muito, quase a sair pela boca, o corpo todo tremia, a boca toda seca.. eu nem estava em mim..

estava com a minha mae e so conseguia dizer "ajuda-me ajuda-me", tentie acalmar fui a casa de banho e tive uma sensaçao que o corpo ia cair, pensei mesmo que ia desmaiar ali...

medi a tensao estava a 15/10 com a pulsaçao a 125... fiquei ainda mais assustado.. fui as urgencias... depois la acalamei  a tensao ja tinnha baixado e a pulsaçao nos 88....

que noite para esquecer... nao me lembro de ter tanto medo...

ja alguem passou por alguma coisa parecida ??

eu so chorava, estava com tanto medo de morrer... medo de ser o coraçao... :/
My friend. Isso que descreves aconteceu-me (e ainda acontece...) umas boas centenas de vezes. É um "pico de cagufa" irracional típico do TAG. Isso não passa com psiquiatras ou psicólogos. Ou aguentas só por ti ou "drunfas-te". Escolhe. As melhoras. cyclops 

Tremelix

Mensagens : 129
Reputação : 16
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 63
Localização : Por aqui

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta as urgencias

Mensagem por Barbara Reis em Ter Nov 19 2013, 18:31

My friend. Isso que descreves aconteceu-me (e ainda acontece...) umas boas centenas de vezes. É um "pico de cagufa"  irracional típico do TAG. Isso não passa com psiquiatras ou psicólogos. Ou aguentas só por ti ou "drunfas-te". Escolhe. As melhoras. cyclops [/quote]
Tremelix, estes ataques de pânico diminuem a capacidade de concentração, ou melhor, a ansiedade vai reduzindo a nossa capacidade de trabalhar?

Eu estou a reduzir um ansiolitico e não me consigo concentrar... está dificil trabalhar... parece que baralho tudo... comecei a redução há uma semana. é normal?

Barbara Reis

Mensagens : 232
Reputação : 17
Data de inscrição : 06/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta as urgencias

Mensagem por Tremelix em Qua Nov 20 2013, 17:02

Barbara Reis escreveu:My friend. Isso que descreves aconteceu-me (e ainda acontece...) umas boas centenas de vezes. É um "pico de cagufa"  irracional típico do TAG. Isso não passa com psiquiatras ou psicólogos. Ou aguentas só por ti ou "drunfas-te". Escolhe. As melhoras. cyclops 
Tremelix, estes ataques de pânico diminuem a capacidade de concentração, ou melhor, a ansiedade vai reduzindo a nossa capacidade de trabalhar?

Eu estou a reduzir um ansiolitico e não me consigo concentrar... está dificil trabalhar... parece que baralho tudo... comecei a redução há uma semana. é normal?[/quote]
Bárbara, estes ataques frequentes e consecutivos durante anos afecta a vida a todos os níveis. Particular, profissional, tudo. Se estás a reduzir a dose de um ansiolítico é normal sentires umas "diferenças"... Eu há um ano e tal deixei a Paroxetina de um dia para o outro, durante uns meses andei mais ou menos bem, mas tive de voltar a tomá-la há uns dias porque isto anda mal. Vê se te aguentas. As melhoras.

Tremelix

Mensagens : 129
Reputação : 16
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 63
Localização : Por aqui

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta as urgencias

Mensagem por Barbara Reis em Qua Nov 20 2013, 17:41


Eu estou a reduzir um ansiolitico e não me consigo concentrar... está dificil trabalhar... parece que baralho tudo... comecei a redução há uma semana. é normal?[/quote]Bárbara, estes ataques frequentes e consecutivos durante anos afecta a vida a todos os níveis. Particular, profissional, tudo. Se estás a reduzir a dose de um ansiolítico é normal sentires umas "diferenças"... Eu há um ano e tal deixei a  Paroxetina de um dia para o outro, durante uns meses andei mais ou menos bem, mas tive de voltar a tomá-la há uns dias porque isto anda mal. Vê se te aguentas. As melhoras.[/quote]
e quando tomavas a paroxetina andavas bem?

Barbara Reis

Mensagens : 232
Reputação : 17
Data de inscrição : 06/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta as urgencias

Mensagem por Tremelix em Qua Nov 27 2013, 14:56

Barbara Reis escreveu:
Eu estou a reduzir um ansiolitico e não me consigo concentrar... está dificil trabalhar... parece que baralho tudo... comecei a redução há uma semana. é normal?
Bárbara, estes ataques frequentes e consecutivos durante anos afecta a vida a todos os níveis. Particular, profissional, tudo. Se estás a reduzir a dose de um ansiolítico é normal sentires umas "diferenças"... Eu há um ano e tal deixei a  Paroxetina de um dia para o outro, durante uns meses andei mais ou menos bem, mas tive de voltar a tomá-la há uns dias porque isto anda mal. Vê se te aguentas. As melhoras.[/quote]e quando tomavas a paroxetina andavas bem?[/quote]
Olá Bárbara. Melhorei muito quando há 5 anos a Fluoxetina deixou de fazer efeito...Depois larguei-a de repente há um ano e tal e passado uns tempos piorei. Agora voltei a tomá-la há 15 dias e parece que "isto" não anda nem desanda...As melhoras:D 

Tremelix

Mensagens : 129
Reputação : 16
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 63
Localização : Por aqui

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta as urgencias

Mensagem por Susana M em Sex Nov 29 2013, 22:27

db escreveu:17-11-2013 Hora: 01:45

ja estava eu deitado, fui me deitar com a impressao no peito, a pensar muito nanquilo.

O que e certo e que á hora acima referida acordei exaltado, coraçao a bater muito, quase a sair pela boca, o corpo todo tremia, a boca toda seca.. eu nem estava em mim..

estava com a minha mae e so conseguia dizer "ajuda-me ajuda-me", tentie acalmar fui a casa de banho e tive uma sensaçao que o corpo ia cair, pensei mesmo que ia desmaiar ali...

medi a tensao estava a 15/10 com a pulsaçao a 125... fiquei ainda mais assustado.. fui as urgencias... depois la acalamei  a tensao ja tinnha baixado e a pulsaçao nos 88....

que noite para esquecer... nao me lembro de ter tanto medo...

ja alguem passou por alguma coisa parecida ??

eu so chorava, estava com tanto medo de morrer... medo de ser o coraçao... :/
inumeras vezes....é um terror Neutral 

Susana M

Mensagens : 44
Reputação : 2
Data de inscrição : 23/09/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta as urgencias

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum