Últimos assuntos
» Brintellix (vortioxetina)
Ontem à(s) 18:30 por xandecool

» Ansiedade/Fobia Social - Xanax Sintomas
Ontem à(s) 16:06 por 1006

» Companheira Depressão
Dom Mar 26 2017, 22:06 por clapac

» Meu diário enfrentando Depressão e TAG
Qui Mar 23 2017, 19:29 por Jana_10

» Sertralina
Qui Mar 23 2017, 18:48 por Convidado

» 194 dias sem Sedoxil!
Qui Mar 23 2017, 17:27 por Jana_10

» Meu relato de depressão...
Qui Mar 23 2017, 17:26 por Jana_10

» Ansiedade e ataques de pânico
Qua Mar 22 2017, 15:06 por MEB

» Fluvoxamina - efeitos secundários
Ter Mar 21 2017, 12:33 por 1006

» Porque sinto isto desta forma tão estranha?
Ter Mar 21 2017, 12:19 por sombraescura

Quem está conectado
15 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 15 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 52 em Sab Fev 01 2014, 18:10

Durante a depressão, a descoberta...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Durante a depressão, a descoberta...

Mensagem por mrbombas em Qua Dez 18 2013, 12:31

Texto do meu blog, da minha autoria, espero que ajude alguém.

"Desta vez quero partilhar a minha experiência acerca da minha descoberta pessoal, física e mental acompanhado por vários profissionais de saúde e alguns (menos) profissionais.
Começou com uma falta de vontade pelas coisas normais, que costumavam dar prazer e sentido à vida. A seguir o que parecia ser cansaço psicológico, aliado ao enorme cansaço físico, causado em parte por desequilíbrios químicos, mas principalmente porque no plano mental algo estava errado.
Clínica geral como sempre é o primeiro a ser consultado para se tentar chegar a um diagnóstico com baixos custos, sem resultado, aconselhado a consultar psiquiatria.
Psiquiatria, começa a aventura, diagnóstico fácil de fazer após 5 minutos de conversa, ansiedade, depressão etc. Questionado acerca de terapia em psicologia foi-me dito que não se sabia de que tipo necessitava e que para isso era melhor não ir para o psicólogo. Consulta paga (nada barata) e seguimos para a farmácia comprar aquilo que em 5 minutos saiu da cartola do adivinho (psiquiatra). Medicamentos num saco (dos grandes) e toca a começar a separar as doses certas diárias, nem com cábula terapêutica a situação foi facilitada, mas se era para tomar um punhado de comprimidos quatro vezes por dia para ficar bom, porque não?
Lançado de corpo e alma naquilo que se tornou pior do que anteriormente era sentido, desrealização, apatia, sonolência, exaustão física e psicológica, pesadelos etc. Tudo devido à minha ignorância, de não saber que psicologia deve começar antes de psiquiatria, passados cerca de 6 meses e achando que algo precisava mudar troquei de (especialista), encontrei um muito acessível, simpático e conversador, reduziu a medicação para menos de metade, e ainda trocou aqueles medicamentos que aparentemente me fariam mal ao corpo. Questionado acerca de terapia, disse-me com tom engraçado que só fazia mal ao bolso, indicou-me o seu amigo com vasta experiência em neuro-ciências e afins, cardápio completo para um bom ouvinte. Nesse dia começou um pesadelo pior que o anterior, se até ali eu sentia que tinha dado um pequeno salto qualitativo, mas estagnado a partir de certa altura, naquele dia eu não sabia que ia regredir e até piorar (mais), começou a batalha química entre o novo e o antigo, o tormento da habituação, efeitos secundários de habituação e descontinuação.
Quando após alguns meses a pagar "visitas" ao consultório, para dois dedos de conversa com o "especialista" eu digo que não me sinto melhor e que precisava fazer algo para mudar. Resposta do "especialista", se não melhora vá à bruxa.
Desnecessário dizer que foi a última vez que paguei para ver aquela beldade de pessoa, que tanto me encantava com o seu jeito bem disposto de ser e estar na vida, principalmente na dos outros. Precisava de algo radical nem que para isso fosse preciso pagar mais caro uma terceira opinião, mas com provas dadas em psiquiatria.
Marcada a consulta e sabendo que o preço seria três vezes mais que as anteriores, fui sem medo, mas apreensivo, fruto de várias desilusões anteriores. Assim que entro reparei num clima relaxado e cheio de sapiência, onde comecei por me apresentar, falar um pouco do trabalho e vida familiar, até que chegamos à parte de me dizer que o que eu andava a tomar não me fazia nada, pois não tinha nada de ligação com os meus sintomas. Foi também a primeira vez que um verdadeiro especialista me questionou acerca do meu bem estar com os medicamentos, ao que respondi com sinceridade, e foi-me receitado o mesmo com que antes me sentia melhor, outro que me deixou de rastos durante quase um mês e mais um para ajudar no humor e no sono. Terapia com esta especialista tem que ser à séria, não serve apenas pagar para falar mas sim pagar para aprender técnicas e conhecimento de processos mentais, um psicoterapeuta é um professor de processos mentais e para isso precisamos aceitar e compreender essa parte do seu trabalho.
Psicóloga encontrada e logo na segunda consulta percebemos em conjunto um factor muito importante que não me deixa ficar curado, não é defeito químico, mas sim desilusão, não é falta de entendimento de processos mentais, mas sim falta de motivação para desempenhar funções profissionais num meio onde se exerce pressão social e psicológica.
Encontrado o motivo consegui também alargar horizontes, busca, pesquisa e afins. Aquilo que me fez ficar tão feliz um dia, está agora a deixar-me muito doente.
Durante este processo atribulado pude constatar que de facto, a nossa vida e a nossa mente são afectadas por factores externos, principalmente quando depositamos tanta confiança em algo ou alguém que não a merece.
Esta enorme caminhada está ainda na fase de descoberta, e acredito que será acima de tudo uma enorme alegria e felicidade quando finalmente me encontrar."

_________________
distorções cognitivas
avatar
mrbombas

Mensagens : 861
Reputação : 90
Data de inscrição : 31/07/2013
Idade : 34
Localização : Fátima

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Durante a depressão, a descoberta...

Mensagem por Raqels em Qua Dez 18 2013, 12:37

Grande caminhada..
Vou tentar procurar um psicólogo em vez de psiquiatria para não me afundar em medicação.
Força Smile

_________________
Grata pela a atenção.


Com os melhores cumprimentos


"A vida é como uma rosa. Cada pétala é uma lembrança e cada espinho uma realidade".



Raquel Santos
avatar
Raqels

Mensagens : 103
Reputação : 0
Data de inscrição : 05/11/2013
Idade : 26
Localização : Almada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Durante a depressão, a descoberta...

Mensagem por duarte28 em Qua Dez 18 2013, 12:38

Somos 2 eu bem tento mas os psiquiatras n me dao a psicologa v para o yoga e bom?

duarte28

Mensagens : 58
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Durante a depressão, a descoberta...

Mensagem por mrbombas em Qua Dez 18 2013, 12:46

aprendi que se o psicólogo fica muito calado enquanto falamos , não vai dar muito resultado...

_________________
distorções cognitivas
avatar
mrbombas

Mensagens : 861
Reputação : 90
Data de inscrição : 31/07/2013
Idade : 34
Localização : Fátima

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Durante a depressão, a descoberta...

Mensagem por Raqels em Qua Dez 18 2013, 12:48

Então o que aconselhas?

_________________
Grata pela a atenção.


Com os melhores cumprimentos


"A vida é como uma rosa. Cada pétala é uma lembrança e cada espinho uma realidade".



Raquel Santos
avatar
Raqels

Mensagens : 103
Reputação : 0
Data de inscrição : 05/11/2013
Idade : 26
Localização : Almada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Durante a depressão, a descoberta...

Mensagem por duarte28 em Qua Dez 18 2013, 13:11

Eu tou a tomar xanax a +- 2 meses quero fazer o desmame e tomar algo natural o que me sugerem? Eu nao consigo dormir e tenho alguma ansiedade e sinto me triste.

duarte28

Mensagens : 58
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Durante a depressão, a descoberta...

Mensagem por Raqels em Qua Dez 18 2013, 13:18

Quando tenho insónias.. bebo mesmo chá para dormir..
Existem pessoas que se dão bem com Valdispert mas acho isso muito fraco..
Passa numa Ervanária..

_________________
Grata pela a atenção.


Com os melhores cumprimentos


"A vida é como uma rosa. Cada pétala é uma lembrança e cada espinho uma realidade".



Raquel Santos
avatar
Raqels

Mensagens : 103
Reputação : 0
Data de inscrição : 05/11/2013
Idade : 26
Localização : Almada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Durante a depressão, a descoberta...

Mensagem por duarte28 em Qua Dez 18 2013, 13:25

Algum mais forte?

duarte28

Mensagens : 58
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Durante a depressão, a descoberta...

Mensagem por Raqels em Qua Dez 18 2013, 13:26

Mas já experimentas.te Valdispert?
Tenta esse, podes tomar até três vezes ao dia.
Podes ir a uma farmácia não pedem receita médica.
Se te deres bem otimo , é um produto natural

_________________
Grata pela a atenção.


Com os melhores cumprimentos


"A vida é como uma rosa. Cada pétala é uma lembrança e cada espinho uma realidade".



Raquel Santos
avatar
Raqels

Mensagens : 103
Reputação : 0
Data de inscrição : 05/11/2013
Idade : 26
Localização : Almada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Durante a depressão, a descoberta...

Mensagem por Kity em Qua Dez 18 2013, 15:37

Eu tomo valdispert em sos e cmg resulta (o pensamento é tudo, mete na cabeça que vais ficar melhor e vais ver que resulta!)
avatar
Kity

Mensagens : 622
Reputação : 146
Data de inscrição : 16/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Durante a depressão, a descoberta...

Mensagem por duarte28 em Qua Dez 18 2013, 19:59

Comprei livetan para hoje vms la ver

duarte28

Mensagens : 58
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Durante a depressão, a descoberta...

Mensagem por bichobrabo em Qua Dez 18 2013, 22:05

Psicóloga encontrada e logo na segunda consulta percebemos em conjunto um factor muito importante que não me deixa ficar curado, não é defeito químico, mas sim desilusão, não é falta de entendimento de processos mentais, mas sim falta de motivação para desempenhar funções profissionais num meio onde se exerce pressão social e psicológica.
Encontrado o motivo consegui também alargar horizontes, busca, pesquisa e afins. Aquilo que me fez ficar tão feliz um dia, está agora a deixar-me muito doente.
Durante este processo atribulado pude constatar que de facto, a nossa vida e a nossa mente são afectadas por factores externos, principalmente quando depositamos tanta confiança em algo ou alguém que não a merece.

Só li agora, gostei Smile
avatar
bichobrabo
Moderador
Moderador

Mensagens : 1507
Reputação : 131
Data de inscrição : 30/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Durante a depressão, a descoberta...

Mensagem por duarte28 em Qua Dez 18 2013, 22:18

Bichobrabo podes me dar uns conselhos?

duarte28

Mensagens : 58
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Durante a depressão, a descoberta...

Mensagem por mrbombas em Qua Dez 18 2013, 23:02

O meu blog tem um pouco de tudo... Mas agora estão a clarear as ideias...

_________________
distorções cognitivas
avatar
mrbombas

Mensagens : 861
Reputação : 90
Data de inscrição : 31/07/2013
Idade : 34
Localização : Fátima

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Durante a depressão, a descoberta...

Mensagem por duarte28 em Qua Dez 18 2013, 23:07

Eu tomava venlafaxitina 0,32 de manha, xanax 0,5 3xdia e tercian 20/30 gotas. A m filha nasceu eu parei e senti me pior fui a outra psiquiatra q me drogou cm venlafaxitina 0,75 2xdia, xanax 1mg 2xdia, several e mirtazapina isso ai me deixou pedrado durante 2 dias e ag qeria ficar bem para cuidar da m pequena q devo fazer?

duarte28

Mensagens : 58
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Durante a depressão, a descoberta...

Mensagem por mrbombas em Qua Dez 18 2013, 23:40

Penso que paraste na pior altura...
Devemos estar estabilizados para parar e ser pai não é uma coisa estável ao nível emocional...

Só não entendo como e que te dobra as doses depois de uma paragem súbita...

Se tiveres possibilidades consulta outro psiquiatra... Mas não te esqueças que a razão para a doença pode não ser química, como a minha psicóloga me disse, nem tudo é problemas de hardware, por vezes é software...

_________________
distorções cognitivas
avatar
mrbombas

Mensagens : 861
Reputação : 90
Data de inscrição : 31/07/2013
Idade : 34
Localização : Fátima

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Durante a depressão, a descoberta...

Mensagem por duarte28 em Qua Dez 18 2013, 23:41

E voltar a medicacao anterior n?

duarte28

Mensagens : 58
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Durante a depressão, a descoberta...

Mensagem por duarte28 em Qua Dez 18 2013, 23:43

Se voltar a medicacao q parei mas pcb q os sintomas sao normais n e o melhor?

duarte28

Mensagens : 58
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Durante a depressão, a descoberta...

Mensagem por Joanna82 em Sex Dez 20 2013, 03:42

Se tivesse que descrever a minha história descreveria sem dúvida igualzinha á da raquels, com a infelicidade de que ainda não encontrei o caminho, será que aquilo que me fez um dia feliz hoje me transtorna assim tão profundamente a pontos de não ter alegria de viver, força para fazer o dia a dia, e paciência para os pequenos prazeres da vida ( que digo de passagem já não sei o que isso é), será que mais algum dia voltarei a sonhar, a dar gargalhadas que mos saem do fundo da alma. Porquê a mim porquê?
Onde estará a nossa felicidade?
Que medicação é boa e qual não devemos tomar?
Onde está o psiquiatra com a medicação certa?

Perguntas tantas, respostas mais ainda mas todas elas contraditórias de uns profissionais para os outros!!!!!

Desculpem mas foi o desabafo de alguém que não aguenta mais.

As melhoras amigos

Joanna82

Mensagens : 12
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Durante a depressão, a descoberta...

Mensagem por Kity em Sex Dez 20 2013, 11:18

Joanna82 escreveu:Se tivesse que descrever a minha história descreveria sem dúvida igualzinha á da raquels, com a infelicidade de que ainda não encontrei o caminho, será que aquilo que me fez um dia feliz hoje me transtorna assim tão profundamente a pontos de não ter alegria de viver, força para fazer o dia a dia, e paciência para os pequenos prazeres da vida ( que digo de passagem já não sei o que isso é), será que mais algum dia voltarei a sonhar, a dar gargalhadas que mos saem do fundo da alma. Porquê a mim porquê?
Onde estará a nossa felicidade?
Que medicação é boa e qual não devemos tomar?
Onde está o psiquiatra com a medicação certa?

Perguntas tantas, respostas mais ainda mas todas elas contraditórias de uns profissionais para os outros!!!!!

Desculpem mas foi o desabafo de alguém que não aguenta mais.

As melhoras amigos



Tem calma...o tempo trás soluções...assim que vais amadurecendo as coisas tornam-se mais claras, não desanimes!
avatar
Kity

Mensagens : 622
Reputação : 146
Data de inscrição : 16/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Durante a depressão, a descoberta...

Mensagem por mrbombas em Sex Dez 20 2013, 21:50

Ora uma actualização de estado Very Happy

Fase de desmame do seroquel ...

_________________
distorções cognitivas
avatar
mrbombas

Mensagens : 861
Reputação : 90
Data de inscrição : 31/07/2013
Idade : 34
Localização : Fátima

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Durante a depressão, a descoberta...

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum