Últimos assuntos
» Comer durante a ansiedade
Ontem à(s) 23:49 por Me

» Convite Sintomas físicos e psicologicos da descontinuação ISRS
Ontem à(s) 17:13 por vifc79

» Depressão/Ansiedade/esgotamento - alternativas
Ontem à(s) 16:31 por vanessa_sofia

» Desesperada e cansada
Ontem à(s) 15:08 por vanessa_sofia

» Desmame Fluvoxamina
Ontem à(s) 11:36 por Vitor

» Ajuda com ansiedade específica
Sex Out 20 2017, 15:50 por vanessa_sofia

» Luto ou ansiedade?
Qua Out 18 2017, 18:34 por Makito

» Que medicação tomar??
Seg Out 16 2017, 22:42 por Deprimido83

» Ansiedade e ataques de pânico
Seg Out 16 2017, 19:23 por Barbara Reis

» desmame de Tercian
Seg Out 16 2017, 18:54 por joao_003

Quem está conectado
13 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 13 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 57 em Qui Maio 25 2017, 20:26

A minha História

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A minha História

Mensagem por Quintavalle em Ter Jan 07 2014, 02:48

Boa noite a todos os membros e desejo de coração votos das boas melhoras a todos!
Entrei na casa dos Quarenta anos, espero que o meu testemunho ajude a todos os que sofrem desta maldita doença.
Digo por mim não há maior dor maior decepção e humilhação quando somos envadidos por um ataque de pânico, nada é mais assustador e traumatizante quem infelizmente sofre deste doloroso tormento que se não for bem medicado perdemos o dom maior da beleza da vida.
Regressando ao ano de 1994 tinha eu 21 anos, era um jovem feliz cheio de vida que amava todos os meus amigos e a sua companhia era uma rapaz alto e magro e vivia o dia como se não houvesse fim. Sempre moderado, nunca me droguei, bebia umas boas cervejejolas e gostava de roupa bonitas, e o maço de cigarros era o meu companheiro.
Quero que saibam que ninguém tem a culpa de adoecer, infelizmente adoeci e digo pela experiência, lidar com estes sintomas que nos vão acompanhar para o resto da vida, e no entanto ganhamos experiência e aprendemos a lidar com a situação por mais dolorosa que seja e por mais em baixo que estejamos.
1• Nunca deixem de tomar a medicação, desabafem apenas para quem merece e sabe ouvir e respeitar e guardar com carinho o nosso desabafo. Pois não ha problema sem solução!
Tudo começou, com uns medos e uns nervosismo do nada me invadiu por completo, tornando a minha vida um horror o medo era o meu irmão o mau estar era a minha luta, pensava eu que com a minha força e juventude seria ultrapassado o que não foi, pouco ou nada sabia sobre a doença e 1994 a internet era ainda muito limitada pouca gente falava sobre o assunto era tabu ter um problema mental e creio que muitos que não pediam ajuda refugiavam se em sexo, promiscuidade, álcool e drogas para superar o sofrimento que infelizmente para além do problema arranjaram outros problemas com dependências de álcool e drogas, entrava se no abismo do inferno.
O medo e o excesso de nervosismo e a preocupação de terminar os estudos e entrar no mundo do trabalho ainda mais me arrasaram, cheguei a um ponto de exaustão extrema que vivi os maiores horrores! A despersonalização, até a estados psicóticos da extrema ansiedade em que vivia, cheguei a pensar que ser Homem era ser assim e viver tal situação, estava sim muito doente que lutava até mais não até que o horror da insónia apareceu e instalou se de tal maneira que cheguei a ser um morto vivo.
2• perdi amigos, quando precisei eles simplesmente desapareceram até tenho a noção que sabiam pelo que passava lembro de uma frase de um ex amigo que disse..." Ele anda perdido vocês acham que ele se aguenta?"... Mas a vergonha de saber que tinha um problema mental era um tabu era barra pesada.
Apesar de tanta DOR e LAGRIMAS nunca procurei drogas nem o álcool como solução e pensar em suicídio nunca esteve em causa.
Continuei a lutar mesmo estando um farrapo humano emagreci mais de 15 kg, lutava pela conclusão dos meus estudos e tive a sorte de me empregar e já vai fazer 20 anos de activo mas com muita dor vivida.
3• A Bíblia começou a ser a minha leitura, a minha bengala, aconselho que a leiam nas horas de maior dor e as Palavras de Cristo nos ajuda a seguir em frente.
Os meus episódios psicóticos acompanhavam me a vida na cidade era uma selva, o medo não me largava o que nós sofremos! Estava mesmo passado. Para além da desgraça apaixonei me loucamente por uma moça, e sei que era correspondido mas o tabu foi mais forte e perdia a. O trabalho era o meu escape até que cheguei a um ponto tão degradante que pedi ajuda ais meus Pais que fizeram tudo para me ajudar. Começou o rolo de médicos de família muitos exames e felizmente sou saudável fisicamente, apenas a minha cabeça era água estava desfeito, fui medicado pelo medico de família que me encharcou de medicamentos para me manter de pé, lutava pela minha profissão mas vivia no pânico e o medo.... Até que tive de pedir ajuda nova ajuda a um medico psiquiátrico que me salvou, a medicação foi Anafranil 100 mg e 60 mg de pacinone. Em 7 ou 8 anos de doença foi ele que me deu as primeiras noites de descanso e dia de esperança estava a viver.
4• A ilusão por mim criada estou curado, quero deixar a medicação já não preciso. Por favor nunca façam isso não tenham medo de a tomar mesmo que a adaptação a ela seja dolorosa o resultado foi um desastre a todo o tamanho.....
Em suma nestes anos aprendemos a viver com a doença, a aceitação e a fé em Deus ajuda muito aconselho a seguir este método porque toda a esperança de viver esta na fé. Vou servo mais breve possivel porque quase 20 anos de doença tinha muito de escrever... Tentei resumir ao máximo e deixar pontos de ajuda.
Hoje continuo medicado, não sofro de esquizofrenia nem de outra doença mais grave, mas as situações traumatizantes deixam sequelas para o resto da vida e no meu caso s minha depressão e diagnostico estado de pânicos depressivos fica para sempre.
Espero quero meu testemunho de alguma forma tenha sido útil e vocês são jovens e acreditem que no fundo a vida é uma dávida que fale apena disfrutar!
Desejo as melhoras de todos e por favor nunca percam a esperança acreditem em Deus nos vossos médicos, nunca parem a medicação pois com o tempo vão ganhar formas de luta para superar a dor e acertando a medicação conseguem fazer a vida normal.
Muito obrigado a todos.
Os meus melhores cumprimentos!



Quintavalle

Mensagens : 2
Reputação : 1
Data de inscrição : 07/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A minha História

Mensagem por Paciente em Ter Jan 07 2014, 03:46

Quintavalle,

Muito bem-vindo ao Fórum!  cheers 

Começo por te dizer que sou eu que te agradeço por todo o Testemunho aqui dado!
Foi um prazer ter lido  study  tudo até ao fim.  Wink e ainda por mais por alguém que já tem uma larga experiência de Vida, (comparando comigo).
Tiveste o cuidado de te expressares da melhor maneira, colocando pontos de ajuda e de ser o mais concreto e resumido possível!  Smile 
Espero num Futuro próximo, vir a pegar, ou de pelos menos me lembrar dos teus conselhos aqui deixados! pois tenho a certeza que me irão ser bastante utéis!




O meu Muito Obrigado!  Wink 





Cumprimentos!

_________________
Relax Take your Time
avatar
Paciente

Mensagens : 100
Reputação : 10
Data de inscrição : 18/07/2013
Idade : 29
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A minha História

Mensagem por Quintavalle em Qua Jan 08 2014, 00:04

Boa Noite

Eu é que agradeço ; ) nunca desistas amigo'

Um abraço!
Tudo de bom para ti!

Quintavalle

Mensagens : 2
Reputação : 1
Data de inscrição : 07/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A minha História

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum