Últimos assuntos
» Fobia social
Ontem à(s) 20:59 por Natan

» Zolpidem e Anafranil
Ontem à(s) 16:46 por Brick

» Palpitações constantes...
Ontem à(s) 02:03 por Me

» Despersonalizacao
Qui Nov 23 2017, 14:22 por Contablogue

» SENSAÇÃO DE DESMAIO AO FECHAR OS OLHOS PARA DORMIR...
Qui Nov 23 2017, 10:49 por Duarte

» Zumbido (?)
Qua Nov 22 2017, 12:44 por Marta

» DESMAME DE ANTIDEPRESSIVOS E ANSIOLÍTICOS
Dom Nov 19 2017, 23:05 por Brick

» Extra sistoles , palpitações
Dom Nov 19 2017, 01:52 por Me

» Valdoxan.. efeitos secundários
Sab Nov 18 2017, 16:20 por Convidado

» Como ajudar uma pessoa com ansiedade?
Sab Nov 18 2017, 09:48 por ester

Quem está conectado
9 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 9 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 57 em Qui Maio 25 2017, 20:26

Depressão à beira do extremo...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Depressão à beira do extremo...

Mensagem por santossandra em Qui Fev 06 2014, 23:35

Apaquem este tópico sff...


Última edição por santossandra em Ter Mar 11 2014, 03:17, editado 1 vez(es)
avatar
santossandra

Mensagens : 103
Reputação : 9
Data de inscrição : 06/02/2014
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Depressão à beira do extremo...

Mensagem por Brick em Sex Fev 07 2014, 12:48

Esquece os namorados e o apoio que poderá ou não vir deles, enquanto tu própria não te ajudares a ti mesma, não vais sair disso, pois a depressão é um vicio, queres cada vez mais atenção, queres cada vez mais que te apoiem e estejam ao teu lado, enquanto continuares a pensar assim, será dificil.
Aos poucos terás de arregaçar as mangas, criar rotinas, deitar cedo e cedo erguer, estipular objectivos, etc... Só assim poderás iniciar o processo de recuperação, até lá estás-te a afundar à espera de uma bóia que nunca chega.

_________________
Não sou médico! Todas as informações prestadas sobre desmames têm como base uma experiência pessoal com antidepressivos e ansiolíticos e não substituem as recomendações dadas por pessoal qualificado!(Psiquiatra ou Médico de Família)
avatar
Brick
Admin
Admin

Mensagens : 5417
Reputação : 549
Data de inscrição : 29/10/2010
Localização : Viseu

Ver perfil do usuário http://www.ansiosos.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Depressão à beira do extremo...

Mensagem por mma em Sex Fev 07 2014, 20:37

Acho que o Brick tem razão, tens que começar a tratar de ti própria. Claro que o apoio da familia e dos amigos (só os verdadeiros) são importantes, muito importantes mesmo mas tens que ser tu a buscar uma solução. Que tal começares pelo teu médico de familia que te pode encaminhar para um psicólogo?

mma

Mensagens : 61
Reputação : 1
Data de inscrição : 14/01/2014
Localização : lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Depressão à beira do extremo...

Mensagem por SORCIERE em Sex Fev 07 2014, 23:05

aparece no chat querida!

SORCIERE

Mensagens : 95
Reputação : 2
Data de inscrição : 12/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Depressão à beira do extremo...

Mensagem por sadakiyo em Sex Fev 07 2014, 23:07

Não acho que os psicólogos actualmente valham de grande ajuda,podem saber a teoria toda,mas não têm experiência e tornam-se mais rápido parte do problema do que da solução. No fundo,são desconhecidos sem qualquer lidação com os pacientes que querem,à força toda,consertar uma pessoa,como se de uma máquina avariada se tratasse. É muito difícil fazê-lo com os métodos actuais,retrocedeu-se em muita coisa no campo da psicologia aplicada,coisas que eram menos evasivas e que tinham uma percentagem de resultados positivos muito mais elevada,como é o caso da psicanálise.

Não acho nada estranho que te agarres às pessoas que tens por perto,porque essas devem ser as primeiras a apoiar-te e não as primeiras a depositar-te num sítio qualquer e esperar que os médicos resolvam. E,pelo que disseste,o conservadorismo/autoridade dos teus pais pesa muito agora,é como um muro que não conseguiste partir na adolescência (ou talvez tenhas conseguido através do tal ex-namorado) e as marcas são evidentes,construíram-te um muro demasiado alto e agora tens dificuldades em trepá-lo. O teu ex-namorado provavelmente seria a tua escada para a liberdade,mas o actual,como se está aparentemente a marimbar,não passa de mais um tijolo na parede.

Acho que o suicídio não é a solução neste caso,e espero que em nenhum,acho que te falta qualquer coisa que te dê alento além da estrutura familiar,sei lá,um projecto qualquer em que conheças pessoas novas que te ajudem a construir uma nova base,para que possas deitar a baixo a velha,de uma vez por todas. Não podes ficar presa ao passado e simplesmente andar à deriva,esperando que alguém oiça os teus pedidos de ajuda,tens de assumir o controlo sobre a tua vida.
avatar
sadakiyo

Mensagens : 32
Reputação : 4
Data de inscrição : 07/02/2014
Idade : 21
Localização : Sines

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Depressão à beira do extremo...

Mensagem por FSL em Sab Fev 08 2014, 00:43

santossandra escreveu:Boas pessoal. Sou nova por aqui...

Tenho 23 anos e estou à beira do colapso total...

Após isto só me deu vontade de dar uma p*ta no focinho de cada um deles, e nunca mais ver qualquer psicólogo....

Em relação à depressão propriamente dita: Tenho ataques de pânico, por exemplo ao descer uns degraus tenho que parar porque julgo que vou a cair. Tenho escaladas abruptas de mau humor, o que assusta qualquer um... Quando me enervo a sério, não me consigo controlar, quero partir tudo e bater em quem está a meu lado.
Durmo muito mal, pesadelos e insónias. Choro muitas vezes, sinto-me sozinha apesar de ter gente a meu lado...

Sinto que ninguém me escuta, que ninguém me valoriza.

Tenho então pensado no suicídio muitas vezes. Só quero alguém que me dê atenção, amor e acima de tudo me ajude a ultrapassar os meus medos e desgostos.


Olá ! Depois de ler o teu depoimento acho que enquadras num tipo de doença chamada Transtorno de Personalidade Borderline.

"O Transtorno de Personalidade Borderline (TPB), também conhecido como Transtorno de Personalidade Emocionalmente Instável, é um distúrbio mental com um padrão característico de instabilidade na regulação do afeto, no controle de impulsos, nos relacionamentos interpessoais e na imagem de si mesmo."

" Em relação ao distúrbio afetivo, os pacientes apresentam diversas sensações, por vezes conflitantes, muitas vezes manifestando tensão aversiva, incluindo raiva, tristeza, vergonha, pânico, terror e sentimentos crônicos de vazio e solidão. Outro aspecto é a exagerada reatividade no humor: Os pacientes com freqüência mudam com grande rapidez de um estado a outro, passando por períodos disfóricos (irritados) e eutímicos ("normais", tranquilos) ao longo de um dia."

Podes ler o resto aqui: http://drasimone.no.comunidades.net/index.php?pagina=1360156096

Precisas de ajuda e muita. És nova, tens uma vida pela frente e espero sinceramente que encontres maneira de pelo menos arranjar ajuda profissional competente que ajude no teu caso.

Tens vários casos aqui no fórum de pessoas que passaram pela pior da amarguras, pelo poços mais fundos (eu sou um deles) e que hoje levam uma vida perfeitamente normal.

Oxalá consigas !

As melhoras Smile 
avatar
FSL

Mensagens : 518
Reputação : 73
Data de inscrição : 05/07/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Depressão à beira do extremo...

Mensagem por sadakiyo em Sab Fev 08 2014, 00:53

Acho que ela se enquadra mais no transtorno bipolar do que no borderline,simplesmente porque o borderline incluí sadismo,há um gosto em sofrer,que depois é materializado como é o caso de quem se corta (automutilação). Não me parece que esse seja o caso,nem sei se a bipolaridade é a designação mais concreta do transtorno por que ela está a passar. Ou então isto:  http://pt.wikipedia.org/wiki/Transtorno_de_personalidade_dependente
avatar
sadakiyo

Mensagens : 32
Reputação : 4
Data de inscrição : 07/02/2014
Idade : 21
Localização : Sines

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Depressão à beira do extremo...

Mensagem por santossandra em Sab Fev 08 2014, 16:31

Não entendo, porque é que as pessoas não podem agir sempre normais.

Eu por vezes sou muito confiante, meto-me com qualquer um e sou a mais divertida do grupo. Outras já tenho medo de falar para todos, não sei o que dizer... Etc.

Da mesma maneira que estou alegre e calma, acontece seja o que for (um pensamento, uma discussão), já fico com os piores dos negativismos.

avatar
santossandra

Mensagens : 103
Reputação : 9
Data de inscrição : 06/02/2014
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Depressão à beira do extremo...

Mensagem por fabi em Dom Fev 09 2014, 22:44

bem... antes de mais aconselho-te que vás ao teu centro de saude, quer tenhas médico de familia ou não, e eles irão encaminhar-te para um especialista. Acredita que eles vão saber ajudar-te, podes precisar de medicação ou não...

O normal seria quem está perto de nós nos dar mimos e atençao...mas nem sempre acontece Sad tenho uma mãe que nunca me deu um abraço que nunca foi comigo ao médico nem ver-me ao hospital...tive um namorado que tb dizia "tas mal põe-te bem, não sejas dramatica"... por isso entendo-te... Sei que dá vondate de desaparecer, as pessoas não entendem! Mas tb te posso dizer que já estive mto mal e agora estou bem, ou seja existe solução Smile

Força e beijinhos

_________________
Nós só encontramos o que queremos quando deixamos de procurar
avatar
fabi

Mensagens : 92
Reputação : 2
Data de inscrição : 30/03/2013
Idade : 34
Localização : Porto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Depressão à beira do extremo...

Mensagem por santossandra em Ter Fev 11 2014, 00:24

Não é uma questão de ser-se dramática, ser-se picuinhas ou mesmo de querer chamar atenção à força!

Ainda bem que há gente aqui que me compreende. Por vezes precisamos de apoio, e esse apoio é essencial vir de quem amamos... E Este apoio não deve ser algo pedinchado de joelhos, mas sim oferecido de iniciativa própria e livre vontade.

Custa muito quando temos quem amar, quem nos aconchegar à noite mas no fundo continuar sozinhos.

É mesmo uma luta enorme... Dá vontade de acabar as relações que temos e fugir. Mas e depois? Ficamos na m3rda porque nos fazem falta, fazem falta com o pouco apoio que dão!

avatar
santossandra

Mensagens : 103
Reputação : 9
Data de inscrição : 06/02/2014
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Depressão à beira do extremo...

Mensagem por Kity em Ter Fev 11 2014, 12:51

Tens que te ajudar a ti própria minha querida, és muito nova! e vais ver que tens a força toda dentro de ti! Somos mais fortes do que imaginamos...tenta te acalmar e falar ctg própria, vai ao centro de saúde, á tua médica de familia e fala com ela...só podes contar ctg mesma, acredita! Vai, luta pelo teu bem-estar....porque qd tiveres bem o mundo á tua volta tb vai estar! Força, luta todos os dias. Cá estaremos para te acompanhar!
avatar
Kity

Mensagens : 622
Reputação : 147
Data de inscrição : 16/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Depressão à beira do extremo...

Mensagem por andcor em Seg Fev 17 2014, 23:32

As relações são sempre ralações, se é que me faço entender. Eu não sou ninguém para dizer se dever ou não terminar a relação porque o principio do forum não é esse também.

Uma coisa é certa, tens de resolver os problemas contigo mesma e com os outros, principalmente os que desencadearam o teu mal estar psicológico.
avatar
andcor

Mensagens : 176
Reputação : 2
Data de inscrição : 31/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Depressão à beira do extremo...

Mensagem por vivalavida em Ter Fev 18 2014, 18:24

olá .
bom ,tens que ir por partes.

primeiro que tudo está o teu BEM ESTAR ! se os outros não te tentam ajudar,paciência... mas tu és a única que não podes mesmo desisitir de ti própria.

nota -se que te sentes extremamente carente... mas primeiro põe-te bem contigo mesma e só depois conseguirás resolver os outros problemas à tua volta.

Quanto à procura de tratamento, se ninguém te ajuda , tens de te ajudar a ti mesma. começa com uma ida ao médico de família. não tens nenhuma amiga que possa ir contigo a uma consulta na cidade? não podes experimentar ir à cidade de transportes um dia mesmo que não seja para ir ao médico, mas sim para te habituares a fazer o caminho?
Nunca esperes que os outros façam o caminho por ti. ou que caminhem a teu lado. se não te acompanham traça o teu percurso pois lá mais adiante podem aparecer companhias .
um hobby também iria ajudar-te a concentrares as tuas energias em outras coisas que não a doença ou o desamor..
melhores... As melhoras...

vivalavida

Mensagens : 15
Reputação : 1
Data de inscrição : 23/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Depressão à beira do extremo...

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum