Últimos assuntos
» Quero ajudar ela!!!
Ontem à(s) 18:03 por valdeirft

» Ansiedade? Paranoia? Fobias? Não sei.
Ontem à(s) 18:01 por lotus-flower

» A melhor maneira de fazer o desmame para tudo!
Ontem à(s) 11:41 por Pedro_S

» Sudorese excessiva
Ontem à(s) 11:35 por Pedro_S

» Manejo de medicamentos para o toc
Sex Maio 26 2017, 23:16 por Eduardo

» Manejo de medicamentos para o toc
Sex Maio 26 2017, 23:16 por Eduardo

» Tem algum fóbico social aí que já conseguiu terminar a faculdade ou que conseguiu um emprego?
Sex Maio 26 2017, 17:15 por zeta

» Thánatos Minha, leva-me de uma vez
Sex Maio 26 2017, 17:11 por zeta

» Medo, ansiedade, pânico
Sex Maio 26 2017, 16:52 por zeta

» Sudorese excessiva
Sex Maio 26 2017, 16:49 por zeta

Quem está conectado
13 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 13 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 57 em Qui Maio 25 2017, 20:26

ansiedade e agorafobia: acupunctura, diazepam, suplementos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

ansiedade e agorafobia: acupunctura, diazepam, suplementos

Mensagem por b+ em Seg Fev 10 2014, 02:29

Ola pessoal. Sou nova aqui e espero que me possam ajudar.

O ano passado entrei para a faculdade e na segunda semana de aulas, sem qualquer razao, comecei a ter enjoos horríveis que nao me permitiam sequer entrar nas aulas. Como acabaram por passar nao cheguei a consultar ninguem, mas este ano repetiu-se, desta vez no metro. A minha viagem para a faculdade é quase de uma hora e torna-se humanamente impossivel e mentalmente exaustivo aguentar viagens de metro com enjoos e vontade de vomitar, sendo que comecei a evitar as mesmas e a faltar as aulas. Apos consultar um medico ele receitou-me diazepam como SOS em situacao de panico e aconselhou-me a ida ao psicologo, ao qual fui sem notar resultados a longo prazo.

Estava a ter crises de agorafobia que me deixavam com um medo enorme de fazer fosse o que fosse.  Nota: a presença de pessoas mesmo familiares ou o meu proprio namorado piora qualquer ataque que tenha, apesar de sozinha nao conseguir lidar com os mesmos.

Agora estou completamente assustada, nao sei que fazer. Tomo valdispert 450mg antes de dormir ou passo a noite em branco, mais valdispert quando acordo e o diazepam 30min antes de ir para algum sitio onde eu saiba que vou ter uma crise ou limito-me a chorar e a recusar-me a ir pnde quer que seja. Vou comecar a tomar suplementos como magnésio, uma vez que descobri que o hipericao corta o efeito da pilula. Os ataques de panico antes so no metro dao-se agora nas aulas, no shopping, na casa de banho, quando vou sair com amigos, etc. Os comprimidos deixam-me exausta, caio a dormir em qualquer lado e ja pensei congelar a matricula na fac para ter tempo de fazer alguma coisa!

Levei o panico ao extremo: como li que muito cafe agravava as coisas, larguei o habito de tomar um cafe de manha. Se por acaso bebo cafe por alguma razao tenho automaticamente uma crise. Isto aplicado a tudo. Ja nao vou a jantares nem consigo beber uma gota de álcool. Sinto que me tornei um fardo e ja desisti de falar disto com a familia ou amigos pois nao entendem.

Alguem ja experimentou acupunctura? Neste momento é a unica hipotese que me resta para alem do banho de medicacao todos os dias... No 

Muito obrigada!
B+

b+

Mensagens : 2
Reputação : 0
Data de inscrição : 10/02/2014
Idade : 23

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ansiedade e agorafobia: acupunctura, diazepam, suplementos

Mensagem por Vitor em Seg Fev 10 2014, 08:35

Olá b+
Bem vinda ao fórum.
Pela tua descrição, parece que isso começou mais ou menos em Setembro/Outubro de 2013. As manifestações físicas começaram nesta altura. Tenta fazer uma retrospectiva ao teu passado para ver se encontras algo na tua vida que pudesse agora manifestar-se dessa forma: ansiedade e ataques de pânico, escreve o mais pormenorizado possível aquilo que fores encontrando. Mesmo que não encontres nada que julgues ter desencadeado isso, vira-te então para o momento presente. E é neste momento que tens que resolver o teu problema. Como já deves saber a medicação não vai curar-te. O que ela faz é estabilizar-te de modo que possas dar o salto e saíres do buraco. Para isso deverás procurar ferramentas que mexam na tua mente: yoga, meditação, bons hábitos de vida, boa alimentação, exercício físico, bons livros. A tua vida em termos mentais tem que dar uma volta. A acupunctura pode ajudar mas como disse o salto tens tu que dar: trabalhar a tua mente. A meditação tens grandes resultados. Se és de Lisboa, Porto ou Coimbra podes procurar a União Budista e aí eles têm cursos de meditação. Podes ler aqui no fórum os relatos do FSL:
http://www.ansiosos.org/t1628-o-meu-percurso-pela-depressao-e-ansiedade-grave#19351
e outros, o que eles fizeram e continuam a fazer para resolver o problema.

O problema está na nossa mente, quer tenhamos consciência ou não.

A vontade de querer mudar é fundamental!

_________________
As minhas intervenções neste forum não visam de modo algum substituir o acto médico. Baseiam-se na minha experiência pessoal, de participantes deste forum e de outros. Cabe a cada participante do forum procurar aconselhamento médico, psicólogo ou outro pessoal qualificado.
avatar
Vitor
Moderador
Moderador

Mensagens : 876
Reputação : 82
Data de inscrição : 18/01/2012
Localização : Algarve

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ansiedade e agorafobia: acupunctura, diazepam, suplementos

Mensagem por FSL em Seg Fev 10 2014, 15:39

O ano passado entrei para a faculdade e na segunda semana de aulas, sem qualquer razao, comecei a ter enjoos horríveis que nao me permitiam sequer entrar nas aulas.

Mas já sentias ansiedade nesta altura? É que enjoos podem ser provocados até por obstipação crónica por exemplo. Enjoos por serem acompanhados por sensações do género "vou desmaiar" podem ser um despertar para síndromes de pânico.

Como acabaram por passar nao cheguei a consultar ninguem, mas este ano repetiu-se, desta vez no metro. A minha viagem para a faculdade é quase de uma hora e torna-se humanamente impossivel e mentalmente exaustivo aguentar viagens de metro com enjoos e vontade de vomitar, sendo que comecei a evitar as mesmas e a faltar as aulas.

Sim agora parece-me já um caso de agorafobia despoletada pelos sintomas de enjoo e vómitos. A pessoa simplesmente começa a "panicar" por associar os enjoos às situações de exposição em frente a multidões.

Apos consultar um medico ele receitou-me diazepam como SOS em situacao de panico e aconselhou-me a ida ao psicologo, ao qual fui sem notar resultados a longo prazo.

Diazepam em SOS... Rolling Eyes Lá estamos no paradigma do: "Panicaste? cérebro toma lá disto, agora aguenta-te. Amanhã lida com isso sozinho"

O Psicólogo não te deu dicas de como lidar com o pânico ?

Agora estou completamente assustada, nao sei que fazer. Tomo valdispert 450mg antes de dormir ou passo a noite em branco, mais valdispert quando acordo e o diazepam 30min antes de ir para algum sitio onde eu saiba que vou ter uma crise ou limito-me a chorar e a recusar-me a ir pnde quer que seja.


Sim é extremamente limitativo. Houve períodos em que para mim entrar num simples supermercado era um martírio, chegava lá a nem sequer conseguia sair do estacionamento.

Os ataques de panico antes so no metro dao-se agora nas aulas, no shopping, na casa de banho, quando vou sair com amigos, etc. Os comprimidos deixam-me exausta, caio a dormir em qualquer lado e ja pensei congelar a matricula na fac para ter tempo de fazer alguma coisa!

É sempre assim: Começa com um situação em específico e depois generaliza por várias situações do dia-a-dia. Cada vez consegues fazer menos...

Ja nao vou a jantares nem consigo beber uma gota de álcool. Sinto que me tornei um fardo e ja desisti de falar disto com a familia ou amigos pois nao entendem.

Nem bebas alcool enquanto andares assim, conselho de amigo. Não és fardo nenhum, estás com um distúrbio comportamental que muita pouca gente entende !

Os amigos se te virem com uma perna engessada já te desculpam de não poderes sair, como estás com síndrome de pânico que é um coisa interna que ninguém vê, pronto és maluca ! Não te deixes cair nesse errado pressuposto !

Alguem ja experimentou acupunctura? Neste momento é a unica hipotese que me resta para alem do banho de medicacao todos os dias... No 

Nunca experimentei mas duvido que te livre da agorafobia.
Eu recuperei da agorafobia e pânico social muito lentamente (esquece que não há técnicas milagreiras e cenas que te livrem disso do dia para a noite). Envolve um processo de clarividência de que nada de mal te vai acontecer, que o pânico é apenas o teu cérebro a reagir de forma inadequada a uma situação que não te coloca a vida em perigo.

És muito novinha com uma vida inteira pela frente. Sei que na tua idade as coisas são muito diferentes do que na minha. O Vitor já te deixou boas dicas, tb podes espreitar o meu testemunho no link que ele deixou.

As melhoras e força ! Qq coisa estamos aqui para te ajudar , nem que seja com uma palavra de carinho  Smile
avatar
FSL

Mensagens : 518
Reputação : 73
Data de inscrição : 05/07/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ansiedade e agorafobia: acupunctura, diazepam, suplementos

Mensagem por b+ em Seg Fev 10 2014, 22:56

O Psicólogo não te deu dicas de como lidar com o pânico ?
...

Sim. Fui lá 3x e no fim considerei-me "curada" e tudo. Até me senti "estúpida" por ter sentido um medo tão irracional! Mas acho que festejei cedo demais, pq as crises lá voltaram e bastante piores. Comecei a respeitar o meu problema, mas acho que isso só levou a que piorasse consideravelmente, porque o pus à frente de tudo e não dei tempo nenhum para a cabeça respirar...

Conclusão, deixei que tomasse conta de mim e das minhas decisões  pale 

Vou seguir os conselhos e começar a trabalhar mais com o pensamento e a mente, se bem que é difícil porque nunca consigo limpar a cabeça ou os maus pensamentos!

Mas lá chegarei. Encontrar um forum onde centenas de pessoas partilham do nosso problema ou parecido já é, sem sombra de duvida, uma grande ajuda!  Very Happy

b+

Mensagens : 2
Reputação : 0
Data de inscrição : 10/02/2014
Idade : 23

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ansiedade e agorafobia: acupunctura, diazepam, suplementos

Mensagem por sadakiyo em Seg Fev 10 2014, 23:05

Não sei se ajuda,mas além dos chás do costume,sumo de polpa de maracujá tem um efeito anti-ansiedade e pode servir como calmante sos,pelo menos no meu caso tem resultado.
avatar
sadakiyo

Mensagens : 32
Reputação : 4
Data de inscrição : 07/02/2014
Idade : 21
Localização : Sines

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ansiedade e agorafobia: acupunctura, diazepam, suplementos

Mensagem por Kity em Ter Fev 11 2014, 12:52

A lavanda também é muito poderosa nesse aspeto, existem almofadas terapêuticas e óleos para esse mesmo efeito. Eu tenho e acalma muito.
avatar
Kity

Mensagens : 622
Reputação : 147
Data de inscrição : 16/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ansiedade e agorafobia: acupunctura, diazepam, suplementos

Mensagem por Pedro_S em Qua Fev 12 2014, 13:25

Olá b+, antes de mais bem vinda,

Quanto ao que relatas, eu revejo-me em grande parte do que passas. O pico dos meus problemas começaram exactamente com a entrada para a faculdade. Vejo isso como tendo já o problema "latente" em mim, à espera da oportunidade de surgir de forma aguda e infelizmente, tender a tornar-se crónico e cabe a nós impedir isso. O problema surge quando algo de traumático, ou uma simples mudança na rotina da vida diária acontece. No meu caso, e talvez no teu, a simples ida para a faculdade pode ter sido o despoletar. Eu vinha de uma escola secundária perto de casa, toda a vida fui a pé e voltava para casa a pé da escola, almoçava em casa, etc. E principalmente os amigos, eramos todos pessoas simples e humildes. Ao entrar no 1º ano da faculdade, nenhum dos meus antigos amigos foi junto, fui para um mundo totalmente novo. A juntar a isto, fui para uma Fac privada, que de forma resumida, só tinha "meninos/as do papá", betinhos, snobs, e pessoas pouco dadas a quem é simples e modesto como eu. Sou pessoa que me considero simpática, e todos os meus colegas, os que conviviam comigo, davam se bem comigo, acho que viam que eu até era um tipo porreiro. O resto de todo o pessoal da Fac olhava para mim como um desajeitado que foi para ali de pára quedas, e vinha de transportes, enquanto eles levavam os carrinhos oferecidos pelo papá. Isto parece um discurso bastante discriminatório, mas a verdade é que foi o resto da população escolar de lá, que me descriminou primeiro. Em resumo, a adaptação foi tudo menos boa, e comecei a ter os mesmos sintomos que tu e outros. Eu além de vómitos, tinha diarreia, várias vezes até finalmente já não ter nada no intestino. O pesadelo era antes de ir para as aulas, durante o percurso de transportes até lá. 1º dormia mal, 2º acordava ficava sem apetite e nauseado para comer, 3º antes de sair de casa dáva me fortes dores de barriga, 4º no caminho ia N vezes ao WC, 5º finalmente nas aulas, era um pânico imenso a pensar que a qualquer momento me ia dar uma grande dor de barriga e tinha de me levantar e sair porta fora. Claro que também comecei a faltar.

Medicação - Valdispert a mim simplesmente não fazia nada, tomar isso ou beber um chá de tília era igual.

Fui medicado fortemente e só me fui meter num caminho tortuoso de antidepressivos e ansiolíticos, em que cada vez mais a dose de ansiolitico era insuficiente.

Para o pânico os medicamentos antidepressivos eleitos eram o Cipralex (Escitalopram), ou em alternativa Paroxetina. Ansiolíticos o preferidos dos médicos para o pânico é o Xanax (Alprazolam). Tudo bombas devastadoras a curto e longo prazo que só me deixaram foi pior.

Depois da tempestade vem a acalmia, mas é cada um de nós que a tem de procurar, e infelizmente por vezes é dispendioso financeiramente: farto de médicos procurei acupunctura, na altura pensava eu que era só meter agulhas. Afinal descobri que as agulhas é só uma pequena parte de um dos tratamentos utilizados pela "Medicina Tradicional Chinesa". E tive muita sorte, pois fui ter com uma terapeuta da genuína MTC e não só alguem que mete agulhas mediante as queixas dos pacientes.

Essa pessoa dedicou-se a mim de corpo e alma. A MTC consiste em acupunctura (agulhas), fitoterapia (chás e fórmulas chinesas com quase 2000 anos), massagem chinesa, psicoterapia, e Qi Gong (Chi Kung). A psicoterapia é muitas vezes ignorada, mas comigo ela fez TUDO. Foi uma psicoterapeuta, muito melhor que muitos supostos psicólogos, fez me as agulhas, a massagem, receitou me fórmulas chinesas indicadas para mim, e ensinou me movimentos de Qi Gong simples e eficazes para os meus sintomas. Em poucos meses voltei ao médico e o próprio disse "estou perante um novo Pedro", e estava, mas não graças a ele, e sim a essa pessoa.

Portanto respondo a ti, a acupuncutura por si só não é o ideal, mas um BOM Terapeuta de MTC. E existem muitos, e como infelizmente essa Sra. emigrou, eu tive de passar a ser tratado por outras pessoas e até hoje ainda nenhuma lhe chegou as calcanhares, mas não desisto de experimentar novos terapeutas, e espera resultados iguais.

Isto não invalida que nesta fase inicial a medicação não te ajude e não vás precisar dela. Eu continuo com medicação, mas meti um travão ao descontrole em que estava.

O meu conselho pessoal para ti (não muito diferente dos anteriores):

Praticar exercício físico
Praticar algo que te relaxe (Yoga, Qi Gong, Tai Chi, meditação)
Procurar um BOM médico especialista (são todos uma porcaria salvo raras excepções)
Fazer Reiki com um bom terapeuta (para quem acredita) comigo foi uma agradável surpresa.
Fazer MTC com um bom terapeuta

Muita força e as melhoras

_________________
"Dura lex, sed lex"
avatar
Pedro_S

Mensagens : 393
Reputação : 36
Data de inscrição : 09/02/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ansiedade e agorafobia: acupunctura, diazepam, suplementos

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum