Últimos assuntos
» Quetiapina e desmame da clomipramina
Hoje à(s) 04:04 por drink1984

» 6 meses sem mirtazapina
Hoje à(s) 02:04 por SandraBanha

» Trabalho voluntario
Hoje à(s) 00:53 por Julianoferreira

» Literatura
Ontem à(s) 20:55 por ester

» O meu relato.
Ontem à(s) 16:43 por 1006

» Clínica da Mente - Alerta com base na minha (má) experiência
Qua Fev 22 2017, 20:54 por viper

» Victan - desmame-
Ter Fev 21 2017, 23:13 por viper

» Hipnose Condicionativa
Ter Fev 21 2017, 11:57 por caferreira

» Preciso da vossa opinião
Seg Fev 20 2017, 21:10 por twiggysp

» LINKS, INFORMAÇÕES ÚTEIS E NOVIDADES
Sab Fev 18 2017, 21:20 por 1006

Quem está conectado
15 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 15 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 52 em Sab Fev 01 2014, 18:10

A Epopeia dos espaços fechados - Ninguém entende os ansiosos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A Epopeia dos espaços fechados - Ninguém entende os ansiosos

Mensagem por FSL em Seg Mar 24 2014, 17:37

Diz uma psicóloga Norte-Americana, Kelly McGonigal, no seu Livro "Maximum WillPower" qualquer coisa como isto:

"O seu cérebro aprende, com treino e disciplina, qualquer coisa que você lhe queira ensinar. Faça exercícios de matemática todos os dias e ele ficará melhor em matemática, tente decorar listas de palavras e ele melhorará a memória, ensine-o uma língua estrangeira e veja  como ele aprende a interpretar as palavras novas, ensine-o a acalmar-se e veja como ele se acalma, ensine-o a ficar ansioso por tudo e por nada e... ups ! Torne-se num ansioso crónico. O seu cérebro além de aprender facilmente a ficar ansioso, ele vicia-se na ansiedade num instantinho !".

Penso que neste parágrafo existe um monte de verdades.

Eu durante anos da minha vida ensinei o meu cérebro a ser ansioso, nervoso e impulsivo. E ele aprendeu bem.

Vou deixar aqui um episódio típico do meu dia-a-dia, quando eu tinha ansiedade grave e como o meu cérebro pensava:


" Ok já consegui me desmarcar da ida ao cinema hoje à noite. Ufa, o pânico que consegui evitar, isto ia correr mesmo mal, ficar fechado tanto tempo na sala de cinema. Nem pensar !!!"

Passado umas horas tinha de levar a minha mãe ao supermercado. Hahaha outra epopeia !

"E se eu desmaiar? E se eu ficar tonto? E se o meu coração disparar? Mais vale ficar no carro, no parque de estacionamento, pois lá estou em segurança"

Chegado ao supermercado pergunta-me a minha mãe se eu vou ou fico no carro. Eu respondo cheio de coragem que vou.

Asneira ! Mal entro no supermercado parece que a multidão me engole, o espaço fechado me suga toda a energia. Tento me orientar mas é difícil. A fila do pão nunca mais acaba. Olho as pessoas ao longe e tudo me parece confuso, desfocado. Parece que vou desmaiar. Peço à senhora do pão que me coloque 6 pães no saco. A cara dela parece-me uma mancha, vejo tudo à roda.

Cansado desisto... Entrego o saco de pão à minha mãe e volto para o carro.

Uma vez no carro, em segurança já me sinto outro... abro a janela e o ar fresco entra... Que aliviooooooooooooo....

O que mudou ? Porque agora me sinto bem e antes me sentia mal ? Sou o mesmo FSL de há 5 minutos atrás... O mesmo corpo, a mesma alma...

Sinto um fracasso. Ninguém me entende... ninguém vê o meu sofrimento pois não é uma perna engessada que toda as pessoas podem ver.

Serei maluco ? Será da medicação ? Mas a medicação é supostamente para ajudar não é?
Já procurei todas as ajudas, já li todos os artigos e já pesquisei tudo. Isto nunca vai melhorar  Sad 
Então porque não consigo fazer coisas tão simples como esta. Toda a minha vida consegui. Sad 

A minha mãe chega ao carro e vamos para casa. Pode ser que amanhã seja melhor... Sad 

-----------------------------------------------------------------------------------

Passados mais de ano e meio o mesmo FSL está aqui. Vai ao supermercado, vai ao cinema ver filmes, está em sítios fechados a trabalhar cheio de pessoas à volta dele, às vezes 12h seguidas.

O que mudou ? O que fiz para que isto mudasse ?

A resposta está justamente no parágrafo da Kelly McGonigal  Smile  I love you

FSL

Mensagens : 518
Reputação : 73
Data de inscrição : 05/07/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Epopeia dos espaços fechados - Ninguém entende os ansiosos

Mensagem por niks em Seg Mar 24 2014, 17:46

Nice!! eu por exemplo neste momento tou sempre a pensar o que sera isto o que sera isto pk esta moleza e mal estar vem sem motivo aparente, tu ai sabias o pk de te ires sentir mal eu não percebo o pk de vir esta moleza, mal estar, mau humor etc etc...

E quando comecei com os meus primeiros ataques de panico a mesma coisa!!! Nunca na vida tinha tido algo parecido sequer e numa noite no cinema ataque de panico e a minha vida nunca mais foi a mm! Wink

niks

Mensagens : 919
Reputação : 17
Data de inscrição : 20/09/2011
Idade : 31

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Epopeia dos espaços fechados - Ninguém entende os ansiosos

Mensagem por Vitor em Seg Mar 24 2014, 18:31

FSL escreveu:Diz uma psicóloga Norte-Americana, Kelly McGonigal, no seu Livro "Maximum WillPower" qualquer coisa como isto:

"O seu cérebro aprende, com treino e disciplina, qualquer coisa que você lhe queira ensinar. Faça exercícios de matemática todos os dias e ele ficará melhor em matemática, tente decorar listas de palavras e ele melhorará a memória, ensine-o uma língua estrangeira e veja  como ele aprende a interpretar as palavras novas, ensine-o a acalmar-se e veja como ele se acalma, ensine-o a ficar ansioso por tudo e por nada e... ups ! Torne-se num ansioso crónico. O seu cérebro além de aprender facilmente a ficar ansioso, ele vicia-se na ansiedade num instantinho !".

Penso que neste parágrafo existe um monte de verdades.

Eu durante anos da minha vida ensinei o meu cérebro a ser ansioso, nervoso e impulsivo. E ele aprendeu bem.

Vou deixar aqui um episódio típico do meu dia-a-dia, quando eu tinha ansiedade grave e como o meu cérebro pensava:


" Ok já consegui me desmarcar da ida ao cinema hoje à noite. Ufa, o pânico que consegui evitar, isto ia correr mesmo mal, ficar fechado tanto tempo na sala de cinema. Nem pensar !!!"

Passado umas horas tinha de levar a minha mãe ao supermercado. Hahaha outra epopeia !

"E se eu desmaiar? E se eu ficar tonto? E se o meu coração disparar? Mais vale ficar no carro, no parque de estacionamento, pois lá estou em segurança"

Chegado ao supermercado pergunta-me a minha mãe se eu vou ou fico no carro. Eu respondo cheio de coragem que vou.

Asneira ! Mal entro no supermercado parece que a multidão me engole, o espaço fechado me suga toda a energia. Tento me orientar mas é difícil. A fila do pão nunca mais acaba. Olho as pessoas ao longe e tudo me parece confuso, desfocado. Parece que vou desmaiar. Peço à senhora do pão que me coloque 6 pães no saco. A cara dela parece-me uma mancha, vejo tudo à roda.

Cansado desisto... Entrego o saco de pão à minha mãe e volto para o carro.

Uma vez no carro, em segurança já me sinto outro... abro a janela e o ar fresco entra... Que aliviooooooooooooo....

O que mudou ? Porque agora me sinto bem e antes me sentia mal ? Sou o mesmo FSL de há 5 minutos atrás... O mesmo corpo, a mesma alma...

Sinto um fracasso. Ninguém me entende... ninguém vê o meu sofrimento pois não é uma perna engessada que toda as pessoas podem ver.

Serei maluco ? Será da medicação ? Mas a medicação é supostamente para ajudar não é?
Já procurei todas as ajudas, já li todos os artigos e já pesquisei tudo. Isto nunca vai melhorar  Sad 
Então porque não consigo fazer coisas tão simples como esta. Toda a minha vida consegui. Sad 

A minha mãe chega ao carro e vamos para casa. Pode ser que amanhã seja melhor... Sad 

-----------------------------------------------------------------------------------

Passados mais de ano e meio o mesmo FSL está aqui. Vai ao supermercado, vai ao cinema ver filmes, está em sítios fechados a trabalhar cheio de pessoas à volta dele, às vezes 12h seguidas.

O que mudou ? O que fiz para que isto mudasse ?

A resposta está justamente no parágrafo da Kelly McGonigal  Smile  I love you

Acho que devias escrever um livro. Criavas um personagem fictício, e punhas lá todas as técnicas e ferramentas que te ajudaram. Eu posso ajudar-te sugerindo o título: "Vítima do Meu Pensamento"
 Very Happy 

_________________
As minhas intervenções neste forum não visam de modo algum substituir o acto médico. Baseiam-se na minha experiência pessoal, de participantes deste forum e de outros. Cabe a cada participante do forum procurar aconselhamento médico, psicólogo ou outro pessoal qualificado.

Vitor
Moderador
Moderador

Mensagens : 875
Reputação : 81
Data de inscrição : 18/01/2012
Localização : Algarve

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Epopeia dos espaços fechados - Ninguém entende os ansiosos

Mensagem por smpf em Seg Mar 24 2014, 18:37

Tal e qual! Eu forço-me a ir a supermercados para não desenvolver uma fobia maior, mas fico sentada no café ou assim, às vezes ando lá às voltinhas (faço ideia do que os seguranças hão-de pensar). Mas entrar mesmo lá dentro não o faço...infelizmente a minha mãe demora uma hora a fazer compras, gosta mesmo de ir a todos os corredores à caça de promoções...e eu ali, a desesperar a pensar porque é que não fiquei em casa. Todo o meu corpo fica tenso...até pontadas nas pernas sinto.
Acho que faço tanto esforço muscular que depois sinto imensas pontadas, nos ombros, nas costas...enfim, um pesadelo...

smpf

Mensagens : 139
Reputação : 7
Data de inscrição : 05/03/2014
Idade : 30
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Epopeia dos espaços fechados - Ninguém entende os ansiosos

Mensagem por andcor em Seg Mar 24 2014, 18:43

Tudo o que escreves-te é o espelho autêntico de todos os que sofrem do mesmo problema, também já passei por isso, agora estou um pouco melhor é verdade mas continuo com um dilema, como é que há gente que consegue estar tantas horas no meio de tanta gente como é o caso de um concerto no pavilhão atlântico ou no epicentro de uma manifestação.

se fizeres um livro como o Vitor diz chama-me para ilustrar a capa  Laughing 

força!

andcor

Mensagens : 176
Reputação : 2
Data de inscrição : 31/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Epopeia dos espaços fechados - Ninguém entende os ansiosos

Mensagem por smpf em Seg Mar 24 2014, 18:48

Eu por acaso só tenho vontade de fugir de centros comerciais e de supermercados...nos outros locais aguento-me bem.

smpf

Mensagens : 139
Reputação : 7
Data de inscrição : 05/03/2014
Idade : 30
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Epopeia dos espaços fechados - Ninguém entende os ansiosos

Mensagem por FSL em Seg Mar 24 2014, 19:26

Eh pá um livro daria muito trabalho  Smile Smile 

Mas por acaso já pensei fazer uns videos (audio) no youtube, a contar as peripécias e respetivas técnicas que usei.

Se a malta achar útil e quando eu tiver um tempinho posso fazer isso !

_________________
Desmame de dose inicial de 10mg de Escitalopram e 3.0mg de Bromazepam:
Outubro 2015 9mg de Escitalopram 3.0mg de Bromazepam ----- Novembro 2015 8,1mg of Escitalopram 3.0mg de Bromazepam
Marco 2016 5mg de Escitalopram 3.0mg de Bromazepam ---- Julho 2016 2,70mg de Escitalopram 3.0mg de Bromazepam
Agosto 2016 2,42mg de Escitalopram 3.0mg de Bromazepam --- Setembro 2016 2,27mg de Escitalopram 3.0mg de Bromazepam --- Outubro 2016 2,12mg de Escitalopram 3.0mg de Bromazepam --- Novembro 2016 1,97mg de Escitalopram 3.0mg de Bromazepam

FSL

Mensagens : 518
Reputação : 73
Data de inscrição : 05/07/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Epopeia dos espaços fechados - Ninguém entende os ansiosos

Mensagem por smpf em Seg Mar 24 2014, 19:40

Boa ideia! Partilhar as peripécias é sempre útil....e engraçado! (quando tudo já passou).
Houve uma altura que não conseguia andar de comboio...nem sozinha, nem acompanhada, tinha medo do movimento! Hoje quando me lembro não consigo sequer perceber porquê. Pancadas.

smpf

Mensagens : 139
Reputação : 7
Data de inscrição : 05/03/2014
Idade : 30
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Epopeia dos espaços fechados - Ninguém entende os ansiosos

Mensagem por santossandra em Seg Mar 24 2014, 20:36

..........................


Última edição por santossandra em Sex Abr 18 2014, 00:43, editado 1 vez(es)

santossandra

Mensagens : 103
Reputação : 9
Data de inscrição : 06/02/2014
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Epopeia dos espaços fechados - Ninguém entende os ansiosos

Mensagem por HugoSousa em Sab Mar 29 2014, 11:52

Reconheço tão bem, mas tão bem, o que o FSL e a smpf disseram.
Já passei exactamente pelo mesmo e revi-me nas vossas palavras.

Isso já ficou para trás em mim (ou pelo menos ficou latente, há que ser realista, fica-se mais atento).

Mas é bom ler as experiências de cada um.
Um dia hei-de partilhar as minhas, as passadas e as poucas que sobraram e que por vezes teimam em dar uma mordidela.

- Até que enfim alguém que fala a mesma lingua - digo para mim


HugoSousa

Mensagens : 120
Reputação : 22
Data de inscrição : 28/03/2014
Localização : Oeiras

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Epopeia dos espaços fechados - Ninguém entende os ansiosos

Mensagem por smpf em Sab Mar 29 2014, 12:01

É uma chatice...mas eu tento pensar que enquanto a fobia se limita a centros comerciais e supermercados não vem grande mal ao mundo lol

smpf

Mensagens : 139
Reputação : 7
Data de inscrição : 05/03/2014
Idade : 30
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Epopeia dos espaços fechados - Ninguém entende os ansiosos

Mensagem por HugoSousa em Sab Mar 29 2014, 13:39

smpf escreveu:É uma chatice...mas eu tento pensar que enquanto a fobia se limita a centros comerciais e supermercados não vem grande mal ao mundo lol

E cinemas? Não?

(até tenho receio de perguntar não vá isso dar-te ideias menos boas sobre Cinemas  tongue )

HugoSousa

Mensagens : 120
Reputação : 22
Data de inscrição : 28/03/2014
Localização : Oeiras

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Epopeia dos espaços fechados - Ninguém entende os ansiosos

Mensagem por FSL em Sab Mar 29 2014, 14:14

HugoSousa escreveu:Isso já ficou para trás em mim (ou pelo menos ficou latente, há que ser realista, fica-se mais atento).

Mas é bom ler as experiências de cada um.
Um dia hei-de partilhar as minhas, as passadas e as poucas que sobraram e que por vezes teimam em dar uma mordidela.

As mazelas demoram anos a passar. Essa tal atenção e o estado latente tem de ser bem vigiados. Nada como ir enfrentando as situações aos poucos.

smfp escreveu:É uma chatice...mas eu tento pensar que enquanto a fobia se limita a centros comerciais e supermercados não vem grande mal ao mundo lol

É perigoso que penses assim. Estas fobias se não forem tratadas tendem a invadir outras esferas da nossa vida.

Eu não gosto de centros comerciais em dias cheios não é porque tenha fobia de lá estar, apenas não gosto de confusão e não poder ver as coisas com calma.

Mas houve um tempo em que era mesmo fóbico, não conseguia nem entrar, o que é bem diferente.

O dia em que nos sentimos curados é quando vamos... e nem pensamos ! Smile

FSL

Mensagens : 518
Reputação : 73
Data de inscrição : 05/07/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Epopeia dos espaços fechados - Ninguém entende os ansiosos

Mensagem por sketch em Sab Mar 29 2014, 16:16

Houve uma altura em q andava mais ansiosa e tb não queria estar em centros comercias e cinemas. Evitava, etc. Hoje em dia realmente não entendo o q se passava na minha cabeça. Até vou para lá sozinha por minha iniciativa eheh


sketch

Mensagens : 491
Reputação : 53
Data de inscrição : 23/01/2012
Idade : 37
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Epopeia dos espaços fechados - Ninguém entende os ansiosos

Mensagem por HugoSousa em Sab Mar 29 2014, 16:20

sketch escreveu:Hoje em dia realmente não entendo o q se passava na minha cabeça. Até vou para lá sozinha por minha iniciativa eheh

Boa  Wink 

E se não entendes o que se passava na tua cabeça melhor ainda, nem penses mais nisso  Cool 

HugoSousa

Mensagens : 120
Reputação : 22
Data de inscrição : 28/03/2014
Localização : Oeiras

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Epopeia dos espaços fechados - Ninguém entende os ansiosos

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum