Últimos assuntos
» Ansiedade/ disturbio mental
Ontem à(s) 19:03 por ester

» Depois do desespero
Ontem à(s) 18:57 por ester

» Quando a minha mente chegou ao limite...
Ontem à(s) 18:42 por ester

» Ataques de Pânico e Agorafobia
Seg Abr 24 2017, 17:20 por guevara

» Eu não sei mais o que fazer
Seg Abr 24 2017, 12:12 por Cassandra

» opressão vs depressão
Dom Abr 23 2017, 22:54 por 1006

» Depois do desespero
Dom Abr 23 2017, 22:17 por lanaKayle

» Não consigo largar dos remédios... alprazolam
Dom Abr 23 2017, 11:43 por Cassandra

» Grupo de Ajuda no WhatsApp
Sab Abr 22 2017, 21:17 por jbj

» Ataques de Panico/Ansiedade
Sex Abr 21 2017, 23:54 por joseferraz21

Quem está conectado
20 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 20 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 52 em Sab Fev 01 2014, 18:10

Preciso de ajuda

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Preciso de ajuda

Mensagem por João Silva em Seg Maio 05 2014, 23:15

Olá a todos. Fui a uma psiquiatra que me aconselharam em Guimaraes. Falei de coisas que nunca pensei falar e fiquei mais aliviado. Trocou a medicaç\ao para citalopran 20 ao deitar e zolpidem. Sintome muito melhor e consigo dormir á noite e estar melhor de dia. Fiquei de fazer caminhadas e faço de manhã. Sinto-me a melhorar a cada dia. Ainda bem que troquei de psiquiatra e nao desisti. Tenho de lá voltar dentro de um mes. Vou dando noticias, muito obrigado.

João Silva

Mensagens : 8
Reputação : 2
Data de inscrição : 04/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Preciso de ajuda

Mensagem por antoniofonseca em Seg Maio 05 2014, 23:33

para mim a melhora vem da caminhada, ou do alivio por talvez esses medicamentos não serem tao fortes, concordo com o que diz o brick o bichobravo e FLS, estão a dizer te a verdade, eu quando comecei a tomar não tive esses valiosos conselhos, o psiquiatra disse que venlafaxina não cria habituação e que o ansiolítico era fácil largar se fosse feito com calma, levou-me bom dinheiro para me mentir, claro que os medicamentos aliviou, mas acho que so vai "anestesiar a dor enquanto faz crescer a infeção" melhor expressão que encontro

antoniofonseca

Mensagens : 197
Reputação : 2
Data de inscrição : 16/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Preciso de ajuda

Mensagem por antoniofonseca em Seg Maio 05 2014, 23:43

Maria Silva escreveu:Boa noite João vai com calma, tenta focar-te numa coisa que gostes muito...ando nisto à demasiado tempo o principal fator é força de vontade tenta sair, conviver, não te feches, psiquiatras neurologistas, já fui a vários a conversa é sempre a mesma demasiada medicação,penso que a industria farmacêutica lembrou-se de dar uns calmantes mas esqueceu-se das contra indicações...tenta psicoterapia...fala com AMIGOS teus pais e ou família, mas se a pessoa ñ te compreende é difícil explica o que sentes...o medicamento mais forte que tomei foi cipralex e consegui livrar-me disso...fiquei com tonturas, tornei-me vegetariana, e ando de bicicleta faço caminhadas são coisas que me faz bem...psiquiatria tento nem ir o último que fui receitou-me tanta coisa (deitei tudo fora) ñ é fácil só quem passa por tudo é que sabe dar valor...força e muita calma...  


As tonturas não desaparecem? vegetariana por causa da medicação?

antoniofonseca

Mensagens : 197
Reputação : 2
Data de inscrição : 16/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Dilema Amoroso

Mensagem por danielorpereira2 em Ter Set 02 2014, 23:33

Olá a todos,

Sou um rapaz de 28 anos e decidi registar-me no fórum pois fiquei agradavelmente surpreendido/ identificado com posts que li, a propósito de uma pesquisa que fiz na net sobre como resistir ou aceitar uma separação amorosa, dilema por que passo neste momento.

Talvez não seja o mais correto da minha parte introduzir-me no fórum logo pedindo opiniões mas confesso que me encontro bastante agastado e a precisar de ler quem não tem qualquer ligação a mim ou à situação…

Há 5 anos comecei a namorar em Lisboa com uma rapariga, da mesma idade, que havia estudado na minha faculdade. Eu sou da zona, já ela não, e se a relação começou foi porque nessa altura ela ambicionava prosseguir o mestrado cá. Eu já trabalhava…
No 1º ano tudo correu bem, mta paixão e curte, estávamos juntos sempre que podíamos (na casa onde ela estava)… contudo ela para se aguentar por cá teve de arranjar um part-time num cadeia de roupa, part-time esse que não correu muito bem e que interferiu imenso com a possibilidade de ter aproveitamento no mestrado. Resultado: findo o 1º ano, desistiu.

A partir daqui ela mudou para outra loja mas ao fim de 6 meses desenvolveu uma depressão reativa. Não era feliz a trabalhar naquilo e disse-me que ia voltar para casa dos pais, apesar de andarmos na altura a pensar juntarmo-nos. Eu reagi mal mas aceitei e habituei-me a isso. Ela, enquanto desempregada, vinha visitar-me a Lisboa e eu ia a casa dela (já me tinha apresentado à família e vice-versa) até que ao fim de mais 6 meses (2 anos de namoro) ela arranjou lá um trabalho que a realiza mais e que ainda hoje mantém.

Posto isto, significa que estamos há 3 anos a namorar assim, aos fins de semana com sacrifícios de parte a parte, algumas crises pelo meio: ela sempre foi muito insegura e não lidou muito bem com o facto de eu, entretanto, ter tirado outros cursos ou andar pelo desporto que, ciclicamente, me indisponibilizava aqui e ali para estar com ela aos f-d-s.

Da minha parte, apesar de não ser 100% feliz fui desvalorizando estas questões, vivendo o dia a dia, sendo-lhe sempre fiel mas sem fazer propriamente grande coisa para mudar-me para a sua zona. Entretanto, ela foi dando pistas que não queria voltar a Lisboa pois não se deu bem aqui e por ser filha única. Confesso que não valorizava muito, pensava que o sentimento era muito forte e que ela me amava como eu a amo…

Eis se não quando nos últimos 4meses disse-me que anda muito cansada de vir a Lisboa e deixou mesmo de vir. Eu ainda fui lá mas a relação já não é a mesma… começou a revelar menos apetite sexual, menos reciprocidade (porque iniciativa ela também nunca teve muita) e vontade em me receber, sempre arranjando desculpas: período, dor de dentes, irritabilidade… e relacionando isso com o facto de ir estragar a relação.

Diz que está cheia de problemas (pode ficar brevemente desempregada e tem hipertiroidismo que a desregula em termos hormonais) e que precisa de um tempo para os resolver, não conseguindo pensar em mim ou em tentar fazer-me feliz. Ao mesmo tempo diz que me ama mas que não pode dizer-me que vamos ficar juntos daqui para a frente.
Eu sinto-me muito em baixo porque sei que a amo muito e não a quero perder. Sinto-me culpado por ter deixado a situação arrastar mas também fui tendo trabalho em Lisboa…

O meu dilema está entre largar tudo (o pequeno negócio que tenho e que me sustenta) e correr atrás mudando-me para lá, aguardar solteiro ou simplesmente esquecê-la… Sad

danielorpereira2

Mensagens : 1
Reputação : 0
Data de inscrição : 02/09/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Preciso de ajuda

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum