Últimos assuntos
» Ataques de Pânico e Agorafobia
Hoje à(s) 17:20 por guevara

» Eu não sei mais o que fazer
Hoje à(s) 12:12 por Cassandra

» Depois do desespero
Ontem à(s) 23:43 por lanaKayle

» opressão vs depressão
Ontem à(s) 22:54 por 1006

» Depois do desespero
Ontem à(s) 22:17 por lanaKayle

» Ansiedade/ disturbio mental
Ontem à(s) 15:48 por ludmilla089

» Não consigo largar dos remédios... alprazolam
Ontem à(s) 11:43 por Cassandra

» Grupo de Ajuda no WhatsApp
Sab Abr 22 2017, 21:17 por jbj

» Ataques de Panico/Ansiedade
Sex Abr 21 2017, 23:54 por joseferraz21

» Facebook Oficial do Forum, Juntem-se!
Sex Abr 21 2017, 14:56 por joseferraz21

Quem está conectado
31 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 31 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 52 em Sab Fev 01 2014, 18:10

Opinião - Tomar ou não tomar?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Opinião - Tomar ou não tomar?

Mensagem por Rudonno em Ter Maio 06 2014, 02:48

Olá a todos,

Vou resumir a história para depois no final receber uma opinião.

Desde os 18 anos que tenho tido alguns episódios de pânico (tenho 30 agora), tal como a maioria de vocês aqui, ao inicio não sabia o que eram, fui umas 2 vezes ao hospital e acabei num psiquiatra com seroxat e alprazolam em sos.

Durante muito tempo não tive problemas nenhuns, mas com o passar dos anos, ia tendo umas crises e vi que aquilo e sempre que reduzia, voltava a ter crises ou pânico ou então não adormecia cheio de ansiedade. Nesta altura resolvi tentar terapia e estive num grupo que durou uns 3 meses e melhorei imenso e voltei ao desmame do seroxat, consegui reduzir bastante, mas ainda queria ir mais além.

Como em 2009 a minha irmã, a quem eu era muito chegado, teve uma depressão brutal e umas cenas hardcore mentais, uns meses depois fui-me um pouco abaixo e andava ansioso "around the clock", demorava a adormecer, tinha medo de ter AP em todo o lado e embora nunca deixasse de fazer nada, tinha sempre medo.

Assim, resolvi fazer terapia individual, fiz e andei bastantes meses e melhorei bastante e aprendi muito sobre mim, mas depois terminei uma relação e como estava um pouco saturado daquele terapeuta, deixei uns tempos e quis voltar para o que tinha dirigido o grupo de pânico e consegui. Quando iniciei a terapia, comecei também com o yoga e foi-se tudo complementando.

Por esta altura, resolvi começar deixar de vez o seroxat, já só tomava 4 vezes por semana (2011/2012) e assim primeiro mudei para um genérico (nem que enganasse a mente) e gradualmente reduzi e hoje em dia, tomo um de 3/3 semanas, quando tomo, acho que deve ter sido o desmame mais longo do mundo, mas não sofri de efeitos de privação.

Pois bem, em maio/2012 a minha mãe teve uma septicemia de origem renal e quase faleceu, felizmente recuperou e depois, em novembro, teve um AIT e caiu no fogão e queimou-se no peito com uma queimadura de 3º grau. Felizmente também recuperou, mas 3 meses depois o meu pai é internado e no mês seguinte morre Sad

Os primeiros tempos foram um horror, andava com a ansiedade ao rubro, não dormia nada de jeito, chegava a mudar de cama desesperado para adormecer e às vezes só às 10 da manhã e depois de 2 xanax e ainda tinha ataques de pânico pelo meio...

Mesmo durante isto tudo, continuei a fazer yoga e ginásio e a ter de lidar com os problemas renais da minha mãe, os financeiros, pois fique sozinho com tudo por pagar. Em setembro do ano passado e como andava com problemas com a minha chefe e já não conseguia ver aquilo à minha frente, pedi ao médico de família que me receitasse algo que ajudasse a adormecer e a estar mais calmo durante o dia. Ele receitou-me victan, primeiro um à noite e outro ao almoço e confesso que me ajudou imenso, depois passei para um por dia, só à noite, de seguida para meio e ainda vou tomando meio em algumas noites da semana, aquelas em que não me canso tão facilmente para chegar e cair na cama.

Os problemas no trabalho e com a minha chefe foram piorando, a minha irá ter de tirar um rim e como não queria rebentar, o médico quis que fosse de baixa para desanuviar, estive um mês de baixa e melhorei bastante, embora não adormecesse cedo, adormecia e dormia 7/8 horas. Ao voltar ao trabalho, estive bem, claro que farto porque o ambiente não muda de repente, mas depois fui chamado porque a minha chefe tinha feito queixa minha em como eu não tinha dito que estava de baixa (o que era mentira), na empresa abriram o processo de investigação, mas com isto tudo comecei a encher de novo e ao fim de duas semanas tive um AP brutal lá e sai à hora de almoço e entrei de baixa de novo para se resolver aquilo, eu acalmar e arranjar outra coisa...

Como as baixas foram psicológicas e queria deixar o victan, o protocolo diz que devemos ser encaminhados para um psiquiatra, lá fui, contei a história, ele ainda é um rapaz novo, e no final diz que acha que não estou deprimido, mas como tenho alguma ansiedade e dificuldade em dormir cedo, disse-me para experimentar o valdoxan, que era um AD que atuava mais a nível do sono.

Como andei anos para largar o seroxat, sinceramente custa-me meter noutro AD, o preço também não ajuda... Ainda vou tomando o meio victan, faço yoga, psicanálise, vou ao ginásio, mas com esta volta de 180 graus noto que ando muito mais sensível, irritado, revoltado, em baixo e claro ansioso Sad

Sei que o luto é muito semelhante a uma depressão e tenho medo de estar a mascarar dor com drogas, por isso estou num dilema, por um lado sinto falta de não ter tantos altos e baixos e dificuldades em adormecer, por outro não queria ir pôr-me num AD de novo.

Assim, gostava de saber a vossa opinião, se mantinham o meio victan antes de dormir algumas vezes por semana ou testavam o valdoxan.

Peço desculpa pelo testamento. Obrigado por lerem  Very Happy

Rudonno

Mensagens : 23
Reputação : 3
Data de inscrição : 03/03/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Opinião - Tomar ou não tomar?

Mensagem por Rudonno em Qua Maio 07 2014, 03:02

Alguém?

Rudonno

Mensagens : 23
Reputação : 3
Data de inscrição : 03/03/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Opinião - Tomar ou não tomar?

Mensagem por Brick em Qua Maio 07 2014, 09:07

Olá!

Lamento a tua situação, é muito complicado. O luto tem de se fazer por mais que custe e não há comprimido que o consiga fazer por nós.

O valdoxan é mais para dormir, mas pelo que tenho visto, nem para isso funciona. Tenho aqui uma caixa se quiseres dispenso-ta. No entanto, eu ficava-me pelo victan.


_________________
Não sou médico! Todas as informações prestadas sobre desmames têm como base uma experiência pessoal com antidepressivos e ansiolíticos e não substituem as recomendações dadas por pessoal qualificado!(Psiquiatra ou Médico de Família)
avatar
Brick
Admin
Admin

Mensagens : 5384
Reputação : 549
Data de inscrição : 29/10/2010
Localização : Viseu

Ver perfil do usuário http://www.ansiosos.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Opinião - Tomar ou não tomar?

Mensagem por zeta em Qua Maio 07 2014, 13:47

Olá Rudonno,

Lamento tantos altos e baixos na tua vida, mas não sendo os mesmos motivos todos temos esses deslizes que nos alteram o sistema nervoso e AP.
Relativamente a tomares o AD, tenta ao máximo não se preciso porque os desmames são mto difíceis de fazer(aliás yu tb passaste por isso)-O yoga,meditação e a ajuda do victan talvez te consigam ultrapassar esta fase e tenta reforçar a auto confiança .
Boa sorte!

_________________
Minhas respostas e conselhos, baseiam-se em experiências por mim vividas, pelo que para melhor orientação a nivel de medicação, por favor consultem o especialista adequado.
avatar
zeta
Moderador
Moderador

Mensagens : 860
Reputação : 120
Data de inscrição : 07/07/2011
Idade : 47
Localização : Guimaraes

Ver perfil do usuário http://rosette27.webnode.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Opinião - Tomar ou não tomar?

Mensagem por Rudonno em Qua Maio 07 2014, 14:30

Olá!

Obrigado pelas vossas respostas, continuo um pouco indeciso porque esta semana ando a adormecer tardíssimo e nem fico a ruminar, simplesmente fico nervoso e não pego, depois atrofio por não estar a pegar e vai tipo bola de neve Sad

Rudonno

Mensagens : 23
Reputação : 3
Data de inscrição : 03/03/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Opinião - Tomar ou não tomar?

Mensagem por JNB em Qua Maio 07 2014, 22:40

Rudonno lamento imenso o que te aconteceu. A vida é feita de altos e baixos, e pode tornar-se muito complicada. Eu acho que deves tentar tomar o AD pois descansares é essencial para o teu bem estar no dia-a-dia. Também andava como tu, não dormia, tinha tanta ansiedade que nem conseguia estar na cama, era horrível, fui a uma psiquiatra e que me receitou Quietapina (Seroquel/Alzen) e durmo super bem. Devias ir a um medico para resolveres esse problema do sono. A minha mãe tem hipertensão pulmonar, uma doença cronica e incapacitante e piorei bastante desde o diagnostico dela....
Desculpa o testamento.

Beijinhos

_________________
Não sou um profissional da área, pelo que as minhas recomendações se baseiam na minha experiência pessoal.
avatar
JNB

Mensagens : 83
Reputação : 1
Data de inscrição : 27/04/2014
Idade : 32
Localização : Carnaxide

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Opinião - Tomar ou não tomar?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum