Últimos assuntos
» Não consigo largar dos remédios... alprazolam
Hoje à(s) 11:43 por Cassandra

» Grupo de Ajuda no WhatsApp
Ontem à(s) 21:17 por jbj

» opressão vs depressão
Ontem à(s) 07:16 por 1006

» Ataques de Panico/Ansiedade
Sex Abr 21 2017, 23:54 por joseferraz21

» Ataques de Pânico e Agorafobia
Sex Abr 21 2017, 18:54 por guevara

» Facebook Oficial do Forum, Juntem-se!
Sex Abr 21 2017, 14:56 por joseferraz21

» Fluoxetina ... Deixar medicação?! Ajuda
Sex Abr 21 2017, 14:42 por viper

» Prolpaso Mitral - Andar de bicicleta
Sex Abr 21 2017, 14:22 por viper

» Workshop Psicologia das Seitas Destrutivas
Qui Abr 20 2017, 15:09 por António Madaleno

» Brintellix (vortioxetina)
Qua Abr 19 2017, 22:53 por Pedro_S

Quem está conectado
18 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 18 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 52 em Sab Fev 01 2014, 18:10

PEDOPSICOLOGO E TERAPEUTA DE CASAL

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

PEDOPSICOLOGO E TERAPEUTA DE CASAL

Mensagem por mamã_gu em Ter Ago 05 2014, 10:28

Bom dia companheiros

Mais uma vez estou a ter problemas, e cada vez me capacito mais que não sou eu ( ou pelo menos so eu) que não ando bem, estou a viver novamente uma fase dificil em casa, provocada principalmente porque a minha princesa de 2 anos tem uma personalidade muito forte e eu o meu companheiro temos visões muito diferente sobre como se educa uma criança. depois atraz disso acabamos sempre a discutir um com o outro, enfim...

Estava a pensar consultar um pedopsicologo que me ajude a lidar com a personalidade dela e me explique a melhor forma de chegar a ela , pois na minha opinião não é "castrando " uma criança que se educa um filho, eu quero sim que ela me respeite mas porque me ama e não porque tem medo de mim, mas enfim...

E penso que dado as discussões que temos tido ( eu e marido) não nos fazia mal uma terapeuta que nos fizesse chegar a um meio termo ( porque 90% das nossas discussoes tem a ver com a miuda ou começam por ai)

Posto isto gostava de saber se alguem conhece uma pedopsicologa/terapeuta familar na zona lisboa oeiras cascais pois pesquisando na net ainda nao consegui encontrar nada nesse genero.
Ainda pensei pedir sugestão ao meu psiquiatra mas ele esta a ter uma formação no exterior e so vem daqui a uns meses

Obrigado

_________________
Parem o Mundo que eu não sei andar nisto
avatar
mamã_gu

Mensagens : 71
Reputação : 31
Data de inscrição : 23/07/2013
Idade : 29
Localização : OEIRAS

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PEDOPSICOLOGO E TERAPEUTA DE CASAL

Mensagem por FSL em Ter Ago 05 2014, 11:56

mamã_gu escreveu:Bom dia companheiros

Mais uma vez estou a ter problemas, e cada vez me capacito mais que não sou eu ( ou pelo menos so eu) que não ando bem, estou a viver novamente uma fase dificil em casa, provocada principalmente porque a minha princesa de 2 anos tem uma personalidade muito forte e eu o meu companheiro temos visões muito diferente sobre como se educa uma criança. depois atraz disso acabamos sempre a discutir um com o outro, enfim...

Estava a pensar consultar um pedopsicologo que me ajude a lidar com a personalidade dela e me explique a melhor forma de chegar a ela , pois na minha opinião não é "castrando " uma criança que se educa um filho, eu quero sim que ela me respeite mas porque me ama e não porque tem medo de mim, mas enfim...

E penso que dado as discussões que temos tido ( eu e marido)  não nos fazia mal uma terapeuta que nos fizesse chegar a um meio termo ( porque 90% das nossas discussoes tem a ver com a miuda ou começam por ai)

Posto isto gostava de saber se alguem conhece uma pedopsicologa/terapeuta familar na zona lisboa oeiras cascais pois pesquisando na net ainda nao consegui encontrar nada nesse genero.
Ainda pensei pedir sugestão ao meu psiquiatra mas ele esta a ter uma formação no exterior e so vem daqui a uns meses

Obrigado

Olá mamã-gu Smile

Dando uma opinião apenas me baseando no relato eu diria que realmente quem precisa de ajuda neste caso são os adultos. Levar uma criança de 2 anos a um pedopsiquiatra... Qual é o desenvolvimento cognitivo de uma criança de 2 anos ?? Não será o comportamento dela derivado das discussões do casal ? Não será efeito de uma criança que cresce no seio de um casal disfuncional ?

Eu não levaria filho(a) meu a um psiquiatra de crianças sinceramente. Outro dia soube de um caso em que uma criança de 4 anos foi levada a um psiquiatra porque os pais se divorciaram e espante-se a criança foi medicada com antidepressivos. É aqui que realmente acho que o mundo começa mesmo a ficar louco.

Eu apostava que se vocês adultos se entendessem a criança se ajustava de imediato, pois quando há amor, calma, entendimento e sobretudo empenho dos pais tudo volta à normalidade.

Eu sei que é muito fácil falar quem está de fora, mas a criança ainda deve ter começado agora a falar... Crying or Very sad 

_________________
Desmame de dose inicial de 10mg de Escitalopram e 3.0mg de Bromazepam:
Outubro 2015 9mg de Escitalopram 3.0mg de Bromazepam ----- Novembro 2015 8,1mg of Escitalopram 3.0mg de Bromazepam
Marco 2016 5mg de Escitalopram 3.0mg de Bromazepam ---- Julho 2016 2,70mg de Escitalopram 3.0mg de Bromazepam
Agosto 2016 2,42mg de Escitalopram 3.0mg de Bromazepam --- Setembro 2016 2,27mg de Escitalopram 3.0mg de Bromazepam --- Outubro 2016 2,12mg de Escitalopram 3.0mg de Bromazepam --- Novembro 2016 1,97mg de Escitalopram 3.0mg de Bromazepam
avatar
FSL

Mensagens : 518
Reputação : 73
Data de inscrição : 05/07/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PEDOPSICOLOGO E TERAPEUTA DE CASAL

Mensagem por Brick em Ter Ago 05 2014, 12:10

Não vou acrescentar nada ao que disse o FSL.

uma criança de 2 anos tem é de brincar e de se divertir, não começar a andar em psicólogos. Vocês pais é que têm de se tratar e dar uma vida "normal" à criança.

Desculpem-me a frontalidade, mas anda tudo maluco.

_________________
Não sou médico! Todas as informações prestadas sobre desmames têm como base uma experiência pessoal com antidepressivos e ansiolíticos e não substituem as recomendações dadas por pessoal qualificado!(Psiquiatra ou Médico de Família)
avatar
Brick
Admin
Admin

Mensagens : 5384
Reputação : 549
Data de inscrição : 29/10/2010
Localização : Viseu

Ver perfil do usuário http://www.ansiosos.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PEDOPSICOLOGO E TERAPEUTA DE CASAL

Mensagem por Vitor em Ter Ago 05 2014, 13:56

Nem tenho palavras  What a Face 

_________________
As minhas intervenções neste forum não visam de modo algum substituir o acto médico. Baseiam-se na minha experiência pessoal, de participantes deste forum e de outros. Cabe a cada participante do forum procurar aconselhamento médico, psicólogo ou outro pessoal qualificado.
avatar
Vitor
Moderador
Moderador

Mensagens : 875
Reputação : 81
Data de inscrição : 18/01/2012
Localização : Algarve

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PEDOPSICOLOGO E TERAPEUTA DE CASAL

Mensagem por mamã_gu em Ter Ago 05 2014, 15:43

Olá
Desde já obrigado pelas respostas

Eu não sei leram bem, mas eu disse pedopsicologo e não pedopsiquiatra ( Há uma ENORME diferença)

Em 1º lugar acho ridículo andar a drogar crianças, ponto final paragrafo.

2º ponto eu não disse que a minha filha tinha algum problema, eu disse que eu e o pai não estamos a chegar entendimento de como educa la, ou seja procurar pedoPSICOLOGO, para ensinar OS PAIS a lidar com a personalidade da filha, acho que entenderam a coisa de outro modo

3º ponto, não a acho deprimida nem coisa que o valha, acho a uma criança bem disposta, carinhosa, mas MUITO teimosa e talvez um pouco rebelde
Como é óbvio não acho isso anormal, acho apenas que é um traço da sua personalidade, contudo como mãe tenho a obrigação de a preparar para a vida e educa la de que as coisas não são sempre como queremos

A questão fundamental é que eu não consigo chegar a consenso com o meu marido sobre a forma como fazê lo, e como disse o FSL as vezes as coisas ficam disfuncionais porque muitas vezes acabamos a discutir.

Contudo não queria optar pela forma mais "facil" de desistir e divorciar-me porque sinto que a questão fundamental é a divergência na educação, pois antes de a minha filha nascer as coisas corriam bem, claro que com uma fricção aqui outra ali, mas situações normais do dia a dia de qualquer casal. E como não o consigo chamar a razão de que ele é rígido demais, talvez se ouvir um profissional, a sua palavra tenha mais credibilidade , porque acredito piamente que se resolvermos o "problema" da educação dela as nossas discussões serão praticamente inexistentes, ou talvez não mas depois ai logo penso

Na minha opinião acho que acima de tudo é preciso dar amor, muito muito amor, e é ai que eu e o meu marido divergimos
Ele acha que se uma criança faz birras é pura e simplesmente porque é mal criada ou até que o está a enfrentar (ridiculo não?), e não entende que a criança ainda se esta a adaptar á vida e que pura e simplesmente não entende porque razão, por exemplo,  não pode colocar autocolantes na televisão ou desenhar nas paredes, fica tão giro não é? claro que é um comportamento não aceitável, mas acho que não é razão suficiente para se berrar com uma criança e eventualmente dar uma palmada, acho que a criança tem necessidade de se expressar e de brincar, e como tal em vez de berrar (que não a educa, só lhe provoca medo e frustração), posso chama-la atenção, explicar-lhe que deve pintar e colar autocolantes nos cadernos e sentar-me ao pé dela e mostrar-lhe como se faz, 1,2 ou 3 vezes até que ela interiorize a ideia.

Não vou estar a ser hipócrita de que sou perfeita e ele o mau da fita, eu também falho, e também já ouve situações em que perdi a cabeça e lhe dei um aconchego na fralda, mas é preciso muito mas mesmo muito para eu chegar a esse ponto, quando digo muito é por exemplo ela bater-me ( quem tem filhos sabe que 90% deles tem uma fase assim) ou recusar-se a comer refeições a fio ( habitual nela, chega a passar 1 dia inteiro com 1 biberon de leite), so que ele mesmo quando não está sob o stress do momento, não reconhece que se excede na forma com que fala com a miuda e acredita que é assim com austeridade que se educa uma criança

Por favor antes de estarem a julgar, leiam com atenção o que eu escrevi e não comecem logo a dizer que é ridiculo dar drogas a uma criança, quando nem sequer me passou tal coisa pela cabeça (concordo plenamente ser ridiculo)

Desde já obrigado pela atenção

_________________
Parem o Mundo que eu não sei andar nisto
avatar
mamã_gu

Mensagens : 71
Reputação : 31
Data de inscrição : 23/07/2013
Idade : 29
Localização : OEIRAS

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PEDOPSICOLOGO E TERAPEUTA DE CASAL

Mensagem por mamã_gu em Ter Ago 05 2014, 15:57

nota: quando disse pedir opinião ao meu psiquiatra, era se ele conhecia algum pedopsicologo ou terapeuta para casais, NUNCA para me sugerir soluções para a miúda porque como vocês dizem e bem os psiquiatras só sabem passar recitas....

_________________
Parem o Mundo que eu não sei andar nisto
avatar
mamã_gu

Mensagens : 71
Reputação : 31
Data de inscrição : 23/07/2013
Idade : 29
Localização : OEIRAS

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PEDOPSICOLOGO E TERAPEUTA DE CASAL

Mensagem por Brick em Ter Ago 05 2014, 19:43

Acho que isso acontece em 100% das famílias. Nunca há acordo sobre o melhor método de educar as crianças e o pai e a mãe têm sempre opiniões diferentes. Estabeleçam vocês um equilíbrio, pois um psicólogo não vai mudar nada neste aspecto.

_________________
Não sou médico! Todas as informações prestadas sobre desmames têm como base uma experiência pessoal com antidepressivos e ansiolíticos e não substituem as recomendações dadas por pessoal qualificado!(Psiquiatra ou Médico de Família)
avatar
Brick
Admin
Admin

Mensagens : 5384
Reputação : 549
Data de inscrição : 29/10/2010
Localização : Viseu

Ver perfil do usuário http://www.ansiosos.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PEDOPSICOLOGO E TERAPEUTA DE CASAL

Mensagem por FSL em Ter Ago 05 2014, 19:51

Exatamente, o psicólogo não vai mudar a cabeça de ninguém, e sinceramente falar em "personalidade" numa criança de dois anos, eh pá isso não existe. O que existe são crianças mais ou menos reguilas, que dormem e resmungam umas mais que outras.

Muitas crianças de 2 anos ainda nem andar bem sabem e nem falar quanto mais terem personalidade.

O que eu acho é que ser-se pai hoje em dia com este mundo onde ninguém pára 5 min para nada deve ser muito difícil, mas isso pondera-se antes de colocar as crianças no mundo.

_________________
Desmame de dose inicial de 10mg de Escitalopram e 3.0mg de Bromazepam:
Outubro 2015 9mg de Escitalopram 3.0mg de Bromazepam ----- Novembro 2015 8,1mg of Escitalopram 3.0mg de Bromazepam
Marco 2016 5mg de Escitalopram 3.0mg de Bromazepam ---- Julho 2016 2,70mg de Escitalopram 3.0mg de Bromazepam
Agosto 2016 2,42mg de Escitalopram 3.0mg de Bromazepam --- Setembro 2016 2,27mg de Escitalopram 3.0mg de Bromazepam --- Outubro 2016 2,12mg de Escitalopram 3.0mg de Bromazepam --- Novembro 2016 1,97mg de Escitalopram 3.0mg de Bromazepam
avatar
FSL

Mensagens : 518
Reputação : 73
Data de inscrição : 05/07/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PEDOPSICOLOGO E TERAPEUTA DE CASAL

Mensagem por mamã_gu em Ter Ago 05 2014, 20:16

bem ... sem querer puxar muito a brasa a minha sardinha... mas penso que estão a ser um pouco duros com as observações...

Uma criança de 2 anos não tem personalidade???
Tem e tem MESMO!
Alias os mais e menos reguilas, são exemplo de diferentes tipos de personalidade

Com 2 quase 3 anos mal sabem andar? Tens filhos? e se tens participaste no crescimento dos mesmo?

A minha filha começou a andar (mal claro) 21 dias antes de fazer 1 ano, com 18 meses já tinha um vocabulário extenso para a idade ( cerca de umas 20 palavras)
ela tem quase 3 anos. e não a considero sobredotada ou assim...na turma dela todos os meninos andam perfeitamente e correm, alem de que quase todos têm um vocabulário extenso
Só para teres ideia neste exacto momento acabou de me pedir pão com manteiga, tirei determinada manteiga, disse:
" Não é essa, é a manteiga do coração do intermarche da casa do avô"
Achas que isto é não saber falar?

E julgas que são alguns tontinhos? já sabe muito bem fazer joguinhos que em adultos se chamam de manipulação, obvio que numa criança não vou fazer uma observação dessas pois não acredito que tenha maldade para tal, mas mostra a inteligência que já tem

Por exemplo no outro dia ela abriu o frigorifico espalhou 3 iogurtes pelo chão, e eu como castigo disse que até á hora do jantar não havia porquinha peppa (desenho animado) a reação dela foi ignorar me, foi para o quarto dela como se não lhe fizesse diferença não ver a peppa e depois á hora do jantar assim que viu a minha sogra começou a berrar do nada a apontar para mim a dizer que lhe tinha batido (quando não o fiz)...
Vais me dizer que isto é o quê? Acho que eu dar o nome de personalidade forte até é ser branda, ou não?

_________________
Parem o Mundo que eu não sei andar nisto
avatar
mamã_gu

Mensagens : 71
Reputação : 31
Data de inscrição : 23/07/2013
Idade : 29
Localização : OEIRAS

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PEDOPSICOLOGO E TERAPEUTA DE CASAL

Mensagem por mamã_gu em Ter Ago 05 2014, 20:26

FSL escreveu:

O que eu acho é que ser-se pai hoje em dia com este mundo onde ninguém pára 5 min para nada deve ser muito difícil, mas isso pondera-se antes de colocar as crianças no mundo.

e sim de facto as vezes é difícil, mas á que escolher o que se quer, secalhar não trabalho tanto, não saio tanto com os amigos, para arranjar tempo para a minha filha ( com mto prazer).
Pode não ser o ideal mas também se não trabalhar um mínimo (8hrs diárias) tb não a posso sustentar, se mesmo assim não chega, podemos todos deixar de ter filhos porque não temos dinheiro/tempo

Não acredito que todas as crianças sejam fruto de acidentes, acredito que grande parte (lo menos no meu) sejam planeadas e desejadas, ou seja ponderadas

_________________
Parem o Mundo que eu não sei andar nisto
avatar
mamã_gu

Mensagens : 71
Reputação : 31
Data de inscrição : 23/07/2013
Idade : 29
Localização : OEIRAS

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PEDOPSICOLOGO E TERAPEUTA DE CASAL

Mensagem por mrbombas em Sex Ago 08 2014, 11:13

vou dar os meus 5 cêntimos  Very Happy 

as birras são uma forma de se perceber o QI que a criança terá em adulto.

faz birra porque compreende que fazendo, tem alguém que lhe faz as coisas ou dá o que ela quer no momento.

aqui o peso e medida estão muito distantes e a criança sabe isso, sabe que se fizer birra com a mãe, tem tudo.
se fizer com o pai não tem nada.

óbvio que vai fazer mais com a mãe, abusar e levar ao limite, sim as crianças com dois anos gostam de testar os limites.

o pai está certo na parte de dizer basta, mas a mãe está certa ao querer dar carinho, e porque não inverter os papeis durante uma semana?
a criança vai perceber que afinal o general não tem que ser sempre o pai, e afinal o pai também gosta dela e a mãe sabe dar um berro e dizer basta e até colocar de castigo, aqui entra a parte importante de castigo emocional e não físico, não é preciso bater, nem fechar no quarto escuro. retira-se aquilo que a criança mais preza, televisão, brinquedos específicos, nos pontos de birra mais altos, sim uma palmada no rabo, firme mas com moderação, a ideia não é magoar mas sim mostrar à criança quem manda.

_________________
distorções cognitivas
avatar
mrbombas

Mensagens : 861
Reputação : 90
Data de inscrição : 31/07/2013
Idade : 34
Localização : Fátima

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PEDOPSICOLOGO E TERAPEUTA DE CASAL

Mensagem por fixit em Sab Ago 09 2014, 22:52

Peco desculpa pessoal mas acho que voces estao a ser um pouco duros para a mama_gu.

Acho que ela e apenas uma mae que como (quase) todas as outras so quer o melhor para a sua filha.

Alias, o fato de ela ter vindo pesquisar a internet e pedido informacao neste forum so demonstra que ela tem consciencia do impacto na educacao parental no desenvolvimento das criancas e penso que isso e positivo, significa que se preocupa. O fato de pedir ajuda para uma possivel terapia de casal tambem demonstra que esta consciente que a relacao conjugal pode afetar o desenvolvimento da crianca. Posto isto e nao so, acho que temos uma pessoa consciente que nao procura "drogar" a sua filha como pensaram inicialmente, mas sim orientacoes.

Concordo com uma parte do que foi dito, que e um sintoma na crianca normalmente e sinal de algo disfuncional com os pais ou o ambiente ao redor, concentramo-nos mais na ideia pais pois uma crianca com essa idade penso que grande parte do seu mundo sao os seus pais.

Mas tambem ninguem disse que ha algum problema com a miuda! Pode-se evitar que haja no futuro, e acho que nao faz mal nenhum quererem pedir opiniao a um pedopsicologo ou irem a terapia de casal. Eu nao conheco nenhum, mas concerteza que nao sera dificil encontrar.

Uma coisa que falo especificamente para a mama_gu e ter em atencao que nao vai ao pedopsicologo ou terapeuta de casal para negar a opiniao do seu marido, pois por mais absurda que possa parecer na mente dele faz algum sentido e talvez seja interessante descobrir o porque de ele pensar assim e chegarem a um meio termo, pois eu consigo ver a sua ideia de que o amor faz falta e e importante, mas por outro lado a disciplina no bom sentido e igualmente importante, impede a crianca de se sentir perdida, pois sente que os pais sao firmes e se algo e firme pode vir a tempestade que nao abana, ou melhor, ate pode abanar mas nao cai...  Smile

fixit

Mensagens : 37
Reputação : 0
Data de inscrição : 10/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PEDOPSICOLOGO E TERAPEUTA DE CASAL

Mensagem por mamã_gu em Seg Ago 11 2014, 10:32

Bom dia

Era só para informar que já consegui encontrar alguém que me ajude

Procurei vários pedopsicologos, e os poucos que encontrei pediam valores com 140€ p sessão, não digo se vale ou não, mas não tenho condições para gastar 140€ de 2 em 2 semanas ...

Acabei por encontrar a UPI - Unidade 1ª Infância - se alguém tiver curiosidade...
https://pt-pt.facebook.com/notes/unidade-da-primeira-infância/consulta-de-bebés-irritáveis/236288766406311

Apenas posso dizer que para um serviço publico não são 5 estrelas, são 10

Em 2 dias arranjaram-me consulta
Quando a enfermeira me ligou esteva cerca de 30 min a fazer uma "triagem do caso"
Tive consulta com pediatra,enfermeira e pedopsiquiatra (ao telefone tinha ficado com ideia que era pedopsicologo e sim o nome assustou-me mas como já la estava e como precisava muito de orientações fiquei para ver no que dava)
Estivemos 2 horas a falar com a enfermeira e pediatra a contar tudo o que se passou desde a gravidez, parto, 1ºs meses até ao dia de hoje
o pedopsiquiatra sentou-se no chão a brincar com a minha filha aos bebés e depois levou-a a passear pela unidade fora, apenas nos cumprimentou á chegada e não nos dirigiu mais a palavra, de referir que achei super estranho a minha filha aceitar sair de ao pé da mãe para ir brincar com 1 "estranho" noutra situação teria ficado a berrar (como quando a deixo na creche) lá psicologia o homem deve ter porque conquistou a minha filha de imediato...

Ao contrario do que possam pensar, ninguém inventou depressões á minha filha nem tão pouco sugeriram "drogar" a minha filha

Perceberam logo o que se passava (divergências na educação entre pai e mãe devido á personalidade forte (e bastante normal) da minha princesa)

Já nos deram alguns trabalhos de casa ( a nós pais claro ) e pediram-nos para regressar dia 29

Pelo que entretanto já li por essa net a fora e pelos testemunhos que encontrai espalhados pelos corredores da unidade, apercebi-me que devia era ter procurado ajuda logo nos 1ºs meses e não ter esperado tanto tempo, pelos vistos existem muitas mais crianças como a minha filha que nascem "zangadas" e que nem sempre a culpa é dos pais, e que é bastante comum com crianças assim mais "difíceis" haver muitas divergências entre os pais...

Mas a coisa que mais me deixa feliz é que houve alguém que teve uma mudança imediata . o Pai
Não sei se foi por ouvir vários profissionais a dizer que há muitas crianças assim e que não, a criança não faz isto com a única e exclusiva intenção de o chatear, ou se foi por ver a maneira como esses sentimentos ( os de "rejeição"/reprovação dele á miuda)  me reprimiam ao ponto de ter eu ter entrado num choro compulsivo com 2 ou 3 perguntas que a enfermeira me fez, acho que se fez um click na cabeça dele. Não sei se vai durar 3 dias, 1 semana 1 ano ou para sempre, mas pela 1ª vez em meses senti harmonia, mas verdadeira harmonia, sem sorrisos amarelos e falsos sentimentos de calma.

Estou feliz, MUITO FELIZ, é óbvio que o "problema" não se resolveu, mas pela 1ª vez vejo uma luz ao fundo do túnel

_________________
Parem o Mundo que eu não sei andar nisto
avatar
mamã_gu

Mensagens : 71
Reputação : 31
Data de inscrição : 23/07/2013
Idade : 29
Localização : OEIRAS

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PEDOPSICOLOGO E TERAPEUTA DE CASAL

Mensagem por mrbombas em Seg Ago 11 2014, 11:11

a educação de crianças é sempre um projecto a longo prazo, e por vezes os pais esquecem-se disso e tentam educar tudo num dia...

ainda bem que encontraste ajuda, agora é aproveitar a vida em família...

_________________
distorções cognitivas
avatar
mrbombas

Mensagens : 861
Reputação : 90
Data de inscrição : 31/07/2013
Idade : 34
Localização : Fátima

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PEDOPSICOLOGO E TERAPEUTA DE CASAL

Mensagem por Tuxa em Seg Ago 18 2014, 12:29

fixit escreveu:Peco desculpa pessoal mas acho que voces estao a ser um pouco duros para a mama_gu.

Acho que ela e apenas uma mae que como (quase) todas as outras so quer o melhor para a sua filha.

Alias, o fato de ela ter vindo pesquisar a internet e pedido informacao neste forum so demonstra que ela tem consciencia do impacto na educacao parental no desenvolvimento das criancas e penso que isso e positivo, significa que se preocupa. O fato de pedir ajuda para uma possivel terapia de casal tambem demonstra que esta consciente que a relacao conjugal pode afetar o desenvolvimento da crianca. Posto isto e nao so, acho que temos uma pessoa consciente que nao procura "drogar" a sua filha como pensaram inicialmente, mas sim orientacoes.

Concordo com uma parte do que foi dito, que e um sintoma na crianca normalmente e sinal de algo disfuncional com os pais ou o ambiente ao redor, concentramo-nos mais na ideia pais pois uma crianca com essa idade penso que grande parte do seu mundo sao os seus pais.

Mas tambem ninguem disse que ha algum problema com a miuda! Pode-se evitar que haja no futuro, e acho que nao faz mal nenhum quererem pedir opiniao a um pedopsicologo ou irem a terapia de casal. Eu nao conheco nenhum, mas concerteza que nao sera dificil encontrar.

Uma coisa que falo especificamente para a mama_gu e ter em atencao que nao vai ao pedopsicologo ou terapeuta de casal para negar a opiniao do seu marido, pois por mais absurda que possa parecer na mente dele faz algum sentido e talvez seja interessante descobrir o porque de ele pensar assim e chegarem a um meio termo, pois eu consigo ver a sua ideia de que o amor faz falta e e importante, mas por outro lado a disciplina no bom sentido e igualmente importante, impede a crianca de se sentir perdida, pois sente que os pais sao firmes e se algo e firme pode vir a tempestade que nao abana, ou melhor, ate pode abanar mas nao cai...  Smile






Olá Mamã_Gu,

Fico feliz por já ter encontrado ajuda. Realmente, como disse só quem tem filhos é que consegue perceber o que estava a tentar transmitir.

Até aos 3 anos a criança tem a sua personalidade formada. Até essa idade é quando assmila tudo o que vê, tudo o que ouve (parte boa e má). Depois, conforme o ambiente em que se for desenvolvendo, os factores exteriores, aprende a tomar as suas decisões.
Até lá somos nós adultos, que as temos que a orientar, educar para serem adultos equilibrados.
Provavelmente, todos nós, que participamos aqui no forum somos fruto de falhas na educação.
Não querendo acusar os nossos Pais, e não pensando eu que sou um exemplo a seguir, dou completa razão à Mamã_Gu, quando diz que não é com austeridade que se educa uma criança. Só as vai tornar piores.
Tenho dois filhos, uma rapariga de 10 e um rapaz de 5, e sei bem o que é lutar com a teimosia das crianças.
Só temos que ter cuidado, para de vez em quando, não sermos nós a fazer birras. Por vezes os braços de ferro que fazemos com os nossos filhos, são um motivo ainda maior, para eles nos desafiarem constantemente.

Para finalizar, gostaria de deixar claro, para quem tem dúvidas, que ter filhos é uma benção. Mesmo perante estas dificuldades que se apresentam por vezes nos nossos caminhos, o nosso Amor por eles é cada vez maior. Só os tentamos educar de uma forma saudavel, equilibrada.

Mamã_Gu, está no bom caminho.

Tuxa

Mensagens : 59
Reputação : 24
Data de inscrição : 12/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PEDOPSICOLOGO E TERAPEUTA DE CASAL

Mensagem por mamã_gu em Qua Ago 20 2014, 09:35

Bom dia

Antes demais queria novamente agradecer as vossas respostas

Penso não ter muito mais a acrescentar , mas é exactamente por achar que a minha pimpolha está numa fase decisiva da sua personalidade é que quis procurar ajuda tão cedo

Sei o que são depressões, e sei que se nós pais não aprendermos a chegar a ela podemos facilmente contribuir para que no futuro ela possa vir a "sofrer" e até pk se eu não aprender a segura-la agora, não vai ser quando ela chegar á adolescência que vou ter pulso nela Razz

Apenas sei quer neste momento estamos a viver uma fase boa... Acho que ambos (pai e mãe) aceitamos os nossos erros e estamos a tentar em de um corrigir o outro, unirmos nos e levar as coisas a bom porto, claro está, que como o pai e mão andam mais calmos a pimpolha também o está, com o seu feitio , mas muito mais calma

Acredito que foi uma intervenção essencial e no momento exacto

E como disse a Tuxa , só quem tem filhos ( e participa diariamente na sua educação) é que sabe como elas ás vezes conseguem desnortear os adultos... Mas como é óbvio ( ou pelo menos para mim) ser mão é a melhor coisa que tenho na vida, alias o meu próprio nick revela isso, para mim , neste momento o meu maior prazer e a minha maior vontade é ser mãe da minha piolha dai o mamã_gu

Mais uma vez obrigado


_________________
Parem o Mundo que eu não sei andar nisto
avatar
mamã_gu

Mensagens : 71
Reputação : 31
Data de inscrição : 23/07/2013
Idade : 29
Localização : OEIRAS

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PEDOPSICOLOGO E TERAPEUTA DE CASAL

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum