Últimos assuntos
» Brintellix (vortioxetina)
Ontem à(s) 18:30 por xandecool

» Ansiedade/Fobia Social - Xanax Sintomas
Ontem à(s) 16:06 por 1006

» Companheira Depressão
Dom Mar 26 2017, 22:06 por clapac

» Meu diário enfrentando Depressão e TAG
Qui Mar 23 2017, 19:29 por Jana_10

» Sertralina
Qui Mar 23 2017, 18:48 por Convidado

» 194 dias sem Sedoxil!
Qui Mar 23 2017, 17:27 por Jana_10

» Meu relato de depressão...
Qui Mar 23 2017, 17:26 por Jana_10

» Ansiedade e ataques de pânico
Qua Mar 22 2017, 15:06 por MEB

» Fluvoxamina - efeitos secundários
Ter Mar 21 2017, 12:33 por 1006

» Porque sinto isto desta forma tão estranha?
Ter Mar 21 2017, 12:19 por sombraescura

Quem está conectado
15 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 15 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 52 em Sab Fev 01 2014, 18:10

Férias -- para sair da zona de conforto.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Férias -- para sair da zona de conforto.

Mensagem por Homem do Subsolo II em Ter Dez 30 2014, 03:35

Entrei em férias.

Pretendo dar continuidade ao combate contra a anseidade. Mas preciso de sugestões.

Será que alguém poderia me sugerir modos de interagir com as pessoas nessas férias? Digo, estratégias que me coloquem "frente a frente" com aquilo que temo? Minha imaginação não está ajudando.

Obrigado e feliz ano novo a todos. Smile

Homem do Subsolo II

Mensagens : 6
Reputação : 0
Data de inscrição : 30/12/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Férias -- para sair da zona de conforto.

Mensagem por Denize em Ter Dez 30 2014, 12:39

Primeiro passo (como faço), levante da cama é vá conversar/interagir com pessoas, família, colegas... Viage com quem mais se sinta bem, saia mesmo e faça de tudo para aproveitar o momento. Arrume-se, vai ganhar confiança.
avatar
Denize

Mensagens : 91
Reputação : 2
Data de inscrição : 21/12/2012
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Férias -- para sair da zona de conforto.

Mensagem por Panda em Sex Jan 02 2015, 00:28

Sim, a pessoa arranjar.se ganha logo outro animo.
Mete conversa com pessoas na rua, sobre o tempo sobre qq coisa Smile

Panda

Mensagens : 452
Reputação : 2
Data de inscrição : 02/03/2014
Idade : 35

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Férias -- para sair da zona de conforto.

Mensagem por mrbombas em Sex Jan 02 2015, 01:09

Primeiro, quais são os medos e receios?

_________________
distorções cognitivas
avatar
mrbombas

Mensagens : 861
Reputação : 90
Data de inscrição : 31/07/2013
Idade : 34
Localização : Fátima

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Férias -- para sair da zona de conforto.

Mensagem por sketch em Sex Jan 02 2015, 14:11

mrbombas escreveu:Primeiro, quais são os medos e receios?

Pergunto o mesmo.
avatar
sketch

Mensagens : 491
Reputação : 53
Data de inscrição : 23/01/2012
Idade : 37
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Férias -- para sair da zona de conforto.

Mensagem por Panda em Sex Jan 02 2015, 14:12

Entao e se nao se souber responder concretamente a isso?

Panda

Mensagens : 452
Reputação : 2
Data de inscrição : 02/03/2014
Idade : 35

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Férias -- para sair da zona de conforto.

Mensagem por sketch em Sex Jan 02 2015, 14:26

Estive a ler outra vez e não reparei que a questão é na interecção com as pessoas. Isso já explica.
avatar
sketch

Mensagens : 491
Reputação : 53
Data de inscrição : 23/01/2012
Idade : 37
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Férias -- para sair da zona de conforto.

Mensagem por sketch em Sex Jan 02 2015, 14:27

Viajar sozinho é bom para forçar as relações com os outros.
Fazer voluntariado.
Fazer desporto de grupo.
avatar
sketch

Mensagens : 491
Reputação : 53
Data de inscrição : 23/01/2012
Idade : 37
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Férias -- para sair da zona de conforto.

Mensagem por Homem do Subsolo II em Sex Jan 02 2015, 14:34

Obrigado pelas respostas, tentarei aplicar isto hoje mesmo.

No meu caso todos o medos/receios são deivados da fobia social:

- Receio de ser visto por muitas pessoas (que sei ser neurótico, como a minha pessoa fosse o centro das atenções humanas).
- Receio de ser julgado inadaptado ou qualquer coisa assim.
- A ansiedade intensa gera em mim certo desgaste na região do intestino, semelhante a uma gastrite. E quanto mais me preocupo com isto, tanto mais a gastrite se intensifica. Ciclo vicioso que só é quebrado quando consigo aplicar a intenção paradoxal (que mencionei noutro tópico).
- Medo de interagir com grupos de duas oum ias pessoas.
etc.

Homem do Subsolo II

Mensagens : 6
Reputação : 0
Data de inscrição : 30/12/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Férias -- para sair da zona de conforto.

Mensagem por Panda em Sex Jan 02 2015, 14:41

Vai comecando com coisas pequenas. Um ola a um estranho.

Panda

Mensagens : 452
Reputação : 2
Data de inscrição : 02/03/2014
Idade : 35

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Férias -- para sair da zona de conforto.

Mensagem por sketch em Sab Jan 03 2015, 23:34

Eu sou tímida mas em criança e jovem adulta era muito mais.
Fico corada com qualquer coisa mesmo q seja a contar uma adenota pq me emociono.
Na vida passei por algumas situações q foram acontecendo, não fiz de propósito, foi a vida que me fez passar por isso.
Na escola lembro-me de mudar de turma uma vez, e nesse ano tive aulas em 2 novas turmas.
Quando foi a faculdade como mudei de escola 2 vezes conheci 3 faculdades diferentes, novamente o mesmo. Quando mudei, fui morar sozinha para uma cidade nova. Fiquei diferente. Acho q mudei p melhor. Tive de lidar mais com pessoas. Conheci muitos colegas novos.

E no trabalho... Como já passei por vários trabalhos e tão diferentes, ou em empresas grandes com muitos colegas ou em pequenas, fiquei vacinada. Lol
Quando em Setembro fui calhar a uma empresa enorme, onde tenho de conhecer e lidar com imensa gente, não fiquei muito nervosa, até surpreendentemente calma.
Mas o ter de lidar diariamente com todos eles, causa-me um desgaste enorme em mim. Eu sinto-me bem em locais mais calmos.
E num trabalho q desempenhei noutro local, em q a cada hora tinha de lidar com um grupo de 8 pessoas diferentes q nunca na vida as tinha visto, falar em voz alta para eles, tirar dúvidas e estar atenta ao que faziam, impor disiciplina, sempre a rezar p nada de estranho acontecesse. Neste caso antes ficava sempre nervosa, até q passado uns meses, lidava com isso mais calma.
Acho q a vida neste aspecto lá me foi ajudando um pouco. Na hora digo mal mas dp passado uns tempos, uns anos vejo que foi benéfico.

Já agora qual é o teu trabalho homem do subsolo ?
avatar
sketch

Mensagens : 491
Reputação : 53
Data de inscrição : 23/01/2012
Idade : 37
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Férias -- para sair da zona de conforto.

Mensagem por Homem do Subsolo II em Qua Jan 21 2015, 17:34

Bom, acabei sumindo por uns dias. Nesses dias procurei mudar meus hábitos ruins, fortalecer minha vontade. Alguns ganhos consegui obter e manter relativamente, outras resoluções foram tomadas num dia e abandonadas em seguida...

Obrigado por partilhar tua experiência, sketh. Teu relato me incentivou a procurar um emprego em que lide com pessoas -- embora meu sonho seja trabalhar como autônomo. Tenho percebido que, de algum modo, nada me aproxima e me predispõe mais à loucura do que me distanciar dos outros e não interagir com ninguém.

No meu caso, tenho 22 anos. Filho único. E nunca trabalhei em absolutamente nada. Ajudei meu pai um pouco, mas nada sério. Meus pais nunca fizeram questão que eu trabalhasse. Querem que eu me forme na universidade antes.

Infelizmente continuo a procurar o primeiro emprego. Na verdade fui, por um dia, ao posto do trabalhador de minha cidade e levei meu curriculozinho, forneci meu telefone e-mail etc. Ainda não recebi nenhuma proposta. Eu sei, falta mais iniciativa. Se realmente quisesse procuraria todos os dias até encontrar. Mas pelo que pesquisei as vagas existentes são poucas e meu país (sim, sou brasileiro) passa por uma situação de desemprego crescente. Nossa economia está indo para o buraco. Embora tenha visto que em alguns países europeus (especialmente na Espanha e Portugal) a busca pelo emprego é até mais difícil do que aqui. Pretendo continuar e procurar com mais intensidade.

Busquei ao menos aproveitar as situações que se apresentaram. Estou indo à academia e ganhei mais saúde, resistência e autoestima.
Busquei participar de esportes em grupo, o que tem sido relativamente bom também.
Para as noites, pretendia ir a shows musicias de vinte mil pessoas (jamais fiz isso na vida). Mas (vejam vocês!) meus pais ficam em pânico só de ouvir isso e me proibem de fazê-lo. É verdade que meu país é violento, não há que ter ilusões. Segundo os dados oficiais são 50 mil homicídios ao ano, juventude corrompendo-se, perdendo-se no narcotráfico e morrendo cedo. Situação muito triste. Então fica-se em casa para não ser assaltado nem morto...
Agora me veio a idéia de ficar por algumas semanas num apartamento de meus pais localizado em outra cidade... Disse isso ao meu pai e surpreendentemente ele gostou da idéia!
Voluntariado eu pensei em fazer, mas não fiz nada até agora.

Homem do Subsolo II

Mensagens : 6
Reputação : 0
Data de inscrição : 30/12/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Férias -- para sair da zona de conforto.

Mensagem por Homem do Subsolo II em Sab Jan 24 2015, 19:01

Não tenho com quem sair de casa. Enfrentar com medo um maldito transtorno que se passa dentro da própria mente, tendo ao mesmo tempo que simular normalidade diante dos outros e mostrar que está tudo ótimo, na mais perfeita paz, por medo de ser taxado de louco... Isso mata qualquer possibildiade de comunicação humana. Maldita duplicidade. O pior é sentir medo de ter medo, suprassumo da covardia.

Homem do Subsolo II

Mensagens : 6
Reputação : 0
Data de inscrição : 30/12/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Férias -- para sair da zona de conforto.

Mensagem por Homem do Subsolo II em Sab Jan 24 2015, 19:20

Estou fazendo (ou a fazer, se quiserem) um teste psicológico para identificar meu 'perfil pulsional'. É preciso fazer pelo menos dez vezes e com certo intervalo de tempo, seriadamente etc., mas dos testes que fiz até agora o resultado foi:

VI - inflação do ego, egodiástole, o ego espiritual, ser (fator p): tedência a tornar-se uno com outrem, à participação, ou acusar outras pessoas (projeção). tendência a distribuir mentalmente as necessidades humanas para o coletivo, para a espiritualização do ego, para a expanão do ego (infação).

VIII - necessidade de agarrar-se (fator m): tendência a agarrar-se ao objeto (coisa, pessoa), à oralidade, ao hedonismo. Tendência à separação, solidão.

Desejos humanos e inumanos

fator p reação - inumano: acusação, incriminação de determinada pessoa, família, religião, raça, classe social, nação. humano: difusão mental de sentimentos humanos em relação à coletividade. O ego mental. Potência do ego.

fator m reação - inumano: apoiar-se numa determinada pessoa, família, raça, classe, nação e incapacidade de ligar-se à humanidade. humano: separar-se de uma pessoa, família, raça, classe, nação etc. Infidelidade.

Também tem este teste na web, para quem quiser: http://users.skynet.be/am030868/szondi.htm






Homem do Subsolo II

Mensagens : 6
Reputação : 0
Data de inscrição : 30/12/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Férias -- para sair da zona de conforto.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum