Últimos assuntos
» Coitofobia e Parafobia
Ontem à(s) 02:30 por Bia...

» Desmame : Quet xr + bup
Ontem à(s) 00:50 por ClariceWilke

» Desmame Sertralina
Ontem à(s) 00:30 por patuxa

» Me sinto depressivo
Ontem à(s) 00:23 por patuxa

» Fluvoxamina
Ontem à(s) 00:18 por patuxa

» Sem saída!?
Ontem à(s) 00:14 por patuxa

» Olá a todos, gostava de saber como posso fazer o desmame
Qui Dez 14 2017, 10:27 por bandulha

» Desmame de Cipralex, Victan, Mirtazapina e Nozinan
Ter Dez 12 2017, 22:41 por j77

» Dúvidas drogas e medicamentos
Ter Dez 12 2017, 00:15 por Convidado

» Dificuldade de aceitar a morte da minha mãe.
Seg Dez 11 2017, 15:41 por Priscila Soares

Quem está conectado
11 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 11 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 57 em Qui Maio 25 2017, 20:26

Eu e os meus "panicares" hipocondríacos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Eu e os meus "panicares" hipocondríacos

Mensagem por procyon em Qua Jan 28 2015, 12:30

Ola! É a primeira vez que alguma vez entrei num forum que não fosse para procurar sobre sintomas acerca das mais variadas doenças, então hoje decidi escrever sobre as minhas ansiedades, talvez ajude... ou talvez não, mas pelo menos pode ser que alguém se identifique em partes da conversa, ou pelo menos enquanto escrevo acalmei dos mais recentes "sintomas" que estava a sentir, (sou capaz de escrever um bocadinho, e ja agora, este site próprio para isto certo?). Então eu tenho 22 anos, gosto de viajar, passear, o problema é que para essas coisas tem que se fazer planos com antecedência, o que para a maioria não é problema absolutamente nenhum, mas para mim? Marcar viagens com um mês, ou que seja dois dias de antecedência, eu só penso "vou-me sentir mal e não vou poder ir, vou ter um problema qualquer, uma apendicite talvez? Oh ainda há as gastrites, ou um mau jeito que me impeça de me mexer, um problema mais grave que tenha de ser operada no hospital?" ou então o problema acontecer-me durante a viagem, imaginem ir para fora do país e ter um doença estranha? Ou até algo mais simples como uma severa má disposição? Algo que me leve para um hospital cheio de vírus ou que me dê mal estar! Normalmente não tenho muita tendência para inventar (imaginem se fosse ligada à área da saúde), baseia-se tudo em coisas (até agora sempre pequenas felizmente) que já tive, seja gastrites, uma simples infecção urinária, o que me lembrar na altura, ou que alguém se lembrar de falar... a primeira coisa que vejo é se há hospitais perto para onde vou, mas isso não me impede de sentir todo o tipo de coisas antes, por exemplo amanhã tenho de viajar, dentro do país é certo mas tinha de comprar viagens, ontem e hoje comecei a sentir falta de ar, dores de barriga muito fortes, náuseas, uma impressão na garganta (fui tirar a febre umas 3 vezes, até que o termómetro dava sempre 36 e eu tirava no outro braço para ter a certeza que não estava errado), um frio gigante (tudo apontava para uma gripe) hoje de manhã acordei mal disposta, começou a piorar e já estava a sentir náuseas fortíssimas, e a ver tudo a roda e a barriga dura (até que me lembrei de alguma perfuração nos intestinos, lá fui eu buscar o termómetro outra vez). Quem está perto de mim, já sabe como é que eu sou e desvaloriza, o que por um lado acalma-me mas por outro... E se desta vez é algo mesmo sério e ninguém me liga?? E eu de todas as vezes tenho a certeza que desta vez é a sério, e se for mesmo? Como é que eu sei? Por vezes começo a chorar porque entro em pânico por causa do meu próprio pânico, por vezes tenho ataques de pânico que não consigo nem respirar ou parar de chorar, parece que não vou conseguir sobreviver daquele momento, o ar não vem por mais que eu o tente puxar, ajuda a passar se contar carneirinhos (pois eu sei....) e começo a imaginar o pelo branco e suave, o Sol brilhante, as nuvens fofas, conto os números e acalmo. Outra coisa difícil é quando estou com pessoas (porque nem sempre sou um murtambuzio anti social) não posso demonstrar nada disto, não vou começar a queixar-me disto e daquilo com pessoas que vão ficar a olhar para mim como se eu devesse estar metida num colete de forças... Como é que eu faço? Como é que eu resolvo isto? "É tudo da tua cabeça" é o que me dizem, ora pois eu sei, muitissimo obrigada minha gente, mas embora a cabeça seja minha e entra nela o que eu quero, às vezes a mulher parece que tem vontade de própria, e por mais que eu tente pensar "vá cérebro não sejas idiota, os bichinhos cá dentro estão todos a trabalhar super bem para te ajudar" vem sempre a correr um alerta com um "E se não estiver???" Exclamation Exclamation Exclamation *Pânico* lá começa a guerra novamente.
Lamento ter escrito tanto, eu avisei que ia ser longo, mas já agora, aquelas dores horríveis de estômago que eu estava a sentir no inicio deste texto? Melhorou bastante, ainda sinto (piora quando me lembro do cheiro do hospital), maaaas já estou bem melhor (até já estou a morder uma bolacha tongue ), por isso, muito obrigada aos olhos que estiveram a ler isto porque indirectamente, ajudaram-me bastante! Só espero amanhã conseguir ir de viagem! Smile

procyon

Mensagens : 5
Reputação : 0
Data de inscrição : 28/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eu e os meus "panicares" hipocondríacos

Mensagem por Vitor em Qua Jan 28 2015, 12:38

Controla mais esses pensamentos. Torna-te o observador e vê como os pensamentos surgem sem critiares, analisares, etc. Diz só: "Ai sim!"

_________________
As minhas intervenções neste forum não visam de modo algum substituir o acto médico. Baseiam-se na minha experiência pessoal, de participantes deste forum e de outros. Cabe a cada participante do forum procurar aconselhamento médico, psicólogo ou outro pessoal qualificado.
avatar
Vitor
Moderador
Moderador

Mensagens : 887
Reputação : 85
Data de inscrição : 18/01/2012
Localização : Algarve

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eu e os meus "panicares" hipocondríacos

Mensagem por mrbombas em Qui Jan 29 2015, 09:00

Foste sempre assim?

_________________
distorções cognitivas
avatar
mrbombas

Mensagens : 861
Reputação : 90
Data de inscrição : 31/07/2013
Idade : 35
Localização : Fátima

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eu e os meus "panicares" hipocondríacos

Mensagem por procyon em Qui Fev 12 2015, 02:05

Vitor, muito obrigada pelo conselho, tenho tentado essa tecnica ultimamente, nem sempre consigo, quando fico bastante nervosa é difícil, fico só com um conflito gigante de ideias

procyon

Mensagens : 5
Reputação : 0
Data de inscrição : 28/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eu e os meus "panicares" hipocondríacos

Mensagem por procyon em Qui Fev 12 2015, 02:13

Não, nem sempre fui assim, sou uma pessoa algo nervosa e que nem noto que o estou, isto demonstrava-se de variadas formas, comecei com indisposição do estômago por volta do inicio da adolescência, sem eu fazer ideia do que seria na altura, vim a aprender com o tempo que seria provocado pelos nervos maioria das vezes, mas este medo das doenças e de que alguma coisa má vai acontecer é algo relativamente recente.

procyon

Mensagens : 5
Reputação : 0
Data de inscrição : 28/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eu e os meus "panicares" hipocondríacos

Mensagem por Noobe30 em Qui Fev 12 2015, 19:11

Obrigado pela tua partilha! Laughing
Eu consigo identificar-me em muitos dos aspectos que falas, pois já vivi e vivo alguns dos "sintomas" na 1ª pessoa..o que te posso dizer é que sempre tive  1 medo terrível de doenças, desde ter uma dor de cabeça e começar a colocar a hipótese de ser uma doença grave (tumor cerebral) em fase terminal e ir pedir exames ao médico...passei um verão a ficar enjoado e mal disposto sempre que comia, tive uma dor ao respirar que estava sempre presente pensava que podia ser cancro do pulmão..enfim. O medo sempre esteve presente na minha vida, sempre tive tendência para remoer sobre estas questões, e tornei-me um pesquisador profissional de doenças no google!! De facto quando pensamos " E se " estamos a catastrofizar, somos uns pessimistas crônicos e ficamos obcecados com o pior cenário possível. Porquê? Não sei, mas gostava de saber mesmo Very Happy
avatar
Noobe30

Mensagens : 21
Reputação : 0
Data de inscrição : 27/01/2015
Idade : 32

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eu e os meus "panicares" hipocondríacos

Mensagem por davidmiguel97 em Qui Fev 12 2015, 19:14

Eu sinto-me igual a ti , e ao Noobe30 , enfim , o google é dos nossos piores inimigos , eu até com uma simples azia fico logo a pensar o pior .. Agora é tentar acalmar os pensamentos e ser positivo , não é fácil , mas hei-de conseguir

davidmiguel97

Mensagens : 58
Reputação : 0
Data de inscrição : 06/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eu e os meus "panicares" hipocondríacos

Mensagem por procyon em Sex Fev 13 2015, 13:37

Obrigada pelos vossos comentários, quem me dera que nenhum de voces passasse por isto, mas é bom ouvir as vossas palavras, e sentirmos que não estamos sozinhos, não sentir que sou a unica no meio de uma multidão entusiasmada com o dia de amanhã, com medo das desgraças que possam vir a acontecer.


Noobe, também já pensei muitas vezes em variadissimos tipos de cancro, e mal disposta com o que comia então nem se fala, ainda hoje sofro muito desse problema, raro é o dia que não fico mal disposta, o dilema é saber quando são os nervos ou problema a sério, e o pior é que o medo faz realmente dores fortissimas e enjoos e tudo e mais alguma coisa, ao ponto de nós criarmos a 'doença' que não existia, às vezes ajuda contar a alguém de confiança, porque as pessoas desvalorizam (desde que não desvalorizem de mais...) e por vezes pode acalmar os nossos medos, porque eu falo por mim, quando começo a pensar que tenho mesmo uma doença, começo a sentir calafrios, a tremer, nauseas, e cheguei a ter alguns ataques de panico, e como aconteceu no meu primeiro post, contei o que estava a sentir e acalmei.

David, nós temos todos que conseguir, porque se não vamos ficar daqueles idosos que se juntam num largo e só falam de doenças, e isso não pode acontecer, pois eu quero vir a ser uma avó daquelas todas radicais Razz !

Relativamente ao google, eu ando em fase desintoxicação da mania de ir abrir a janela ninja e procurar doenças (sim, para ninguem pensar que eu estou a morrer de várias doenças caso vissem o meu historico), em vez disso fico parada a sentir e a analisar a dor e a encontrar uma razão plausivel para estar a sentir o que estou a sentir, ha alguns casos ja consigo ver que é psicologico heiimm ^^ porque é certo que o google vai dizer que estamos na fase terminal de uma doença horrivel, e realmente não vale a pena!!

Qualquer dia pior, escrevam, nós podemos por vezes ajudar-nos uns aos outros Smile

procyon

Mensagens : 5
Reputação : 0
Data de inscrição : 28/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eu e os meus "panicares" hipocondríacos

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum