Últimos assuntos
» EMDR alguém conhece ou já fez?
Hoje à(s) 19:02 por Ellisah

» Vida paralela
Hoje à(s) 13:32 por Adam Peter

» Surto Psicótico
Ontem à(s) 21:54 por tribo

» Valdoxan + Alprazolan
Ontem à(s) 20:01 por Ellisah

» ABSTINÊNCIA DO ALPRAZOLAM
Ontem à(s) 18:49 por Brick

» Não sei o que fazer, preciso de uma opinião rápida, por favor
Ontem à(s) 18:30 por Brick

» Desmame de Venlafaxina
Ontem à(s) 18:23 por Brick

» Venlafaxina agora Sertralina.
Qui Jun 14 2018, 20:44 por delfinamoreira86@gmail.co

» Grupo Facebook ou WhatsApp
Qui Jun 14 2018, 11:28 por taunus

» Pânico em reuniões
Qui Jun 14 2018, 08:20 por guevara

Quem está conectado
9 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 9 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 57 em Qui Maio 25 2017, 20:26

Ansiedade e ataques de pânico

Página 12 de 16 Anterior  1 ... 7 ... 11, 12, 13, 14, 15, 16  Seguinte

Ir em baixo

Re: Ansiedade e ataques de pânico

Mensagem por jpedro em Sex Fev 16 2018, 15:12

RC escreveu:Acho que o pessoal devia marcar um convívio. Que dizem? Nem que seja por zonas do pais. E que tal 1 vez por semana ou 2 juntarmos nos no hangouts ou no skype e falarmos todos?

por mim na boa! Smile

não sei se vocês sabem, mas o forum tem uma página de facebook, que diga-se tem muito pouca adesão

apareçam por lá: https://www.facebook.com/groups/forum.psic.psiq/

jpedro

Mensagens : 158
Reputação : 5
Data de inscrição : 08/08/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade e ataques de pânico

Mensagem por jpedro em Sex Fev 16 2018, 15:30

JP100 escreveu:
jpedro escreveu:
JP100 escreveu:
jpedro escreveu:
JP100 escreveu:
jpedro escreveu:mais um dia de cão no escritório, já ontem tinha sido, mas hoje está a custar como tudo...

desde tremeliques nos olhos, a tremores e formigueiros no corpo, cãimbras, tonturas... pqp

será só cansaço devido ao excesso de trabalho?...
o que me tem preocupado são as cãimbras, é que se ainda houvesse excesso de exercício, mas não é o caso...

Isso faz tudo parte da ansiedade... deves andar mais cansado e ficas stressado. Tenta relaxar mais.

ainda há pouco falava com um amigo (também ele frequentador deste forum) e dizia-lhe que por um lado ter trabalho com fartura é fixe porque enquanto estou a fazer coisas não tenho tempo de pensar em mais nada

o problema é qd saio do trabalho não consigo relaxar...

porra estou no meu escritório de casa, a ver uma série, tenho a mulher e filha na sala, ninguém a buzinar-me aos ouvidos... estou na "paz do senhor"... não era suposto relaxar?!?! Smile

Sais do trabalho e não te consegues desligar dele? É isso?
Para alguns depois de um dia de trabalho e ainda irem ver uma série, pode ser ainda mais stressante. O relaxamento na minha forma de ver, era chegares a casar e desligares o cérebro por completo, como fazem os budistas. Se tens um monitor à frente o dia todo, devias chegar a casa e evitares tudo isso por completo.
então mas o q eu faço não é q o faz toda a gente?...
chegar a casa, dar banho aos miudos, ajudar nos deveres, jantar, ver uma novela, uma série/filme ou um jogo de futebol na tv?!...
não faço isto todos os dias, também leio, mas trabalhar com livros o dia inteiro (trabalho numa editora) e depois ter sequer vontade de ler é complicado...

O ser humano passou a ter uma vida que há 30 anos era completamente diferente da de hoje. Não me admira que cada vez apareçam e existam mais casos de ansiedade/depressões. A solução passa por vivermos como os nossos avós, bisavós. As pessoas vivem em competição permanente, só pensam no futuro, em ter tudo o que o vizinho tem... Depois de um dia de trabalho em locais fechados, ainda se vão fechar em casa a ver TV, filmes, etc... não cumprindo horários de sono, etc. A nossa mente não foi preparada para o modo de vida atual, é muito stress sobre a mesma. Por isso é importante o relaxamento, depois de uma dia de trabalho. Ires ver TV não é relaxar a mente... é colocares mais pressão sobre a mesma.

eu percebo o que dizes, mas é pá, não podemos ir do 8 ao 8000!

quanto ao que dizes que há 30 anos que as coisas eram assim tão diferentes, olha que não acho... tenho 41 e eu quando era miúdo, é certo que tinha uma vida diferente da minha filha que hoje tem 9, agora a vida que os meus pais, levavam não era muito diferente daquela que eu levo:
acordar -> trabalho -> tarefas da casa -> sentar no sofá a ver tv -> cama

é preciso ver que os tempos são outros, e quem tem filhos vê isso claramente... não conheço uma criança que prefira estar na rua a brincar do que estar agarrado a um telemóvel ou tablet... a culpa não é só nossa, dos pais, mas também da própria sociedade e da evolução dos tempos

acho isto perfeitamente natural que todos nós queremos ter ou queremos dar aos nosso filhos o que não tivemos quando éramos crianças.... não pensas assim?

falando no meu caso em concreto, o que faço para relaxar depois do trabalho é ir fazer o meu jogging habitual, 2 ou 3 vezes por semana, mas tirando isso, com uma miúda pequena e com uma mulher a trabalhar por turnos, a minha vida é andar a 200 à hora... constantemente
tenho o meu tempo contado para fazer tudo, para trabalhar, para ir buscar a miúda à escola, para ir correr, para ver um jogo de futebol ou mesmo para ir às compras ao fim-de-semana... para TUDO!...

jpedro

Mensagens : 158
Reputação : 5
Data de inscrição : 08/08/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade e ataques de pânico

Mensagem por JP100 em Sex Fev 16 2018, 20:01

jpedro escreveu:
JP100 escreveu:
jpedro escreveu:
JP100 escreveu:
jpedro escreveu:
JP100 escreveu:
jpedro escreveu:mais um dia de cão no escritório, já ontem tinha sido, mas hoje está a custar como tudo...

desde tremeliques nos olhos, a tremores e formigueiros no corpo, cãimbras, tonturas... pqp

será só cansaço devido ao excesso de trabalho?...
o que me tem preocupado são as cãimbras, é que se ainda houvesse excesso de exercício, mas não é o caso...

Isso faz tudo parte da ansiedade... deves andar mais cansado e ficas stressado. Tenta relaxar mais.

ainda há pouco falava com um amigo (também ele frequentador deste forum) e dizia-lhe que por um lado ter trabalho com fartura é fixe porque enquanto estou a fazer coisas não tenho tempo de pensar em mais nada

o problema é qd saio do trabalho não consigo relaxar...

porra estou no meu escritório de casa, a ver uma série, tenho a mulher e filha na sala, ninguém a buzinar-me aos ouvidos... estou na "paz do senhor"... não era suposto relaxar?!?! Smile

Sais do trabalho e não te consegues desligar dele? É isso?
Para alguns depois de um dia de trabalho e ainda irem ver uma série, pode ser ainda mais stressante. O relaxamento na minha forma de ver, era chegares a casar e desligares o cérebro por completo, como fazem os budistas. Se tens um monitor à frente o dia todo, devias chegar a casa e evitares tudo isso por completo.
então mas o q eu faço não é q o faz toda a gente?...
chegar a casa, dar banho aos miudos, ajudar nos deveres, jantar, ver uma novela, uma série/filme ou um jogo de futebol na tv?!...
não faço isto todos os dias, também leio, mas trabalhar com livros o dia inteiro (trabalho numa editora) e depois ter sequer vontade de ler é complicado...

O ser humano passou a ter uma vida que há 30 anos era completamente diferente da de hoje. Não me admira que cada vez apareçam e existam mais casos de ansiedade/depressões. A solução passa por vivermos como os nossos avós, bisavós. As pessoas vivem em competição permanente, só pensam no futuro, em ter tudo o que o vizinho tem... Depois de um dia de trabalho em locais fechados, ainda se vão fechar em casa a ver TV, filmes, etc... não cumprindo horários de sono, etc. A nossa mente não foi preparada para o modo de vida atual, é muito stress sobre a mesma. Por isso é importante o relaxamento, depois de uma dia de trabalho. Ires ver TV não é relaxar a mente... é colocares mais pressão sobre a mesma.

eu percebo o que dizes, mas é pá, não podemos ir do 8 ao 8000!

quanto ao que dizes que há 30 anos que as coisas eram assim tão diferentes, olha que não acho... tenho 41 e eu quando era miúdo, é certo que tinha uma vida diferente da minha filha que hoje tem 9, agora a vida que os meus pais, levavam não era muito diferente daquela que eu levo:
acordar -> trabalho -> tarefas da casa -> sentar no sofá a ver tv -> cama

é preciso ver que os tempos são outros, e quem tem filhos vê isso claramente... não conheço uma criança que prefira estar na rua a brincar do que estar agarrado a um telemóvel ou tablet... a culpa não é só nossa, dos pais, mas também da própria sociedade e da evolução dos tempos

acho isto perfeitamente natural que todos nós queremos ter ou queremos dar aos nosso filhos o que não tivemos quando éramos crianças.... não pensas assim?

falando no meu caso em concreto, o que faço para relaxar depois do trabalho é ir fazer o meu jogging habitual, 2 ou 3 vezes por semana, mas tirando isso, com uma miúda pequena e com uma mulher a trabalhar por turnos, a minha vida é andar a 200 à hora... constantemente
tenho o meu tempo contado para fazer tudo, para trabalhar, para ir buscar a miúda à escola, para ir correr, para ver um jogo de futebol ou mesmo para ir às compras ao fim-de-semana... para TUDO!...

Também não estou a dizer para se ir para o 8000... mas acredita que as crianças de hoje terão grandes problemas amanhã... O nosso cérebro não teve tempo de se adaptar à vida atual, por isso acredito que seja isso o culpado do aumento dos problemas de ansiedade. Há 30 anos não tinhas internet, computadores como os de hoje, etc... as pessoas eram mais felizes, pensavam apenas no presente! Muitos dos problemas que aqui leio, são causados pelo stress em exagero, medo constante de tudo... as pessoas sentem-se inseguras. Por exemplo, achas que os meus avós sabiam lá o que era a pulsação normal do coração e achas que a andavam a medir quando andavam a cavar terra? Hoje qualquer gajo de bicicleta ou que ande a correr ou até no ginásio anda com essas porcarias no pulso, é mais uma preocupação no cérebro delas... mais um fator de stress. Depois tens quase toda a gente de 2 em 2 minutos a olhar para os smartphones (facebook, snaphchat, whattsapp, etc) mais um facto de stress... O pessoal chega ao fim do dia com o cérebro todo derretido!

JP100

Mensagens : 86
Reputação : 0
Data de inscrição : 16/01/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade e ataques de pânico

Mensagem por jpedro em Sex Fev 16 2018, 22:12

JP100 escreveu:
jpedro escreveu:
JP100 escreveu:
jpedro escreveu:
JP100 escreveu:
jpedro escreveu:
JP100 escreveu:
jpedro escreveu:mais um dia de cão no escritório, já ontem tinha sido, mas hoje está a custar como tudo...

desde tremeliques nos olhos, a tremores e formigueiros no corpo, cãimbras, tonturas... pqp

será só cansaço devido ao excesso de trabalho?...
o que me tem preocupado são as cãimbras, é que se ainda houvesse excesso de exercício, mas não é o caso...

Isso faz tudo parte da ansiedade... deves andar mais cansado e ficas stressado. Tenta relaxar mais.

ainda há pouco falava com um amigo (também ele frequentador deste forum) e dizia-lhe que por um lado ter trabalho com fartura é fixe porque enquanto estou a fazer coisas não tenho tempo de pensar em mais nada

o problema é qd saio do trabalho não consigo relaxar...

porra estou no meu escritório de casa, a ver uma série, tenho a mulher e filha na sala, ninguém a buzinar-me aos ouvidos... estou na "paz do senhor"... não era suposto relaxar?!?! Smile

Sais do trabalho e não te consegues desligar dele? É isso?
Para alguns depois de um dia de trabalho e ainda irem ver uma série, pode ser ainda mais stressante. O relaxamento na minha forma de ver, era chegares a casar e desligares o cérebro por completo, como fazem os budistas. Se tens um monitor à frente o dia todo, devias chegar a casa e evitares tudo isso por completo.
então mas o q eu faço não é q o faz toda a gente?...
chegar a casa, dar banho aos miudos, ajudar nos deveres, jantar, ver uma novela, uma série/filme ou um jogo de futebol na tv?!...
não faço isto todos os dias, também leio, mas trabalhar com livros o dia inteiro (trabalho numa editora) e depois ter sequer vontade de ler é complicado...

O ser humano passou a ter uma vida que há 30 anos era completamente diferente da de hoje. Não me admira que cada vez apareçam e existam mais casos de ansiedade/depressões. A solução passa por vivermos como os nossos avós, bisavós. As pessoas vivem em competição permanente, só pensam no futuro, em ter tudo o que o vizinho tem... Depois de um dia de trabalho em locais fechados, ainda se vão fechar em casa a ver TV, filmes, etc... não cumprindo horários de sono, etc. A nossa mente não foi preparada para o modo de vida atual, é muito stress sobre a mesma. Por isso é importante o relaxamento, depois de uma dia de trabalho. Ires ver TV não é relaxar a mente... é colocares mais pressão sobre a mesma.

eu percebo o que dizes, mas é pá, não podemos ir do 8 ao 8000!

quanto ao que dizes que há 30 anos que as coisas eram assim tão diferentes, olha que não acho... tenho 41 e eu quando era miúdo, é certo que tinha uma vida diferente da minha filha que hoje tem 9, agora a vida que os meus pais, levavam não era muito diferente daquela que eu levo:
acordar -> trabalho -> tarefas da casa -> sentar no sofá a ver tv -> cama

é preciso ver que os tempos são outros, e quem tem filhos vê isso claramente... não conheço uma criança que prefira estar na rua a brincar do que estar agarrado a um telemóvel ou tablet... a culpa não é só nossa, dos pais, mas também da própria sociedade e da evolução dos tempos

acho isto perfeitamente natural que todos nós queremos ter ou queremos dar aos nosso filhos o que não tivemos quando éramos crianças.... não pensas assim?

falando no meu caso em concreto, o que faço para relaxar depois do trabalho é ir fazer o meu jogging habitual, 2 ou 3 vezes por semana, mas tirando isso, com uma miúda pequena e com uma mulher a trabalhar por turnos, a minha vida é andar a 200 à hora... constantemente
tenho o meu tempo contado para fazer tudo, para trabalhar, para ir buscar a miúda à escola, para ir correr, para ver um jogo de futebol ou mesmo para ir às compras ao fim-de-semana... para TUDO!...

Também não estou a dizer para se ir para o 8000... mas acredita que as crianças de hoje terão grandes problemas amanhã... O nosso cérebro não teve tempo de se adaptar à vida atual, por isso acredito que seja isso o culpado do aumento dos problemas de ansiedade. Há 30 anos não tinhas internet, computadores como os de hoje, etc... as pessoas eram mais felizes, pensavam apenas no presente! Muitos dos problemas que aqui leio, são causados pelo stress em exagero, medo constante de tudo... as pessoas sentem-se inseguras. Por exemplo, achas que os meus avós sabiam lá o que era a pulsação normal do coração e achas que a andavam a medir quando andavam a cavar terra? Hoje qualquer gajo de bicicleta ou que ande a correr ou até no ginásio anda com essas porcarias no pulso, é mais uma preocupação no cérebro delas...  mais um fator de stress. Depois tens quase toda a gente de 2 em 2 minutos a olhar para os smartphones (facebook, snaphchat, whattsapp, etc) mais um facto de stress... O pessoal chega ao fim do dia com o cérebro todo derretido!
Boas,

Sou forçado a concordar contigo, não em tudo, mas acho que não deixas de ter razão nalgumas coisas que dizes.

Agora diz-me, chegas a casa e fazes o quê?!? enfias-te num quarto escuro sem falar com ninguém?

gostava que me explicasses, é que custa-me a perceber...

jpedro

Mensagens : 158
Reputação : 5
Data de inscrição : 08/08/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade e ataques de pânico

Mensagem por JP100 em Sab Fev 17 2018, 00:09

jpedro escreveu:
JP100 escreveu:
jpedro escreveu:
JP100 escreveu:
jpedro escreveu:
JP100 escreveu:
jpedro escreveu:
JP100 escreveu:
jpedro escreveu:mais um dia de cão no escritório, já ontem tinha sido, mas hoje está a custar como tudo...

desde tremeliques nos olhos, a tremores e formigueiros no corpo, cãimbras, tonturas... pqp

será só cansaço devido ao excesso de trabalho?...
o que me tem preocupado são as cãimbras, é que se ainda houvesse excesso de exercício, mas não é o caso...

Isso faz tudo parte da ansiedade... deves andar mais cansado e ficas stressado. Tenta relaxar mais.

ainda há pouco falava com um amigo (também ele frequentador deste forum) e dizia-lhe que por um lado ter trabalho com fartura é fixe porque enquanto estou a fazer coisas não tenho tempo de pensar em mais nada

o problema é qd saio do trabalho não consigo relaxar...

porra estou no meu escritório de casa, a ver uma série, tenho a mulher e filha na sala, ninguém a buzinar-me aos ouvidos... estou na "paz do senhor"... não era suposto relaxar?!?! Smile

Sais do trabalho e não te consegues desligar dele? É isso?
Para alguns depois de um dia de trabalho e ainda irem ver uma série, pode ser ainda mais stressante. O relaxamento na minha forma de ver, era chegares a casar e desligares o cérebro por completo, como fazem os budistas. Se tens um monitor à frente o dia todo, devias chegar a casa e evitares tudo isso por completo.
então mas o q eu faço não é q o faz toda a gente?...
chegar a casa, dar banho aos miudos, ajudar nos deveres, jantar, ver uma novela, uma série/filme ou um jogo de futebol na tv?!...
não faço isto todos os dias, também leio, mas trabalhar com livros o dia inteiro (trabalho numa editora) e depois ter sequer vontade de ler é complicado...

O ser humano passou a ter uma vida que há 30 anos era completamente diferente da de hoje. Não me admira que cada vez apareçam e existam mais casos de ansiedade/depressões. A solução passa por vivermos como os nossos avós, bisavós. As pessoas vivem em competição permanente, só pensam no futuro, em ter tudo o que o vizinho tem... Depois de um dia de trabalho em locais fechados, ainda se vão fechar em casa a ver TV, filmes, etc... não cumprindo horários de sono, etc. A nossa mente não foi preparada para o modo de vida atual, é muito stress sobre a mesma. Por isso é importante o relaxamento, depois de uma dia de trabalho. Ires ver TV não é relaxar a mente... é colocares mais pressão sobre a mesma.

eu percebo o que dizes, mas é pá, não podemos ir do 8 ao 8000!

quanto ao que dizes que há 30 anos que as coisas eram assim tão diferentes, olha que não acho... tenho 41 e eu quando era miúdo, é certo que tinha uma vida diferente da minha filha que hoje tem 9, agora a vida que os meus pais, levavam não era muito diferente daquela que eu levo:
acordar -> trabalho -> tarefas da casa -> sentar no sofá a ver tv -> cama

é preciso ver que os tempos são outros, e quem tem filhos vê isso claramente... não conheço uma criança que prefira estar na rua a brincar do que estar agarrado a um telemóvel ou tablet... a culpa não é só nossa, dos pais, mas também da própria sociedade e da evolução dos tempos

acho isto perfeitamente natural que todos nós queremos ter ou queremos dar aos nosso filhos o que não tivemos quando éramos crianças.... não pensas assim?

falando no meu caso em concreto, o que faço para relaxar depois do trabalho é ir fazer o meu jogging habitual, 2 ou 3 vezes por semana, mas tirando isso, com uma miúda pequena e com uma mulher a trabalhar por turnos, a minha vida é andar a 200 à hora... constantemente
tenho o meu tempo contado para fazer tudo, para trabalhar, para ir buscar a miúda à escola, para ir correr, para ver um jogo de futebol ou mesmo para ir às compras ao fim-de-semana... para TUDO!...

Também não estou a dizer para se ir para o 8000... mas acredita que as crianças de hoje terão grandes problemas amanhã... O nosso cérebro não teve tempo de se adaptar à vida atual, por isso acredito que seja isso o culpado do aumento dos problemas de ansiedade. Há 30 anos não tinhas internet, computadores como os de hoje, etc... as pessoas eram mais felizes, pensavam apenas no presente! Muitos dos problemas que aqui leio, são causados pelo stress em exagero, medo constante de tudo... as pessoas sentem-se inseguras. Por exemplo, achas que os meus avós sabiam lá o que era a pulsação normal do coração e achas que a andavam a medir quando andavam a cavar terra? Hoje qualquer gajo de bicicleta ou que ande a correr ou até no ginásio anda com essas porcarias no pulso, é mais uma preocupação no cérebro delas...  mais um fator de stress. Depois tens quase toda a gente de 2 em 2 minutos a olhar para os smartphones (facebook, snaphchat, whattsapp, etc) mais um facto de stress... O pessoal chega ao fim do dia com o cérebro todo derretido!
Boas,

Sou forçado a concordar contigo, não em tudo, mas acho que não deixas de ter razão nalgumas coisas que dizes.

Agora diz-me, chegas a casa e fazes o quê?!? enfias-te num quarto escuro sem falar com ninguém?

gostava que me explicasses, é que custa-me a perceber...

Agora não preciso de fazer nada, pois conheço os meus próprios limites, sei até onde devo ir... todos nós temos os nossos limites e quando os ultrapassamos entramos na ansiedade e terminados numa depressão. Esses limites vão desde o stress, pensamentos, etc... Se tiver 1 semana que acumulo muito stress e começo a pensar muito, podes crer que começo a sentir tudo a andar para trás, lá aparece um sintoma e depois outro... num estalar de dedos vai tudo por água abaixo. Se aprendermos a relaxar e o relaxar é ficares quieto e pensares no teu "eu", com o tempo de forma automática consegues fazer com que o teu cérebro ultrapasse estes problemas.

JP100

Mensagens : 86
Reputação : 0
Data de inscrição : 16/01/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade e ataques de pânico

Mensagem por jpedro em Sab Fev 17 2018, 22:00

ok, então hoje devo ter passado o meu "limite"...

o dia não começou muito bem, já que acordei cedo como tudo porque os meus novos vizinhos de cima andam em mudanças e começaram às 8h da manhã

como a minha mulher estava a trabalhar, tive que ir às compras ao continente, tarefa que nem me importo muito de fazer, mas hoje foi sofrível... só me apetecia partir aquilo tudo

depois fui à bola (não correu bem Sad )...

resumindo sinto-me um farrapo... sinto formigueiros/dormências no corpo todo... parece que não tenho forças...
acho que vou para a caminha cedo para me recompor, até porque queria ir correr amanhã de manhã, mas como me estou a sentir não tenho vontade nenhuma

jpedro

Mensagens : 158
Reputação : 5
Data de inscrição : 08/08/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade e ataques de pânico

Mensagem por jpedro em Seg Fev 19 2018, 13:37

Ontem foi um dia"zen"...
Zero stress, tudo muito calminho e senti-me excelente, há muito tempo não me sentia tão bem!

Hoje voltei ao inferno!...
Assim que entrei no escritório comecei logo com tremores e a ansiedade disparou outra vez...e mais uma vez sem razão para isto acontecer.
Sinceramente já não sei o que fazer para ultrapassar isto.

Anda por aqui alguém de Coimbra que me possa aconselhar um psicólogo?
Em tempos falaram-me de uma psicóloga, mas não tinha acordo com o meu seguro de saúde e desisti por ser muito caro

jpedro

Mensagens : 158
Reputação : 5
Data de inscrição : 08/08/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade e ataques de pânico

Mensagem por guevara em Seg Fev 19 2018, 13:46

Mesmo Coimbra?

guevara

Mensagens : 111
Reputação : 4
Data de inscrição : 27/11/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade e ataques de pânico

Mensagem por jpedro em Seg Fev 19 2018, 13:47

Sim...

jpedro

Mensagens : 158
Reputação : 5
Data de inscrição : 08/08/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade e ataques de pânico

Mensagem por JP100 em Seg Fev 19 2018, 14:15

jpedro escreveu:Ontem foi um dia"zen"...
Zero stress, tudo muito calminho e senti-me excelente, há muito tempo não me sentia tão bem!

Hoje voltei ao inferno!...
Assim que entrei no escritório comecei logo com tremores e a ansiedade disparou outra vez...e mais uma vez sem razão para isto acontecer.
Sinceramente já não sei o que fazer para ultrapassar isto.

Anda por aqui alguém de Coimbra que me possa aconselhar um psicólogo?
Em tempos falaram-me de uma psicóloga, mas não tinha acordo com o meu seguro de saúde e desisti por ser muito caro

Como podes dizer sem razão para isso acontecer? Tu precisas de chegar ao teu subconsciente e perceber porque ocorreu esse disparo de ansiedade... Acho que fazes bem em ir a um psicólogo, nem deves pensar duas vezes. Não estás a controlar a tua ansiedade e nem fazes a mínima ideia da razão da mesma, portanto tens que fazer aí uma analise profunda do que se passou no teu cérebro quando entraste no escritório.

JP100

Mensagens : 86
Reputação : 0
Data de inscrição : 16/01/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade e ataques de pânico

Mensagem por jpedro em Seg Fev 19 2018, 14:29

JP100 escreveu:
jpedro escreveu:Ontem foi um dia"zen"...
Zero stress, tudo muito calminho e senti-me excelente, há muito tempo não me sentia tão bem!

Hoje voltei ao inferno!...
Assim que entrei no escritório comecei logo com tremores e a ansiedade disparou outra vez...e mais uma vez sem razão para isto acontecer.
Sinceramente já não sei o que fazer para ultrapassar isto.

Anda por aqui alguém de Coimbra que me possa aconselhar um psicólogo?
Em tempos falaram-me de uma psicóloga, mas não tinha acordo com o meu seguro de saúde e desisti por ser muito caro

Como podes dizer sem razão para isso acontecer? Tu precisas de chegar ao teu subconsciente e perceber porque ocorreu esse disparo de ansiedade... Acho que fazes bem em ir a um psicólogo, nem deves pensar duas vezes. Não estás a controlar a tua ansiedade e nem fazes a mínima ideia da razão da mesma, portanto tens que fazer aí uma analise profunda do que se passou no teu cérebro quando entraste no escritório.

ó JP eu não encontro razão para isto, mas sei que ela em que existir... daí estar a dizer que não vejo uma razão aparente!

Possivelmente o meu subconsciente já me diz que vou "tripar" em determinados sítios e mesmo sem querer vou ter sempre estes ataques a menos que os consiga controlar... mas para isso já percebi que só lá vou com ajuda "externa"

não fiz outra coisa hoje senão andar à procura de nomes de psicólogos e saber se têm ou não acordos com o meu seguro...

jpedro

Mensagens : 158
Reputação : 5
Data de inscrição : 08/08/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade e ataques de pânico

Mensagem por JP100 em Seg Fev 19 2018, 16:05

jpedro escreveu:
JP100 escreveu:
jpedro escreveu:Ontem foi um dia"zen"...
Zero stress, tudo muito calminho e senti-me excelente, há muito tempo não me sentia tão bem!

Hoje voltei ao inferno!...
Assim que entrei no escritório comecei logo com tremores e a ansiedade disparou outra vez...e mais uma vez sem razão para isto acontecer.
Sinceramente já não sei o que fazer para ultrapassar isto.

Anda por aqui alguém de Coimbra que me possa aconselhar um psicólogo?
Em tempos falaram-me de uma psicóloga, mas não tinha acordo com o meu seguro de saúde e desisti por ser muito caro

Como podes dizer sem razão para isso acontecer? Tu precisas de chegar ao teu subconsciente e perceber porque ocorreu esse disparo de ansiedade... Acho que fazes bem em ir a um psicólogo, nem deves pensar duas vezes. Não estás a controlar a tua ansiedade e nem fazes a mínima ideia da razão da mesma, portanto tens que fazer aí uma analise profunda do que se passou no teu cérebro quando entraste no escritório.

ó JP eu não encontro razão para isto, mas sei que ela em que existir... daí estar a dizer que não vejo uma razão aparente!

Possivelmente o meu subconsciente já me diz que vou "tripar" em determinados sítios e mesmo sem querer vou ter sempre estes ataques a menos que os consiga controlar... mas para isso já percebi que só lá vou com ajuda "externa"

não fiz outra coisa hoje senão andar à procura de nomes de psicólogos e saber se têm ou não acordos com o meu seguro...

Exatamente, estás com fobia a espaços, o teu subconsciente sente que esse sitio é inseguro... mas acho que deve ser algo leve, senão nem conseguias entrar nele...

JP100

Mensagens : 86
Reputação : 0
Data de inscrição : 16/01/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade e ataques de pânico

Mensagem por jpedro em Seg Fev 19 2018, 16:16

JP100 escreveu:
jpedro escreveu:
JP100 escreveu:
jpedro escreveu:Ontem foi um dia"zen"...
Zero stress, tudo muito calminho e senti-me excelente, há muito tempo não me sentia tão bem!

Hoje voltei ao inferno!...
Assim que entrei no escritório comecei logo com tremores e a ansiedade disparou outra vez...e mais uma vez sem razão para isto acontecer.
Sinceramente já não sei o que fazer para ultrapassar isto.

Anda por aqui alguém de Coimbra que me possa aconselhar um psicólogo?
Em tempos falaram-me de uma psicóloga, mas não tinha acordo com o meu seguro de saúde e desisti por ser muito caro

Como podes dizer sem razão para isso acontecer? Tu precisas de chegar ao teu subconsciente e perceber porque ocorreu esse disparo de ansiedade... Acho que fazes bem em ir a um psicólogo, nem deves pensar duas vezes. Não estás a controlar a tua ansiedade e nem fazes a mínima ideia da razão da mesma, portanto tens que fazer aí uma analise profunda do que se passou no teu cérebro quando entraste no escritório.

ó JP eu não encontro razão para isto, mas sei que ela em que existir... daí estar a dizer que não vejo uma razão aparente!

Possivelmente o meu subconsciente já me diz que vou "tripar" em determinados sítios e mesmo sem querer vou ter sempre estes ataques a menos que os consiga controlar... mas para isso já percebi que só lá vou com ajuda "externa"

não fiz outra coisa hoje senão andar à procura de nomes de psicólogos e saber se têm ou não acordos com o meu seguro...

Exatamente, estás com fobia a espaços, o teu subconsciente sente que esse sitio é inseguro... mas acho que deve ser algo leve, senão nem conseguias entrar nele...

pois, deve ser isso...
o problema é que nem sequer foi aqui que me deram as "cenas más"... antes pelo contrário...
só nas últimas semanas é que me tenho sentido pior quando venho trabalhar.

jpedro

Mensagens : 158
Reputação : 5
Data de inscrição : 08/08/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade e ataques de pânico

Mensagem por guevara em Seg Fev 19 2018, 16:26

eu tenho pânico de ir a todos os lugares, excepto a minha casa, e mesmo aqui, se estiver pessoas estranhas fico sempre com crises de pânico. se tiver de ir a um centro comercial, a um café, entro em crise. não consigo sequer de me sentar numa esplanada a beber alguma coisa, parece que o mundo cai em cima de mim, a minha visão começa a ficar meia estranha e eu começo a sentir tudo distante de mim

guevara

Mensagens : 111
Reputação : 4
Data de inscrição : 27/11/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade e ataques de pânico

Mensagem por JP100 em Seg Fev 19 2018, 16:43

guevara escreveu:eu tenho pânico de ir a todos os lugares, excepto a minha casa, e mesmo aqui, se estiver pessoas estranhas fico sempre com crises de pânico. se tiver de ir a um centro comercial, a um café, entro em crise. não consigo sequer de me sentar numa esplanada a beber alguma coisa, parece que o mundo cai em cima de mim, a minha visão começa a ficar meia estranha e eu começo a sentir tudo distante de mim

Eu tinha esse problema nos hiper mercados, então quando ficava na fila havia uma aumento de ansiedade, quando saia voltava tudo ao normal... Quando comecei a tomar um antidepressivo, ui, até podia ir a Marte, parece que queria fazer tudo, o mundo era uma maravilha, mas a medicação ajudou a organizar as ideias estúpidas e depois de um desmame como deve ser, tudo se endireitou. Agora sem a medicação conseguia ir a Marte? Acho que não. Laughing

JP100

Mensagens : 86
Reputação : 0
Data de inscrição : 16/01/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade e ataques de pânico

Mensagem por jpedro em Seg Fev 19 2018, 16:59

JP100 escreveu:
guevara escreveu:eu tenho pânico de ir a todos os lugares, excepto a minha casa, e mesmo aqui, se estiver pessoas estranhas fico sempre com crises de pânico. se tiver de ir a um centro comercial, a um café, entro em crise. não consigo sequer de me sentar numa esplanada a beber alguma coisa, parece que o mundo cai em cima de mim, a minha visão começa a ficar meia estranha e eu começo a sentir tudo distante de mim

Eu tinha esse problema nos hiper mercados, então quando ficava na fila havia uma aumento de ansiedade, quando saia voltava tudo ao normal... Quando comecei a tomar um antidepressivo, ui, até podia ir a Marte, parece que queria fazer tudo, o mundo era uma maravilha, mas a medicação ajudou a organizar as ideias estúpidas e depois de um desmame como deve ser, tudo se endireitou. Agora sem a medicação conseguia ir a Marte? Acho que não. Laughing

Juro que se for preciso tomar medicação eu tomo!!
Há uns meses não dizia isto e se leres o meu histórico percebes que sou um bocado contra a medicação, mas já estou por tudo...
Ando a tomar castilium, tomo 1 comprimido à noite. Isto foi prescrito pelo meu médico de família que até me
disse para tomar mais se fosse preciso (por exemplo um de manhã ou mesmo a meio do dia que é quando as coisas ficam ainda piores)... mas os médicos de família não me parecem ser as pessoas certas para receitar este tipo de medicamentos, sempre tive esta opinião no inicio das crises este comprimido ajudou-me a ultrapassá-las um bocado, mas agora acho que já nem me faz cocegas...

jpedro

Mensagens : 158
Reputação : 5
Data de inscrição : 08/08/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade e ataques de pânico

Mensagem por JP100 em Seg Fev 19 2018, 17:09

jpedro escreveu:
JP100 escreveu:
guevara escreveu:eu tenho pânico de ir a todos os lugares, excepto a minha casa, e mesmo aqui, se estiver pessoas estranhas fico sempre com crises de pânico. se tiver de ir a um centro comercial, a um café, entro em crise. não consigo sequer de me sentar numa esplanada a beber alguma coisa, parece que o mundo cai em cima de mim, a minha visão começa a ficar meia estranha e eu começo a sentir tudo distante de mim

Eu tinha esse problema nos hiper mercados, então quando ficava na fila havia uma aumento de ansiedade, quando saia voltava tudo ao normal... Quando comecei a tomar um antidepressivo, ui, até podia ir a Marte, parece que queria fazer tudo, o mundo era uma maravilha, mas a medicação ajudou a organizar as ideias estúpidas e depois de um desmame como deve ser, tudo se endireitou. Agora sem a medicação conseguia ir a Marte? Acho que não. Laughing

Juro que se for preciso tomar medicação eu tomo!!
Há uns meses não dizia isto e se leres o meu histórico percebes que sou um bocado contra a medicação,mas já estou por tudo...
Ando a tomar castilium, tomo 1 comprimido à noite. Isto foi prescrito pelo meu médico de família que até me
disse para tomar mais se fosse preciso (por exemplo um de manhã ou mesmo a meio do dia que é quando as coisas ficam ainda piores)... mas os médicos de família não me parecem ser as pessoas certas para receitar este tipo de medicamentos, sempre tive esta opinião
no inicio das crises este comprimido ajudou-me a ultrapassá-las um bocado, mas agora acho que já nem me faz cocegas...

No meu caso também foi o médico de família, eu comecei com um ansiolitico e piorei, bati no fundo... o que é completamente diferente do teu caso... só o antidepressivo me ajudou a enfrentar as coisas... Mas no teu caso não me parece que estejas numa situação muito grave... começa com o psicólogo e vê até o que ele diz. Até como sabes, entrares na medicação, não é como tomares rebuçados... resolve uns problemas mas também te provoca outros...

JP100

Mensagens : 86
Reputação : 0
Data de inscrição : 16/01/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade e ataques de pânico

Mensagem por jpedro em Seg Fev 19 2018, 17:56

JP100 escreveu:
jpedro escreveu:
JP100 escreveu:
guevara escreveu:eu tenho pânico de ir a todos os lugares, excepto a minha casa, e mesmo aqui, se estiver pessoas estranhas fico sempre com crises de pânico. se tiver de ir a um centro comercial, a um café, entro em crise. não consigo sequer de me sentar numa esplanada a beber alguma coisa, parece que o mundo cai em cima de mim, a minha visão começa a ficar meia estranha e eu começo a sentir tudo distante de mim

Eu tinha esse problema nos hiper mercados, então quando ficava na fila havia uma aumento de ansiedade, quando saia voltava tudo ao normal... Quando comecei a tomar um antidepressivo, ui, até podia ir a Marte, parece que queria fazer tudo, o mundo era uma maravilha, mas a medicação ajudou a organizar as ideias estúpidas e depois de um desmame como deve ser, tudo se endireitou. Agora sem a medicação conseguia ir a Marte? Acho que não. Laughing

Juro que se for preciso tomar medicação eu tomo!!
Há uns meses não dizia isto e se leres o meu histórico percebes que sou um bocado contra a medicação,mas já estou por tudo...
Ando a tomar castilium, tomo 1 comprimido à noite. Isto foi prescrito pelo meu médico de família que até me
disse para tomar mais se fosse preciso (por exemplo um de manhã ou mesmo a meio do dia que é quando as coisas ficam ainda piores)... mas os médicos de família não me parecem ser as pessoas certas para receitar este tipo de medicamentos, sempre tive esta opinião
no inicio das crises este comprimido ajudou-me a ultrapassá-las um bocado, mas agora acho que já nem me faz cocegas...

No meu caso também foi o médico de família, eu comecei com um ansiolitico e piorei, bati no fundo... o que é completamente diferente do teu caso... só o antidepressivo me ajudou a enfrentar as coisas... Mas no teu caso não me parece que estejas numa situação muito grave... começa com o psicólogo e vê até o que ele diz. Até como sabes, entrares na medicação, não é como tomares rebuçados... resolve uns problemas mas também te provoca outros...

o meu médico de família receitou-me o casitlium quando lhe falei do primeiro ataque de pânico que tive e pelo que percebi o medicamente é indicado para estas coisas... "o homem até costuma dizer que os medicamentos são para tomar quando é preciso! quando não temos doenças não precisamos de tomar nada"

hoje por exemplo sinto-me deprimido porque não vejo melhorias e uma coisa puxa a outra... o efeito bola-de-neve que todos nós conhecemos...

jpedro

Mensagens : 158
Reputação : 5
Data de inscrição : 08/08/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade e ataques de pânico

Mensagem por JP100 em Seg Fev 19 2018, 19:25

jpedro escreveu:
JP100 escreveu:
jpedro escreveu:
JP100 escreveu:
guevara escreveu:eu tenho pânico de ir a todos os lugares, excepto a minha casa, e mesmo aqui, se estiver pessoas estranhas fico sempre com crises de pânico. se tiver de ir a um centro comercial, a um café, entro em crise. não consigo sequer de me sentar numa esplanada a beber alguma coisa, parece que o mundo cai em cima de mim, a minha visão começa a ficar meia estranha e eu começo a sentir tudo distante de mim

Eu tinha esse problema nos hiper mercados, então quando ficava na fila havia uma aumento de ansiedade, quando saia voltava tudo ao normal... Quando comecei a tomar um antidepressivo, ui, até podia ir a Marte, parece que queria fazer tudo, o mundo era uma maravilha, mas a medicação ajudou a organizar as ideias estúpidas e depois de um desmame como deve ser, tudo se endireitou. Agora sem a medicação conseguia ir a Marte? Acho que não. Laughing

Juro que se for preciso tomar medicação eu tomo!!
Há uns meses não dizia isto e se leres o meu histórico percebes que sou um bocado contra a medicação,mas já estou por tudo...
Ando a tomar castilium, tomo 1 comprimido à noite. Isto foi prescrito pelo meu médico de família que até me
disse para tomar mais se fosse preciso (por exemplo um de manhã ou mesmo a meio do dia que é quando as coisas ficam ainda piores)... mas os médicos de família não me parecem ser as pessoas certas para receitar este tipo de medicamentos, sempre tive esta opinião
no inicio das crises este comprimido ajudou-me a ultrapassá-las um bocado, mas agora acho que já nem me faz cocegas...

No meu caso também foi o médico de família, eu comecei com um ansiolitico e piorei, bati no fundo... o que é completamente diferente do teu caso... só o antidepressivo me ajudou a enfrentar as coisas... Mas no teu caso não me parece que estejas numa situação muito grave... começa com o psicólogo e vê até o que ele diz. Até como sabes, entrares na medicação, não é como tomares rebuçados... resolve uns problemas mas também te provoca outros...

o meu médico de família receitou-me o casitlium quando lhe falei do primeiro ataque de pânico que tive e pelo que percebi o medicamente é indicado para estas coisas... "o homem até costuma dizer que os medicamentos são para tomar quando é preciso! quando não temos doenças não precisamos de tomar nada"

hoje por exemplo sinto-me deprimido porque não vejo melhorias e uma coisa puxa a outra... o efeito bola-de-neve que todos nós conhecemos...

Tens que ir a uma consulta de psicologia... Era o que eu fazia no teu lugar. Estás numa situação que não me parece ser das piores, comparadas com outras que leio aqui no fórum...

JP100

Mensagens : 86
Reputação : 0
Data de inscrição : 16/01/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade e ataques de pânico

Mensagem por jpedro em Ter Fev 20 2018, 20:08

Bem, hoje foi uma manhã calma, mas depois do almoço comecei outra vez a ficar meio avariado...

Estava eu a pegar no tlm para ligar para uma psicóloga (já ontem tinha tentado sem sucesso), quando me ligam do centro de saúde para agendar uma consulta no psicólogo lá do centro... Foi ouro sobre azul!
Agora vou ter que acalmar um bocado porque só tenho consulta no dia 12 de março, que é daqui a 3 semanas.
Já ouvi maravilhas do psicólogo, por isso espero que valha a pena a espera

jpedro

Mensagens : 158
Reputação : 5
Data de inscrição : 08/08/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade e ataques de pânico

Mensagem por RC em Qua Fev 21 2018, 11:10

vais ver que vai resultar a ida ao psicólogo! Smile

_________________
Imagine uma nova história para sua vida e acredite nela....
avatar
RC

Mensagens : 306
Reputação : 8
Data de inscrição : 27/06/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade e ataques de pânico

Mensagem por JP100 em Qua Fev 21 2018, 14:23

jpedro escreveu:Bem, hoje foi uma manhã calma, mas depois do almoço comecei outra vez a ficar meio avariado...

Estava eu a pegar no tlm para ligar para uma psicóloga (já ontem tinha tentado sem sucesso), quando me ligam do centro de saúde para agendar uma consulta no psicólogo lá do centro... Foi ouro sobre azul!
Agora vou ter que acalmar um bocado porque só tenho consulta no dia 12 de março, que é daqui a 3 semanas.
Já ouvi maravilhas do psicólogo, por isso espero que valha a pena a espera

É uma boa noticia, deste um passo muito importante, agora não desistas, vais ver que tudo vai melhorar.

JP100

Mensagens : 86
Reputação : 0
Data de inscrição : 16/01/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade e ataques de pânico

Mensagem por jpedro em Qua Fev 21 2018, 16:04

agora só custa o tempo de espera...
mas quem esteve tanto tempo assim, aguenta mais duas semanas (e meia Smile )

jpedro

Mensagens : 158
Reputação : 5
Data de inscrição : 08/08/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade e ataques de pânico

Mensagem por jpedro em Sab Fev 24 2018, 18:07

Hoje não está a ser um dia fácil.
Foi uma semana das "puxadas"... E para ajudar não dormi a ponta de um corno!...
Resumido, voltaram os tremores, as tonturas, as dores de cabeça, até a visão meio embaçada.
Eu a pensar que tinha melhorado um bocado voltou tudo ao mesmo ☹️

jpedro

Mensagens : 158
Reputação : 5
Data de inscrição : 08/08/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade e ataques de pânico

Mensagem por jpedro em Dom Fev 25 2018, 19:34

Boas, há uns tempos queixei-me sentia uns tremores nos olhos, mas nos últimos dias isto piorou bastante, principalmente o olho direito que treme de 5 em 5 minutos.
Tirando a ansiedade isto pode ser alguma coisa?
Acham que me devo preocupar?
Juro que hoje me estou a passar com isto...

jpedro

Mensagens : 158
Reputação : 5
Data de inscrição : 08/08/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade e ataques de pânico

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 12 de 16 Anterior  1 ... 7 ... 11, 12, 13, 14, 15, 16  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum