Últimos assuntos
» Depois do desespero
Hoje à(s) 20:21 por rafaelvoodoo

» Desmame de Alprazolam 0,25
Hoje à(s) 14:03 por Ingrid_K

» Quando a minha mente chegou ao limite...
Hoje à(s) 02:17 por Cristiane Aparecida Lessa

» Desmame Sertralina
Hoje à(s) 02:09 por Cristiane Aparecida Lessa

» desmame Sertralina
Hoje à(s) 01:56 por Cristiane Aparecida Lessa

» Ansiedade/ disturbio mental
Ter Abr 25 2017, 19:03 por ester

» Ataques de Pânico e Agorafobia
Seg Abr 24 2017, 17:20 por guevara

» Eu não sei mais o que fazer
Seg Abr 24 2017, 12:12 por Cassandra

» opressão vs depressão
Dom Abr 23 2017, 22:54 por 1006

» Depois do desespero
Dom Abr 23 2017, 22:17 por lanaKayle

Quem está conectado
12 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 12 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 52 em Sab Fev 01 2014, 18:10

por favor preciso de ajuda ! nao sei como dizer isto nem tenho a quem dizer...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

por favor preciso de ajuda ! nao sei como dizer isto nem tenho a quem dizer...

Mensagem por joaoferreira em Ter Mar 22 2016, 07:35

Boa noite ! Eu não sei como dizer isto nem por onde começar... eu penso que sofro de problemas psicológicos, mas não sei bem o que... isto já nao é a nem a primeira, nem segunda ou terceira vez que penso nestas coisas todas, mas depois de muitas coisas que andei a ler na internet e de várias "viajens" que fiz às minhas memórias do passado eu penso que sofri maus tratos (abusos fisicos e psicológicos) na minha infância por parte da minha irmã, que é 3 anos mais velha que eu (eu tou quase a fazer 26 anos e a minha irmã tem 29), e que ainda hoje continua mas sendo "apenas" abusos psicológicos, mas muito mais intensos agora... eu sinto agora que desde pequeno fui constantemente "usado", abusado e humilhado... desde os imensos favores que ela me pedia e que não sei como acabava sempre por conseguir manipular-me a ir à rua comprar-lhe revistas e coisas do género sem nunca receber nada em troca e pior é que depois era capaz de gozar comigo e tratar-me como "lixo", muitas vezes ela chegava a bater-me tambem (dar-me pontapes na cara, empurrava-me das cadeiras, dava-me chapadas ao ponto de partir-me os óculos, etc...).

À medida que fui crescendo, ia-me tornando cada vez mais uma pessoa que não sabia dizer "não" às outras e que simplesmente fazia o que fosse preciso para agradar as outras, o que aos poucos me fez ir afastando e isolando cada vez mais das pessoas...até que cheguei ao meu 7º ano e fui para uma escola pública, onde fui variadas vezes vitima de bullying, roubavam-me e chantageavam-me... aconteceu-me um episódio em que fui conhecer uma rapariga, tinha eu os meus 13 anos e ela 15, e depois de ter falado com ela, ao voltar para ir ter com os meus colegas, fui andando aos saltinhos isto porque tava contente, e a partir daí sempre fui chamado de gay e gozado pelos meus colegas de turma (com esta idade já sentia impulsos, ansiedade e já andava a fumar diariamente).

Mais uns anos passaram-se, e com cerca de 16 anos, já no 10º ano, eu ainda era gozado pelos meus colegas e era posto de lado tanto em jogos de futebol como em conversas... por volta desta altura, começaram a surgir-me pensamentos gays, como vestir as cuecas da minha irmã enquanto estava em casa, até que tanto ela como os meus pais descobriram, e desde aí tenho vindo a ser bombardeado com julgamentos, criticas, gozo e humilhação !
Por volta desta altura, o meu comportamento começou a alterar-se bruscamente... comecei a dar-me com más companhias, faltava e dava cada vez menos atenção à escola, tava a tornar-me uma pessoa mais violenta e cheguei a participar num assalto a um rapaz, onde fui de seguida apanhado e levado para a esquadra... consequentemente esta situação toda levou-me cada vez mais a "cair" na deliquência, e comecei a fumar drogas... por esta altura a minha mãe já sabia do assalto, e assim que descobriu que andava a fumar drogas, se a confiança dela em mim já estava baixa ainda pior ficou com esta situação !

Agora, com cerca de 19 anos, estava a ir para uma faculdade, para uma nova vida onde pensava que já nao iria ter mais problemas, pelo contrário... devido às festas da faculdade que eram muitas vezes associadas às drogas e ao alcool, as desconfianças da minha mãe foram-se tornando cada vez mais intensas e sentia que era constantemente desvalorizado e negligenciado que aliado aos maus tratos da minha irmã fizeram com que eu desistisse da faculdade.

A partir daqui foi sempre a descer... entrava noutra faculdade perdia o interesse e desistia, fui-me tornando cada vez mais viciado na droga, tabaco e alcool, à medida que este tempo ia passando ia-me sentindo um inútil pois não fazia nada, os episódios em que vestia as cuecas da minha irmã foram-se tornando mais frequentes, e "evoluiram" para uma situação em que enfio objectos no cu e as criticas e humilhações constantes foram-se tornando cada vez mais "abusivas". Nesta altura, o meu grupo de amigos, que já eram diferentes dos outros, descobriram umas fotos que eu tinha com as cuecas da minha irmã no meu telemóvel, e a partir daí o único pensamento que me vinha à cabeça era fugir, suicidar-me, desaparecer ! Afundei-me de tal maneira nas drogas "pesadas" e nas "raves", que um dia dei por mim a abusar sexualmente de uma amiga minha que tinha adormecido devido ao cansaço e do estado de embriaguez em que se encontrava e que acordou enquanto estava no meio do "acto". Este evento, para além de traumático, foi o meu "wake up call". Perdi a amizade dela, levei uma "chapada" psicológica enorme mas comecei a ganhar coragem para corrigir os meus erros.

Hoje em dia, já mais consciente destes eventos, deixei as drogas "pesadas", sendo que continuo viciado nas drogas "leves", comecei a ir ao ginásio, comecei a ganhar outros interesses e estou de volta à faculdade, mas... os mesmos abusos psicologicos por parte da minha irmã que já vinham do passado ainda persistem e cada vez vêm com mais ódio... eu neste momento não sei o que fazer para dar a volta a esta situação, estou desesperado, com imensas dúvidas e com receio que as coisas se tornem ainda piores para o meu lado. Eu próprio, às vezes, fico confuso com a minha orientação sexual, eu sei que gosto de mulheres, até porque nunca tive nenhuma relação sexual com um homem, mas ao mesmo tempo enfio objectos no cu... não sei o que fazer, não percebo porque sou assim, nunca contei isto a ninguém, mas tenho receio que as coisas piorem cada vez mais ! O que sei é que com isto tudo, eu tou a tornar-me uma pessoa cada vez mais anti-social e com menos amigos, se é que ainda tenho algum, e a afastar-me cada vez mais das pessoas no geral !

Por favor, preciso de ajuda ! Preciso que alguém me diga o que devo fazer !

joaoferreira

Mensagens : 3
Reputação : 0
Data de inscrição : 22/03/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: por favor preciso de ajuda ! nao sei como dizer isto nem tenho a quem dizer...

Mensagem por maisumaansiosa em Sab Mar 26 2016, 02:13

Eu poderia falar palavras maravilhosas aqui, não conheço sua família ou algo sobre você além do que está aqui. Então posso dizer que as únicas reações que tive ao ler isso foram: mandar a sua irmã tomar no cu, sério, eu nunca mais olharia na cara dela. Eu sei que é provável que você nunca se esqueça das coisas que ela faz, mas o que eu faria se fosse você seria nunca mais olhar na cara dela (imagino que more sozinho). Em segundo lugar, sobre os "objetos" os quais você falou... Já experimentou ter alguma relação sexual com um homem? E qual o problema se você gostar? Você tem todo o direito de gostar de mulheres, homens, o que importa é ser feliz. De novo, não sei se você mora sozinho ou se alguém te sustenta, mas se você se sustentar, saiba que a vida é sua, você pode fazer o que quiser, taca o foda-se para quem vem a te julgar. Ouça um conselho de uma desconhecida: você não precisa de bebida, drogas, assaltos, abusos para se sentir completo. Aposto que você é uma pessoa boa por dentro, mas que sofreu muito. Não deixe isso te apagar. Se tiver condições, procure ajuda terapêutica ou psiquiátrica.

maisumaansiosa

Mensagens : 13
Reputação : 0
Data de inscrição : 23/07/2015
Idade : 18

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Re: por favor preciso de ajuda ! nao sei como dizer isto nem tenho a quem dizer...

Mensagem por joaoferreira em Sab Mar 26 2016, 13:33

Se calhar até podia gostar... não sei, nunca me envolvi com nenhum homem sexualmente, mas também não quero. Para ser sincero, eu próprio já me testei, já falei com homens e até combinei, mas depois na hora da verdade acabo por deixar de responder e desinteresso-me, coisa que não acontece quando combino com mulheres. O que quero dizer é... eu já tive dias em que me sentia bem-disposto e animado, e nessas alturas esse tipo de pensamentos/atitudes nem me passam pela cabeça, e ao contrário quando me sinto deprimido e em baixo é quando eles aparecem.

Vou tentar por isto de uma maneira simples e resumida... basicamente como tenho noção que esses ataques da minha irmã já me acontecem desde pequeno, e eu ingénuo demais tanto para ter consciencia disso como para me defender, tambem nunca fui ajudado nem nunca me ensinaram a defender, sempre sentia que era tratado e julgado de maneira "diferente"... a minha irmã sempre foi a "certinha" e aquela que sempre teve boas notas, eu não o era mas mesmo quando conseguia ter "bons" ou "excelentes" era sempre desvalorizado e respondiam-me com "se tiveste boa nota, é porque nao deves ter sido o unico e o teste foi muito fácil", a primeira vez que eu disse a palavra "puta" à minha irmã o meu pai até me bateu com a fivela do cinto e no entanto ela farta-se de chamar "puta", "cabra", "vaca" à minha mãe, constantemente a mim chama-me de "aberraçao da natureza", "monstro", "gay", "drogado", "toxicodependente", "violador", etc. e nunca lhe acontece nada, até mesmo em miudo quando lhe dava às vezes uns tapinhas na cabeça o meu pai defendia-a sempre fazendo o mesmo a mim. Agora o problema nisto tudo, é que sem respostas e sem saber como me defender, acabava por começar a dar respostas mais violentas, daí a certa altura ter-me começado a tornar uma pessoa mais violenta. Eu por acaso até sou uma pessoa calma, consideram-me calmo, mas como é obvio, toda a gente tem o seu limite, já lhe cheguei a dar uma chapada ou outra, tambem não quero ser santo. Pondo de outra maneira, quando me zango e fico irritado com alguem eu simplesmente mando a pessoa à merda e não respondo mais, logo a outra pessoa já não responde mais... com a minha irmã é diferente, mesmo quando a mando à merda, ela não se sabe calar e continua a insistir e a provocar e a levar-me para alem dos meus limites, constantemente... maior parte das vezes consigo controlar e noutras, se bem que é muito raro, acabo por lhe dar uma chapada... eu sei que não devo bater, muito menos em mulheres, nem sou disso e também nunca fiz isso a ninguém, excepto com ela, que por azar é mulher... o que torna tudo muito mais complicado em resolver as coisas e piora ainda mais porque ela chega a ameaçar-me contar estas coisas às pessoas, aos meus amigos e até mesmo a policia... ou seja, concluindo, sem saber como me defender nem nada, a unica opção que acabo por ter é simplesmente calar-me e aturar isto ! É nestes momentos que me vou bastante abaixo, fico completamente deprimido e aliando ao facto de que tudo isto ter distorcido as minhas relações sociais, o que me levou a ser anti-social, e como é obvio a minha vida sexual acaba por ser praticamente nula... sinto que tudo isto que me acontece "rouba" a minha masculinidade, torna-me fraco e impotente, e consequentemente acabo por ir cedendo a este tipo de comportamentos/atitudes.

Infelizmente, com 25 anos ainda continuo por casa dos meus pais, a minha irmã que tá com 29, está na mesma situação, mas nem está a estudar nem a trabalhar... não quero viver assim, nem sou assim, eu sinto que sou "levado" para esses comportamentos, mas não sei de que outra maneira agir.

joaoferreira

Mensagens : 3
Reputação : 0
Data de inscrição : 22/03/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: por favor preciso de ajuda ! nao sei como dizer isto nem tenho a quem dizer...

Mensagem por luna95 em Sex Maio 27 2016, 13:07

João se puder procure ajuda psicológica. Culpar os outros infelizmente não nos vai curar pelo contrario ganhamos lhe mais raiva odio e a nossa vida não anda para a frente. Procure ajuda desabafe isso tudo q esta dentro de si eu acredito que encontre a solução, faça a sua vida sem se deixar influenciar pela sua irmã, faça de conta que ela não existe, não dÊ importância Às provocações dela, sei que isto parece impossível, mas quanto mais importância der mais vai sofrer e mais vai ruminar com o que ela faz. não busque mais o reconhecimento de ninguem, aceite-se e valorize-se. Acredito que tenha bom coraçao e que tudo isto passará. Tente ajuda psicológica e evite confrontos com ela e dê algum desprezo.
as melhoras

luna95

Mensagens : 25
Reputação : 2
Data de inscrição : 10/08/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: por favor preciso de ajuda ! nao sei como dizer isto nem tenho a quem dizer...

Mensagem por ester em Sex Maio 27 2016, 16:00

Ola joão,tem 25 anos e acho que tem que pôr ordem nas suas relações. foi o que fiz, afastar-me das pessoas negativas que te matam toda a tua motivação.
Um celebre homem( já não sei quem) disse: antes de pensares que tens depressão, olha a tua volta e repara se as pessoas com quem convive não são umas idiotas!
Tens 25 anos e tens que te afastar da tua irmá e deste ambiente que não te leva a lado nenhum, só a pensamentos ruins e nefastes para ti.
tens 25 anos e tens que começar a ter objectivos concretos: o que queres fazer da vida?Que trabalho gostarias de ter? Como te vês daqui um ano? daqui 2?
Vês te casado com filhos? tens vontade disso? Ou queres viver uma relação feliz com um homem( Não é nenhuma vergonha) já te apaixonaste?
Começas a escrever num livro os pensamentos e desejos que tens para a vida... tens que pôr clareza na vida.
não podes ir uns dias para casa duns amigos para reflectir o rumo que queres percorrer na vida.afastando das pessoas que te prejudicam?
Acho que o que tens com a vontade de pôr cuecas talvez seja apenas fetichismo. Eu nasci na França e por acaso, há muitos homens que tem este desejo de por coisas de mulheres e vivem muito bem com isto. até as namoradas e mulheres sabem! não leves isso tanto a peito se não tens inclinações homossexuais!
Aqui claro é um meio pequeno, se te faz ser anti-social, faz isto nos momentos em que estas sozinho!
Não tens motivação para ir para outra cidade e começar uma vida nova?
Coragem e as melhores!


ester

Mensagens : 107
Reputação : 5
Data de inscrição : 08/04/2016
Localização : portugal

Ver perfil do usuário http:// http://portuguesesfelizes.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: por favor preciso de ajuda ! nao sei como dizer isto nem tenho a quem dizer...

Mensagem por MariaLaura em Seg Maio 30 2016, 22:11

A célebre frase foi dita por Sigmund Freud, médico e psicanalista. Vale a pena ler os seus textos.

MariaLaura

Mensagens : 37
Reputação : 15
Data de inscrição : 09/09/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: por favor preciso de ajuda ! nao sei como dizer isto nem tenho a quem dizer...

Mensagem por jussierd em Sab Jun 18 2016, 02:43

Olá João, acompanhei aqui toda a sua história e percebi que você realmente esteve em situações muito complicadas e negativas, não somente para você como para pessoas próximas a você. No entanto, repare que - se bem entendi sua história - muita coisa melhorou. Você não usa mais drogas pesadas, não se envolve mais com situações que podem te levar à prisão e não está causando males às pessoas ao seu redor. No entanto, causa males a si mesmo. Não vou dizer que você tenha problemas  psicológicos - talvez não seja este o caso -, você pode apenas ter problemas ocasionados pelas situações que você vivencia em seu lar. É uma área de estudo já conformada a de que quanto mais estável o lar em que uma criança vive e as condições que lhe são dadas, melhor serão as suas chances de obter sucesso e prazer em tudo aquilo que empreenda em toda a sua vida. Me parece que você nunca teve uma relação muito saudável com seus pais e a sua irmã. Portanto, talvez seja realmente recomendável você se mudar e procurar trabalhar e estudar em alguma outra cidade ou estado. Um novo lugar provavelmente te trará novas perspectivas e novos interesses, você conhecerá novas pessoas e isto lhe mostrará que a vida não precisa ser pautada nem centrada em uma coisa só. Vale ressaltar que você não deve fazer isso apressadamente, pesquise um lugar legal que possa te proporcionar boas condições e que não te proporcione uma vida tão conturbada; possivelmente morar na residência da universidade em que você venha a estudar pode ser financeiramente viável e mais cômodo para você. Mas faça isso apenas se você se sentir confortável com o pensamento de se mudar para um novo lugar, você não precisa seguir o conselho de ninguém, deve fazer o que acreditar que seja o melhor para você e se não der certo pense que você seguiu seu coração, sinta-se feliz com isso pois você tem vontade própria, erga-se e continue seguindo em frente. Tente não se preocupar com o fato de você saber se é hétero ou não, todos nós somos héteros até o momento em que sentimos atração e nos relacionamos com alguém do mesmo sexo, assim como todos somos homossexuais até o momento em que sentimos atração e nos relacionamos com alguém do sexo oposto. Você não precisa se rotular, se sente vontade de se relacionar apenas com garotas, então tudo bem. Algum dia, talvez, você sinta vontade de se relacionar com algum homem, se este dia não chegar, então você continuará sendo a mesma pessoa de sempre. O sexo ou gênero da pessoa com quem você se relaciona não define quem você é, isto é apenas mais uma característica de você e você pode organizar isto da maneira que mais te for confortável, leve o tempo que levar. Tente escrever suas experiências e seus pensamentos em algo como um diário, com o passar do tempo você pode rever em quais aspectos você acredita que melhorou e quais você acha que pode modificar na sua vida; é uma forma de ver os problemas "de fora", normalmente não conseguimos ter um panorama mais largo daquilo que vivenciamos porque nos colocamos muito no centro de tudo, ter uma visão mais ampla dos nossos problemas pode nos mostrar pontos que normalmente nos passam despercebidos e que podem fazer toda a diferença para a solução destes. Enfim - este post já ficou longo demais -, procure fazer o que te deixa feliz e se distanciar de tudo que lhe é negativo, você não precisa brigar, xingar, nem rebater nada do que te faz mal, apenas retire isso da sua vida, gaste energia com o que te faz bem e procure compartilhar sua felicidade com aqueles que também compartilham felicidade com você. Consultar um psicólogo não faz de você uma pessoa doente, depressiva, perturbada, nem nada disso. Não me acho uma pessoa com problemas psicológicos nem uso medicamentos e vou ao psicólogo normalmente. Ele é apenas alguém que está disposto a nos ouvir sem que tenhamos de nos preocupar com críticas ou julgamentos, faz bem a qualquer um. Então procure consultar um psicólogo, nos faz sentir mais leves não ter que carregar tudo somente para nós mesmos. Espero que alguma coisa aqui possa te ajudar ou te trazer felicidade ou consolo. Um abraço e até breve.

jussierd

Mensagens : 2
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/06/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: por favor preciso de ajuda ! nao sei como dizer isto nem tenho a quem dizer...

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum