Últimos assuntos
» Choques elétricos?
Ontem à(s) 21:42 por Jose Campos

» Mal estar e depressão, sintomas da paragem da paroxetina ou continuação da depressão?
Ter Jun 27 2017, 19:16 por Marco M

» Comer durante a ansiedade
Ter Jun 27 2017, 19:05 por Jose Campos

» Desmame do Victan
Seg Jun 26 2017, 20:13 por zeta

» Por favor, conselhos, ajuda
Sab Jun 24 2017, 23:31 por Isaac Macêdo

» O desmame sugerido pela psiquiatra - OPINIÕES se faz favor
Qui Jun 22 2017, 18:07 por Marco M

» Recomendar, buscar e encontrar medico para ajudar
Seg Jun 19 2017, 04:39 por encontrar medico

» Gravidez com ansiedade generalizada
Dom Jun 18 2017, 20:06 por Barbara Reis

» Sintoma - Basofobia
Dom Jun 18 2017, 19:07 por EdilsonGP

» Serão meras extrassistoles???!!!
Sab Jun 17 2017, 23:51 por Esdon

Quem está conectado
8 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 8 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 57 em Qui Maio 25 2017, 20:26

Preciso de conselho dos membros mais velhos

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Preciso de conselho dos membros mais velhos

Mensagem por Hamlet em Qua Jan 11 2017, 15:40

Olá

Tenho 37 anos, e já ando nesta luta contra a ansiedade/depressão desde os 20. Ando sem medicação há 2 anos, excepto o ocasional Victan, e um chá que tomo á noite que me tem ajudado na parte complicada que é a insónia, essa terrível falta de descanso que torna o dia-a-dia como que um fardo.

Fiz o desmame de Xanax 0,5 com um famoso psiquiatra do Porto (que me disse que ía ter alturas em que ía andar bem, outras em que ía precisar de fazer blocos de medicação. Ansiedade/pequenos ataques de pânico/ligeira agorafobia/medos), através de um anti-depressivo e Buscalma. Passado 1 mês fiz o desmame do genérico do Lexapro. Um pouco ás 3 pancadas, mas o Buscalma ajudou.
Tive de deixar de tomar devido aos efeitos no meu amiguinho, adormeceu para a vida, e na verdade, passados 2 anos, ainda está a recuperar dessa experiência que durou cerca de 3 meses. Assustador.

Meti na cabeça que não ía tomar mais nada, pois os problemas a nível sexual aumentam ainda mais os níveis de ansiedade (testosterona está ok).
Vou enganado o bicho com exercício físico, gravações de hipnoterapia (Michael Sealey), bluff positivo, sair mais de casa e siga.
Mas sempre a lidar com a ansiedade. Acho que já mereço uma pausa deste andar com a cabeça sempre a fazer filmes, falta de concentração, libido adormecida...

Gostava de saber se alguém toma/tomou algo para a ansiedade generalizada, que não desse aquela moca estúpida, e acima de tudo, que não adormecesse a libido, nem o respectivo.

Já tomei várias porcarias, e deixo aqui a lista:
Aguentei os sintomas até que em 2004 fui ao psiquiatra.

De 04 a 06 fiz medicação - Efexor e Socian
Fartei-me de andar tipo zombie em 07 não tomei nada. Correu mal. Levei com uma avalanche de sintomas. Na altura estava a ter problemas no trabalho (bullying psicológico, queriam que me despedisse, mas estava a ganhar mais ou menos, e sem outro em perspectiva. Tive de aguentar)
De 08 a 09 - Anafranil e Castillium. Começei a controlar melhor a situação, mas o andar dopado incomodava-me imenso. Reduzi, e lá deixei de tomar.

Quando me vi á rasca (andei um ano e meio desempregado, procurava activamente, mas não queria aceitar qualquer coisa), fui á médica de família, que me receitou Victan para s.o.s., e mais tarde, por causa das insónias, ansiedade matinal, irritabilidade, deu-me alprazolam 0,5, ao qual me habituei.

No final de 2014, despoletado por outra situação de desemprego e um relacionamento pouco saudável, fui á médica de família:
Triticum (1/3 de comprimido á noite) - Tomei 4 dias (diarreia, falar arrastado, falta de libido)
voltei lá:
Escitalopram - 3 dias - Fiquei ainda mais deprimido, pensamentos e sonhos esquisitos, zumbido nos ouvidos (demorou meses a passar, libido, problemas erecção....)

Meti na cabeça que ía a um profissional, e lá fui pagar as caríssimas consultas.
Ajudou-me a largar o alprazolam, mas o anti-depressivo (Lexapro genérico) matou por completo a minha libido, e piorou no geral a situação lá em baixo. Tive de deixar.

Vou andando, mas sempre a stressar. Preciso de um certo descanso que não estou a conseguir obter. Não tenho grande paciência (surpresa!) para consultas de psicologia. Apesar de ter sido ajudado por um (e por Victan) numa altura em que stressei grandemente por causa de um outro relacionamento amoroso).

Resumindo, alguém com uma história parecida, com um conselho para pesquisar, e a levar ao médico de família?

Hamlet

Mensagens : 1
Reputação : 0
Data de inscrição : 11/01/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Novo Tópico   Responder ao tópico
 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum