Últimos assuntos
» 3 dias sem Paroxetina
Hoje à(s) 13:30 por JP100

» Isto o que é...?
Hoje à(s) 13:21 por Duarte

» Duvida tabela equivalencia benzo
Ontem à(s) 14:54 por JP100

» Duvidas calores e frios
Dom Set 16 2018, 12:10 por JP100

» Ao dar "Tonturas" entra se em PÂNICO?
Sab Set 15 2018, 18:40 por JP100

» Medo de ter medo e não saber o que é
Sab Set 15 2018, 17:51 por Liliana

» Xanax/Alprazolam/Olcadil e duvidas e experiências
Sab Set 15 2018, 08:48 por Nuno Diogo

» Registo e lembranças
Qui Ago 30 2018, 15:55 por JP100

» Sintomas após desmame do alprozolam
Dom Ago 19 2018, 00:29 por clesio

» Desmame de ALPRAZOLAM 1mg / LORAZEPAM 2,5 mg
Ter Ago 14 2018, 21:11 por voyager

Quem está conectado
10 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 10 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 65 em Seg Jan 01 2007, 03:04

Ansiedade desde os 11 anos... os efeitos secundários do desmame podem surgir passado mais de 1 ano?

Ir em baixo

Ansiedade desde os 11 anos... os efeitos secundários do desmame podem surgir passado mais de 1 ano?

Mensagem por SC08 em Dom Nov 26 2017, 17:41

Boa tarde. Resolvi-me inscrever-me neste fórum pois li muito do que já aqui foi escrito e relacionei-me com as histórias de muitas pessoas, pelo que resolvi também partilhar a minha.

Desde sempre que fui uma criança muito ansiosa, com muitos medos e fobias irracionais, desde o "arroz" da televisão, à luz vermelha daqueles computadores antigos, e até mesmo com as estrelinhas do Panda quando a emissão acabava... Razz

No entanto, aos 11 anos tive o meu primeiro ataque de pânico. Lembro-me perfeitamente que foi num teste de Inglês. Sempre tive tendência para ser perfeccionista e o meu medo de falhar era extremo. Um dia deu-me uma "branca" e comecei a hiperventilar na sala de aula. A minha mãe foi-me buscar à escola e lembro-me que a primeira coisa que fiz quando saí foi vomitar. Mediram-me a tensão e estava anormalmente alta para uma criança daquela idade.

A partir daí, os meus medos e os ataques de pânico foram aumentando de frequência... porém, a partir dos meus 18 anos, não só ficaram frequentes como também se intensificaram, chegando mesmo a ir às urgências. Foi quando entrei para a faculdade (num curso BASTANTE exigente, numa das faculdades mais exigentes do país...) e mudei de cidade. Calhou também coincidir com a altura em que o meu pai emigrou para Angola. Passei de uma média excelente para chumbar em algumas cadeiras.
Passado um ano, a minha avó materna, que sempre me criou, teve um problema de saúde grave que implicou o internamento durante 3 meses. Passado outro ano, tive o meu primeiro desgosto amoroso, o chamado "levar com os pés" via mensagem de texto depois duma "relação" onde me senti muito pouco importante e amada. Todo este acumular de situações levou a que me fosse finalmente abaixo e que levasse a procurar ajuda médica, onde me foi diagnosticada uma depressão e o síndrome de ansiedade generalizada. Receitaram-me Alprazolam 0.5mg, Fluoxetina, Victan e Acutil.

Fui-me sentindo melhor e passado meio ano (mais ou menos na altura em que a posologia terminava), encontrei uma pessoa fantástica: o meu namorado. Amo-o imenso e é o meu melhor amigo. Uma pessoa compreensiva e com conhecimento destes meus problemas. O meu erro foi passado pouco tempo ter feito um desmame radical da medicação, e não ter consultado mais a psiquiatra. Curiosamente, não tive efeitos secundários, apenas a ansiedade moderada persistiu.

Porém, passado um ano e alguns meses, e devido a um sonho que tive e a uma consulta de tarot que me foi feita em 01/2016 e da qual já nem me recordava, os ataques de pânico e a ansiedade voltaram de uma forma exarcebada e muito acentuada, ao ponto de perder 5kg numa semana e a mal conseguir sair de casa. Não consigo deixar de pensar nos "e ses?", imagino o pior dos cenários em tudo, o meu medo de falhar e de desiludir os outros (principalmente o meu namorado) voltou... não sei se isto é em parte por ele já ter sofrido no passado no que toca a relacionamentos amorosos e eu ter um medo inconsciente e irracional de o magoar de alguma forma.

A minha questão é: será que isto poderá ter acontecido devido ao desmame radical que fiz há mais de 1 ano? Se sim, o que me aconselham a fazer?

SC08

Mensagens : 2
Reputação : 0
Data de inscrição : 26/11/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ansiedade desde os 11 anos... os efeitos secundários do desmame podem surgir passado mais de 1 ano?

Mensagem por Catarina Alves em Sex Mar 16 2018, 18:32

Ola. Aconselho-te a procurares um boom naturopata homeopata ou medico de medicina tradicional chinesa. Um desmame radical é muito mau, e sim, digo-te por experiencia, sintomas de desmame podem aparecer muitos meses depois. procura um medico porque o que estavas a tomar pode ser substituído por produtos naturais, acunpultura, kineseologia, radistesia e tantos outros. nenhum psiquiatra te vai dizer isto e a mim chamar-me-iam louca mas não sou. a mim está-me a ajudar. estou a fazer o desmame mais aos poucos e apenas de anafranil de uma dose muito baixa.

Catarina Alves

Mensagens : 9
Reputação : 0
Data de inscrição : 03/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum