Últimos assuntos
» 3 dias sem Paroxetina
Hoje à(s) 07:11 por CsaSousa

» Duvida tabela equivalencia benzo
Ontem à(s) 14:54 por JP100

» Duvidas calores e frios
Dom Set 16 2018, 12:10 por JP100

» Ao dar "Tonturas" entra se em PÂNICO?
Sab Set 15 2018, 18:40 por JP100

» Medo de ter medo e não saber o que é
Sab Set 15 2018, 17:51 por Liliana

» Xanax/Alprazolam/Olcadil e duvidas e experiências
Sab Set 15 2018, 08:48 por Nuno Diogo

» Isto o que é...?
Ter Set 11 2018, 13:33 por JP100

» Registo e lembranças
Qui Ago 30 2018, 15:55 por JP100

» Sintomas após desmame do alprozolam
Dom Ago 19 2018, 00:29 por clesio

» Desmame de ALPRAZOLAM 1mg / LORAZEPAM 2,5 mg
Ter Ago 14 2018, 21:11 por voyager

Quem está conectado
8 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 8 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 65 em Seg Jan 01 2007, 03:04

Sem saída!?

Ir em baixo

Sem saída!?

Mensagem por Cursed em Ter Dez 12 2017, 13:17

Sou um gajo que lutou ao longo da vida que tive e tenho (28).
Por mais inacreditável que possa parecer, toda a depressão é causada por um azar que nunca percebi... Como!? Porquê!?

Não quero focar muito no passado, só para perceberem o contexto, dai um breve resumo:
Vivi com mãe e padrasto, violência domestica e psicológica. Minha mãe foi-se embora e fiquei eu com ele mais 2 irmãs. Minha vida sempre foi meio sozinho quando criança, a chorar muito e a sonhar se alguma vez teria uma vida melhor. Mesmo sem mãe, a vida com padrasto era muitas discussões, mesmo que a violência domestica tenha terminado, passou muito a ser psicológica. Aos 23 terminei escola, fui trabalhar e finalmente consegui sair de casa, fui viver com amiga (Agora ex. amiga)...
Ela aos poucos começou também a querer tudo a maneira dela, também gostava de discutir e eu não (detesto discussões - evito)... Ao fim de 1 ano, deixei aquela casa e fui viver sozinho.
Na casa nova, onde vivi pela primeira vez sozinho, começou bem nos primeiros meses mas tudo desmoronou-se: Vizinhos de cima a discutir muito, ouvir-se os pés pela casa toda, até que reclamavam do cheio tanto a tabaco como ganzas (fumo para dormir e também porque gosto), quando dou por mim, vizinhos andam atrás de mim pela casa (Ao ouvir os passos deles), se eu fosse para o wc ou quarto, etc... Deixei de ter privacidade, percebi que também conseguiam ouvir-me em casa... Deixei de fumar em casa até, e ia ao jardim à noite, fizesse chuva ou sol. Nessas noites, algumas vezes chorava questionando porque não tenho sorte... Visto que só procuro um lugar para fazer o que me apetecer sem ter que incomodar os outros e eu estar na minha paz... Chorei noites em casa, (até ouvi eles comentar - Está a chorar!) - A casa é antiga, houve-se tudo...
Isso foi exactamente durante este ano...
Até que, voltei a lutar mais uma vez... Sai dessa casa o mês passado, e estou agora numa nova casa (Senhorio é um colega de trabalho)...
A casa é mais moderna e não tem comparação à outra... Mas, por mais inacreditavel que possa parecer... Tenho exactamente os mesmos problemas. Choro praticamente todos as noites, questionando, porque? Estou a ficar sem forças para lutar mais...
Se fumar na sala, quarto, cozinha - Oiço os vizinhos de cima a reclamar com o cheiro e depois vem os vizinhos do prédio que ao passar pela porta (moro no RC), reclamam. Se vou para a janela, vão eles à janela cuscar! E não só! Também os vizinhos de cima discutem no quarto à noite, ao ponto de ir dormir na sala... Não uso o meu quarto há 1 semana.

Estarei amaldiçoado? Que azar é este que me persegue para onde vou!?
Se já estive nos limites de suicídio... Estarei em que limite agora!?

Meu problema não é propriamente mental, é a vida que me dificulta sempre que eu tente lutar... Como se, independentemente do que faça, ela traz-me sempre azar... Quanto mais sossego e paz eu procure, menos tenho.

Choro praticamente todas as noites...
Chego a preferir trabalhar fins de semana, só para não ir para casa.

Nem 1 mês passou na nova casa, e já quero ir embora o mais rapidamente possível...
Chegando à conclusão, que devo viver é num ultimo andar - Assim não tenho vizinhos em cima para me chatear nem eu a eles!
Mas fiz um contrato de arrendamento de 1 ano, sendo que o meu senhorio/colega, os últimos inquilinos da casa bazaram 3 meses depois do contracto... Com que cara vou eu dizer-lhe que também quero ir embora nem passado 1 mês?
Ainda assim, gastei o dinheiro que tinha para renda e caução... Não tenho mais!

Sinto-me num beco sem saída!
Estou a morrer por dentro de tão cansado, cansado de tentar, cansado de lutar, cansado do mundo, cansado de tudo, não vale a pena o esforço constante que tive ao longo da vida, não vale a pena lutar... 28 anos a lutar por algo que nunca encontra a paz....
Só uma solução para resolver o problema... Causar o meu fim... Tudo acaba de uma vez por todas!






Cursed

Mensagens : 1
Reputação : 0
Data de inscrição : 12/12/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sem saída!?

Mensagem por patuxa em Sex Dez 15 2017, 00:14

Se estás por aqui é porque mereces o melhor. Ou seja se queres continuar a lutar é porque tens de o fazer. Dá para veres que és um rapaz lutador. Não te vás abaixo agora. Se não estás bem nesta casa fala com o teu colega pois se não falares com ele nunca saberás a sua reação, e até pode se que ele compreenda. Desistir é que nunca!

patuxa

Mensagens : 15
Reputação : 0
Data de inscrição : 08/08/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum