Últimos assuntos
» Desesperada por ajuda
Ontem à(s) 21:50 por Marco M

» desmame de Z drugs(stilnox/zolpiden)
Dom Abr 22 2018, 21:00 por Cristina ol

» Ajuda - Como fazer a redução de 0,25 xanax
Sex Abr 20 2018, 09:52 por Joao43

» O que fazer???
Qua Abr 18 2018, 13:47 por Baunilha

» Extra sistoles e ansiedade?
Qua Abr 18 2018, 04:19 por Jean Da Costa

» Dificuldade no ambiente de trabalho
Ter Abr 17 2018, 17:26 por Ana_Psicóloga

» Binaural Beats
Ter Abr 17 2018, 16:54 por Maria da Conceição Peralt

» O QUE É A MEDITAÇÃO
Ter Abr 17 2018, 16:50 por Maria da Conceição Peralt

» 5 htp causa insónia ??
Ter Abr 17 2018, 16:44 por Maria da Conceição Peralt

» EMDR alguém conhece ou já fez?
Ter Abr 17 2018, 15:35 por Maria da Conceição Peralt

Quem está conectado
13 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 13 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 57 em Qui Maio 25 2017, 20:26

Não me adapto à sociedade

Ir em baixo

Não me adapto à sociedade

Mensagem por asdfg em Dom Fev 11 2018, 19:12

Boa tarde,
Sou uma rapariga de 22 anos de idade, nasci e cresci numa família completamente funcional e feliz, tenho uma boa relação com os meus pais e irmãos, no entanto, não consigo adaptar-me ao modo de vida que as pessoas da minha idade têm e isso preocupa-me. A minha família sempre foi muito protetora e recebi uma educação se calhar um bocadinho antiquada, de maneira que sou muito agarrada à família e não consigo ser uma pessoa perfeitamente autónoma ( por exemplo, é impensável imaginar-me a morar sozinha ou viajar sozinha, coisa que já deveria ser perfeitamente normal com a minha idade) .Sou tímida e tomo desde há pouco tempo medicação para a ansiedade que me está a fazer bem, pelo menos no que diz respeito àqueles sintomas mais típicos, como tremores ou rubor facial, mas, por mais que tente e que me esforce, eu não consigo ter a vida que um jovem da minha idade tem, eu detesto sair à noite, não vejo prazer nenhum em fumar, não bebo, não tenho namorado e são muito poucos os amigos que tenho, ou seja, eu só me sinto bem em casa e, se saio, é só para tomar café e levo uma vida que considero monótona, é casa-faculdade, faculdade-casa e pouco mais...
Por um lado não gosto da vida que levo, por outro também não gosto de ir a festas, embebedar-me até cair e fazer disparates como se vê hoje em dia, e não acho viável que eu saia à noite só porque os outros também vão, sabendo que me vou sentir mal neste tipo de ambientes. Para piorar as coisas, passei a gostar de um rapaz mais velho, talvez porque ele já passou essa fase das bebedeiras e etc., e apesar de saber que ele tem defeitos, foi o único rapaz que mexeu comigo até agora e é mais maturo, no entanto, ele não demonstra assim tanto interesse ( apesar de que no inicio demonstrava) e eu sinceramente não sou muito de "mendigar" atrás de um rapaz, apesar de pensar nele todos os dias. Sei que ele tem problemas familiares e uma personalidade que dizem ser um bocadinho complicada (talvez devido a isso) mas ele é tão simpático e carinhoso que me fascina.
Não sei mesmo o que fazer, não sou feia nem tenho nada que me impeça de ser feliz, mas estou constantemente com medo do futuro e de ficar sozinha, estou com medo, por exemplo, de não conseguir arranjar emprego na minha área, estou com medo de num futuro próximo o meu irmão sair de casa para morar com a namorada( apesar de que ele vai morar proximo de mim, tenho medo que nós nos afastemos, nós somos mesmo "unha com carne" e ele é o meu grande amigo), medo de perder os meus pais, tenho medo de não casar, de não ter filhos... enfim, estou com pensamentos que a maioria das pessoas da minha idade não pensam mas eu penso.
Posto isto, o que acham que eu devo fazer? Devo recatar-me ou ir para as tais festas que eu não gosto? Devo desistir do rapaz? E o que fazer quando o meu irmão sair de casa?( tenho a certeza que vou chorar baba e ranho e que não me vou dar bem com esta situação..)

asdfg

Mensagens : 1
Reputação : 0
Data de inscrição : 11/02/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Não me adapto à sociedade

Mensagem por JP100 em Seg Fev 12 2018, 00:19

asdfg escreveu:Boa tarde,
Sou uma rapariga de 22 anos de idade, nasci e cresci numa família completamente funcional e feliz, tenho uma boa relação com os meus pais e irmãos, no entanto, não consigo adaptar-me ao modo de vida que as pessoas da minha idade têm e isso preocupa-me. A minha família sempre foi muito protetora e recebi uma educação se calhar um bocadinho antiquada, de maneira que sou muito agarrada à família e não consigo ser uma pessoa perfeitamente autónoma ( por exemplo, é impensável  imaginar-me  a morar sozinha ou viajar sozinha, coisa que já deveria ser perfeitamente normal com a minha idade) .Sou tímida e tomo desde há pouco tempo medicação para a ansiedade que me está a fazer bem, pelo menos no que diz respeito àqueles sintomas mais típicos, como tremores ou rubor facial, mas, por mais que tente e que me esforce, eu não consigo ter a vida que um jovem da minha idade tem, eu detesto sair à noite, não vejo prazer nenhum em fumar, não bebo, não tenho namorado e são muito poucos os amigos que tenho, ou seja, eu só me sinto bem em casa e, se saio, é só para tomar café e levo uma vida que considero monótona, é casa-faculdade, faculdade-casa e pouco mais...
Por um lado não gosto da vida que levo, por outro também não gosto de ir a festas, embebedar-me até cair e fazer disparates como se vê hoje em dia, e não acho viável que eu saia à noite só porque os outros também vão, sabendo que me vou sentir mal neste tipo de ambientes. Para piorar as coisas, passei a gostar de um rapaz mais velho, talvez porque ele já passou essa fase das bebedeiras e etc., e apesar de saber que ele tem defeitos, foi o único rapaz que mexeu comigo até agora e é mais maturo, no entanto, ele não demonstra assim tanto interesse ( apesar de que no inicio demonstrava) e eu sinceramente não sou muito de "mendigar" atrás de um rapaz, apesar de pensar nele todos os dias. Sei que ele tem problemas familiares e uma personalidade que dizem ser um bocadinho complicada (talvez devido a isso) mas ele é tão simpático e carinhoso que me fascina.
Não sei mesmo o que fazer, não sou feia nem tenho nada que me impeça de ser feliz, mas estou constantemente com medo do futuro e de ficar sozinha, estou com medo, por exemplo, de não conseguir arranjar emprego na minha área, estou com medo de num futuro próximo o meu irmão sair de casa para morar com a namorada( apesar de que ele vai morar proximo de mim, tenho medo que nós nos afastemos, nós somos mesmo "unha com carne" e ele é o meu grande amigo), medo de perder os meus pais, tenho medo de não casar, de não ter filhos... enfim, estou com pensamentos que a maioria das pessoas da minha idade não pensam mas eu penso.
Posto isto, o que acham que eu devo fazer? Devo recatar-me ou ir para as tais festas que eu não gosto? Devo desistir do rapaz? E o que fazer quando o meu irmão sair de casa?( tenho a certeza que vou chorar baba e ranho e que não me vou dar bem com esta situação..)      

Eu também detesto sair à noite, também não bebo, não fumo e são poucos os amigos que tenho... e depois? O que tem? O que os outros têm com isso? Se eu me sinto bem assim, porque raio devo ser diferente? Existo para para ser feliz à minha maneira, ou sou algum espelho? Se não gostasse da vida que levo, mudava-a num estalar de dedos. Acho que devemos fazer o que gostamos, sem pensar no que os outros pensam de nós ou porque a sociedade dita que somos anormais se formos diferentes da maioria. Se gostas do tal rapaz e obténs retorno, vai em frente, pois podes perder uma oportunidade de ser feliz. Quanto ao teu irmão, a vida é mesmo assim, tens que estar preparada para as mudanças. Foca-te em terminar a faculdade e se sentes solidão e achas que o convívio te faz falta, especialmente para combateres essa timidez, etc.. sai, vai às festas, arranja novos amigos, etc. Estás na idade em que muitos começam a pensar muito... Primeiro acaba o curso, o resto há-de vir a seguir.

JP100

Mensagens : 86
Reputação : 0
Data de inscrição : 16/01/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Não me adapto à sociedade

Mensagem por ninaMaria em Sex Fev 16 2018, 12:54

Porquê ser diferente é estar errado ou inadaptado?
Todos temos medo de mudar é como ter ansiedade quando é demais prejudica....procura um especialista para te ajudar nessas questões,tirar algumas duvidas e ajudar no processo....uma sugestão nao penses tanto no futuro,vive o presente

ninaMaria

Mensagens : 32
Reputação : 0
Data de inscrição : 26/08/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Não me adapto à sociedade

Mensagem por ninaMaria em Sex Fev 16 2018, 12:57

os espanhois dizem el futuro es incerto el pasado no volvera el presente es este momento vive hoy disfrutalo

ninaMaria

Mensagens : 32
Reputação : 0
Data de inscrição : 26/08/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Não me adapto à sociedade

Mensagem por RC em Sex Mar 02 2018, 17:19

para mim o futuro é o presente. Estar a pensar constantemente no que vai acontecer é errado, isso é a tal "nossa" ansiedade. Estamos sempre na ânsia do futuro. Eu estou a falar mas sou igual.

Não tens que mudar nada na tua rotina, podes tentar adaptar-te ao rapaz, ou porque não ele a ti?
Deixa o tempo decidir as coisas. Smile

_________________
Imagine uma nova história para sua vida e acredite nela....
avatar
RC

Mensagens : 306
Reputação : 8
Data de inscrição : 27/06/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Não me adapto à sociedade

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum