Últimos assuntos
» Ansiedade e Hipocondria
Hoje à(s) 21:14 por Gustavo B

» SENTINDO SOZINHA, RODEADA DE DE GENTE
Ontem à(s) 01:50 por Gustavo B

» Um tabu entre clonazepam e alprazolam
Sex Nov 09 2018, 01:21 por LP0956

» 3 dias sem Paroxetina
Qua Nov 07 2018, 22:55 por Gustavo B

» Medicação para ansiedade
Ter Nov 06 2018, 00:31 por LP0956

» Rivotril ou Xanax para aliviar a abstinência causada pelo fim do efeito do Venvanse no final do dia?
Seg Nov 05 2018, 16:32 por LP0956

» Antidepressivos x vitaminas
Dom Nov 04 2018, 19:03 por Brick

» Mirtazipina
Seg Out 29 2018, 22:09 por Gustavo B

» Se não se morre da doença morre-se da cura!
Seg Out 29 2018, 16:37 por analobo

» Vida paralela
Seg Out 29 2018, 16:35 por analobo

Quem está conectado
10 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 9 Visitantes

Gustavo B

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 65 em Seg Jan 01 2007, 03:04

Voltar à medicação

Ir em baixo

Voltar à medicação

Mensagem por Tessy em Sex Jun 08 2018, 21:35

Olá a todos!

Venho procurar ajuda aqui, sítio onde sei que há pessoas a passar pelo mesmo, ou semelhante, do que eu e, portanto, onde me posso sentir um bocadinho mais compreendida.

Há cerca de 2 anos e meio, passei a pior fase da minha vida, com ataques de pânico, fobias, depressão, etc... Sintomas absolutamente horríveis. Entretanto, o pior passou e fiquei bem, apesar da ansiedade que sempre fez parte de mim, mas que esteve bastante controlada.

Na altura, fiz medicação: Escitalopram 10mg ao pequeno-almoço e Quetiapina ao deitar.
Neste momento, estava em fase avançada do desmame e apenas tomava Escitalopram de 3 em 3 dias. Estava tudo controlado e estava bem. Achei mesmo que ia conseguir largar o antidepressivo, uma vez que sentia que já só o estava a tomar em dose não-terapêutica, numa de minimizar os efeitos do desmame.

Entretanto, o último mês tem sido verdadeiramente terrível. Terminei uma relação longa e tudo desmoronou. E... voltou tudo. A hipocondria ao máximo, a ansiedade também, os medos... Medo de ter uma doença grave e de morrer subitamente.
O pior de tudo é que os sintomas físicos também voltaram.

Fui vista, há três semanas, por uma Neurologista. Fez-me exame neurológico, observou-me mas não me passou qualquer exame. Apenas disse para eu retomar o Escitalopram 10mg ao pequeno-almoço, diariamente.

Assim o fiz. Mas sinto-me tão, tão mal. O pior sintoma de todos é uma sensação de "peso" na cabeça, tonturas que não são bem tonturas... Como se não estivesse bem cá, como se já não reconhecesse a rotina, como se estivesse confusa a toda a hora... às vezes sinto que nem vejo bem. Acontece-me fazer algo e passado uns minutos parecer que nada do que tinha feito aconteceu...
Enfim, tem sido desesperante.

O que queria perguntar é: é possível isto serem efeitos secundários de ter retomado o Escitalopram diariamente? Mesmo já o tendo feito há 2 anos e meio e mesmo nunca tendo deixado completamente (pois estava a tomar de 3 em 3 dias)...

Ajudem-me por favor... Alguém já sentiu coisas semelhantes?

Muito obrigada a todos! E força!

Tessy

Mensagens : 28
Reputação : 1
Data de inscrição : 08/01/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Voltar à medicação

Mensagem por Brick em Sab Jun 09 2018, 17:07

Olá!
Isso de tomar um medicamento deste tipo de 3 em 3 dias é do mais ridículo que já li em todo o tempo deste forum, se bem que há umas pérolas por aí.
Entrou em "poop-out", tolerância, em que os sintomas podem ser terríveis, não pondo em causa sequer o que já sente pela sua separação, que, só por si, já é mau o suficiente para desencadear uma série de sintomas. Outra regra quebrada, nunca se volta a tomar o mesmo antidepressivo. A segunda vez raramente funciona "bem" como da primeira.
O que recomendo, e não sou médico, nem nada que se pareça, é que volte a um médico, um qualquer, para lhe receitar outro antidepressivo. Agora será uma questão de tentativa/erro até encontrar um que volte a funcionar. Sugestões: citalopram (se ainda existir) Prozac, ou um tricíclico (dos mais antigos).

Já senti tudo isso e passou, tudo, tudo!

_________________
Não sou médico! Todas as informações prestadas sobre desmames têm como base uma experiência pessoal com antidepressivos e ansiolíticos e não substituem as recomendações dadas por pessoal qualificado!(Psiquiatra ou Médico de Família)
avatar
Brick
Admin
Admin

Mensagens : 5548
Reputação : 553
Data de inscrição : 29/10/2010
Localização : Viseu

Ver perfil do usuário http://www.ansiosos.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Voltar à medicação

Mensagem por guevara em Sab Jun 09 2018, 17:16

Tessy escreveu:Olá a todos!

Venho procurar ajuda aqui, sítio onde sei que há pessoas a passar pelo mesmo, ou semelhante, do que eu e, portanto, onde me posso sentir um bocadinho mais compreendida.

Há cerca de 2 anos e meio, passei a pior fase da minha vida, com ataques de pânico, fobias, depressão, etc... Sintomas absolutamente horríveis. Entretanto, o pior passou e fiquei bem, apesar da ansiedade que sempre fez parte de mim, mas que esteve bastante controlada.

Na altura, fiz medicação: Escitalopram 10mg ao pequeno-almoço e Quetiapina ao deitar.
Neste momento, estava em fase avançada do desmame e apenas tomava Escitalopram de 3 em 3 dias. Estava tudo controlado e estava bem. Achei mesmo que ia conseguir largar o antidepressivo, uma vez que sentia que já só o estava a tomar em dose não-terapêutica, numa de minimizar os efeitos do desmame.

Entretanto, o último mês tem sido verdadeiramente terrível. Terminei uma relação longa e tudo desmoronou. E... voltou tudo. A hipocondria ao máximo, a ansiedade também, os medos... Medo de ter uma doença grave e de morrer subitamente.
O pior de tudo é que os sintomas físicos também voltaram.

Fui vista, há três semanas, por uma Neurologista. Fez-me exame neurológico, observou-me mas não me passou qualquer exame. Apenas disse para eu retomar o Escitalopram 10mg ao pequeno-almoço, diariamente.

Assim o fiz. Mas sinto-me tão, tão mal. O pior sintoma de todos é uma sensação de "peso" na cabeça, tonturas que não são bem tonturas... Como se não estivesse bem cá, como se já não reconhecesse a rotina, como se estivesse confusa a toda a hora... às vezes sinto que nem vejo bem. Acontece-me fazer algo e passado uns minutos parecer que nada do que tinha feito aconteceu...
Enfim, tem sido desesperante.

O que queria perguntar é: é possível isto serem efeitos secundários de ter retomado o Escitalopram diariamente? Mesmo já o tendo feito há 2 anos e meio e mesmo nunca tendo deixado completamente (pois estava a tomar de 3 em 3 dias)...

Ajudem-me por favor... Alguém já sentiu coisas semelhantes?

Muito obrigada a todos! E força!



Olá Tessy, eu sinto todos esses sintomas. Chama-se despersonalização/desrealização. Além disso tenho crises de pânico especialmente em lugares públicos e muito frequentados. Eu não consigo sequer ir a uma consulta, os efeitos físicos são tão maus, as crises de pânico originam tonturas, dores no corpo, faço uma força terrivel nas pernas e não me consigo sentar em locais com mais pessoais.

guevara

Mensagens : 168
Reputação : 4
Data de inscrição : 27/11/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Voltar à medicação

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum