Últimos assuntos
» Desmame de ansiolítico e antidepressivo
Hoje à(s) 11:07 por Maria Carneiro

» A Solidão...
Seg Fev 11 2019, 23:16 por RFCF

» Alguém que tem TDAH toma Venvanse duas vezes por dia?
Seg Fev 11 2019, 14:20 por LP0956

» Disfunção sexual pós antidepressivos
Dom Fev 03 2019, 11:58 por Brick

» Quando os sintomas regressam!
Dom Fev 03 2019, 11:57 por Brick

» Medo absurdo de ter problemas no coração
Dom Fev 03 2019, 11:55 por Brick

» Sintomas após desmame do alprozolam
Sab Jan 26 2019, 15:58 por Brick

» Desmame de mirtazapina
Sex Jan 11 2019, 00:33 por Gustavo B

» Nada para esperar 2
Ter Jan 08 2019, 11:28 por Doutor Marigold

» SENTINDO SOZINHA, RODEADA DE DE GENTE
Ter Jan 01 2019, 22:09 por Azul1991

Quem está conectado
13 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 13 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 65 em Seg Jan 01 2007, 03:04

Medicações antidepressivos e afins

Ir em baixo

Medicações antidepressivos e afins

Mensagem por Liliana em Seg Jul 09 2018, 03:31

Após 25 anos de toma de antidepressivos (tenho 36 anos) e de ler muito e estudar muito acerca do assunto e de procurar terapias alternativas chego à conclusão que os medicamentos sao a pior coisa qie podemos começar a tomar.
Se têm sintomas de depressão ansiedade e afins procurem sempre alternativas. Eu sei que às vezes é dificil mas digo-vos isto como alguém que foi medicada aos 9 anos de idade por ataques de panico que ng na altura sabia o que era. E desdw entao tem sido a vida toda agarrada a antidepressivos. De ha 3 anos p ca não ha nedicalao que funcione alias todas elas pioram a minha ansiedade ao ponto de ter deixado o meu trabalho em Lisboa de sonho a ganhar muito bem e regressado a casa da minha mae sem sequer conseguir sair de casa. E adivinhem? Tomo paroxtina desde março. Melhorias? Zero.
Ando a tratar agora as causas de toda a minha fobia e tambem tudo o resto com hipnoterapia. Reconheço ja que muitas vezes poderia ter evitado a medicação quando consegui fazer o desmame mais longo (durou 3 meses sem tomar nada) mas depois por estupidez ia iniciar um trabalho novo e queria estar bem e voltei a medicaçao. Burra burra butrra.
Procurem bem e em 1 lugar as causas da vossa ansiedade e depressao e tratem primeiro isso. Pq a medicação nao vai tratar nada, so vai mascarar o sintoma e vai chegar o dia em que tudo vai rebentar como é o meu caso agora. E agora sim vou ter que enfrentar todos os traumas e causas que andei a mascarar estes anos todos. E é muito triste quando chegas ao ponto de ter que desistir de tudo pq chegaste ao limite. E nao nao foi pela causa foi pela medicaçao. Elas so têm tendência ou em deixar de funcionar ou piorarem.
Este é o meu conselho.
Os psiquiatras não sabem nada a nao ser experimentar o que resulta tipo cobaia. Quando eles receitam eles nao fazem a minima ideia de vai funcionar. Por isso tentem por tudo nao ir p medicação a nao ser em casos ja de tentativas de suicidio, bipolaridade ou esquizofrenia.
O resto procurem ajuda num bom terapeuta.
Uma boa noite para vocês.
Liliana
Liliana

Mensagens : 142
Reputação : 6
Data de inscrição : 09/07/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Medicações antidepressivos e afins

Mensagem por Brick em Ter Jul 10 2018, 12:46

O nosso cérebro está "completamente" formado aos 18 anos. Se tu com 9 andavas a tomar antidepressivos, dificilmente poderás viver sem eles pois o teu cérebro assume a medicação como parte intrinseca. Agora tens de ir experimentando um que funcione contigo. Nunca recomendo medicação, mas no teu caso, não tenho dúvidas, tem mesmo de ser! Não desistas!

_________________
Não sou médico! Todas as informações prestadas sobre desmames têm como base uma experiência pessoal com antidepressivos e ansiolíticos e não substituem as recomendações dadas por pessoal qualificado!(Psiquiatra ou Médico de Família)
Brick
Brick
Admin
Admin

Mensagens : 5556
Reputação : 553
Data de inscrição : 29/10/2010
Localização : Viseu

Ver perfil do usuário http://www.ansiosos.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Medicações antidepressivos e afins

Mensagem por Makito em Ter Jul 10 2018, 20:39

Bem. Essa resposta nem parece tua, Brick!
É verdade que o nosso cérebro está formado por volta dos 18/20 anos. Contudo ele está em constante desenvolvimento se assim o entendermos.. por exemplo já existem vários relatos que a meditação (a médio/longo prazo) causa mudanças significativas no funcionamento do mesmo. Por isso se a rapariga tiver força de vontade para largar a medicação (sempre com acompanhamento médico) vai conseguir. Vai ser difícil e longo o caminho mas vai lá! Força Liliana! Tens é que arranjar um psiquiatra ou neurologista que te apoie.
Makito
Makito

Mensagens : 30
Reputação : 4
Data de inscrição : 24/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Medicações antidepressivos e afins

Mensagem por Liliana em Qua Jul 11 2018, 00:46

O meu psiquiatra é tb neurologista mas cada vez que la vou dizer que não está a funcionar a medicação ele insiste em entupir-me c mais e mais comprimidos. Eu sempre tomei so 1 antidepressivo e 1 ansiolituco e consegui fazer uma vida normal até há 3 anos atras. Agora cada vez que la vou ele resolve experimentar coisas como Haldol e afins e eunao nao consigo aceitar. Eu sofro de emetofobia desde que me lembro de ser gente, não sofro de depressao, apenas tenho alturas em que essa fobia eestá mais presente e ai eu deixo de conseguir fazer o normal. Comer sair conviver trabalhar, tudo despoleta ataques de panico e estes deixa-me mal disposta entao a fobia ataca e fico pior. É a espiral do medo ter medo.
E claro cada vez que vem uma medicaçao nova o panico que é se ela me vai fazer vomitar.
Mas nao consigo aceitar mais comprimidos dos que ja tomo. Acho demasiado e nao quero virar um vegetal.
Liliana
Liliana

Mensagens : 142
Reputação : 6
Data de inscrição : 09/07/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Medicações antidepressivos e afins

Mensagem por Makito em Qua Jul 11 2018, 12:31

Já devias ter pedido uma segunda opinião médica..
Faz isso. Se não te sentes bem com esse médico muda.
É muito importante confiar no médico que nos acompanha. Tenta um mais novo de profissão. Por norma já vêm bem mais preparados (formação académica) para não abusar na prescrição de medicamentos e têm mais formação em psicoterapia... Foi o que me aconteceu durante anos ao qual o meu psicólogo me recomendou tentar outro psiquiatra. E felizmente encontrei um que ao invés de me receitar nova medicação têm-me ajudado a largar esse lixo todo. E quanto menos medicamentos tomo melhor me sinto. Só levo com uma “ressaca” a cada redução mas já sei do que é e passa. Com os outros era trocar uma medicação por outra...
Makito
Makito

Mensagens : 30
Reputação : 4
Data de inscrição : 24/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Medicações antidepressivos e afins

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum