Últimos assuntos
» Nada para esperar
Seg Dez 10 2018, 21:14 por Brick

» Serão meras extrassistoles???!!!
Qua Dez 05 2018, 23:34 por RitaS

» Medicação....
Ter Dez 04 2018, 21:50 por Brick

» Ansiedade e Hipocondria
Qua Nov 21 2018, 14:56 por guevara

» SENTINDO SOZINHA, RODEADA DE DE GENTE
Dom Nov 18 2018, 01:50 por Gustavo B

» Um tabu entre clonazepam e alprazolam
Sex Nov 09 2018, 01:21 por LP0956

» 3 dias sem Paroxetina
Qua Nov 07 2018, 22:55 por Gustavo B

» Medicação para ansiedade
Ter Nov 06 2018, 00:31 por LP0956

» Rivotril ou Xanax para aliviar a abstinência causada pelo fim do efeito do Venvanse no final do dia?
Seg Nov 05 2018, 16:32 por LP0956

» Antidepressivos x vitaminas
Dom Nov 04 2018, 19:03 por Brick

Quem está conectado
8 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 8 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 65 em Seg Jan 01 2007, 03:04

Preso aqui tudo parece perdido, estou terminando sozinho em suicídio.

Ir em baixo

Preso aqui tudo parece perdido, estou terminando sozinho em suicídio.

Mensagem por Unico em Seg Jul 09 2018, 05:19

Olá a todos. Meu nome não irei revelar por uma questão pessoal, mas tenho 18 anos. Acho que devo começar pela historia da minha vida. Pois bem:
Minha historia começa pela rejeição que sofri durante toda a vida, rejeição essa que foi agravada pelo bullying sofrido na escola. Mesmo sendo rejeitado sempre procurei dar o meu melhor para os demais, meus pais. Minha mae nunca aceitou que sou diferente, então me batia para "normalizar"; desde de muito cedo dava os primeiros sinais da bipolaridade...

A bipolaridade veio disfarçada de síndrome do panico, lembro do dia como se fosse ontem, me joguei no chão achando que ia morrer e pedi perdão para minha mae e meu pai não ter sido o filho que eles queriam.

A síndrome do panico nos levou a procurar médicos, mas de inicio não psiquiatras. Lembro do medico naturalista comentando que uma vez na medição psiquiátrica, nunca mais sairia. Mas não dei ouvidos, afinal, são médicos formados.!

Na psiquiatria o psiquiatra me pescreveu duas medicoes ,o cloridrato de paroxetina e que destruiu minha vida, o "rivotril". - cheguei no consultoro logo nos primeiros meses eufórico e agressivo, nunca havia me comportado assim antes. Idéias e pensamentos anti sociais e terroristas. Quando perguntei o porque que o rivotril não estava nas amostras grátis das medicações di consultório enfatizando a sensao de extrma euforia que obtive com a droga, o medico me mandou ir na Anvisa (angencia reguladora de medicamentos aqui no Brasil)
Ele devolveu o dinheiro da consulta e me chamou de " sarcástico" (estava na mania bipolar, e induzida pela droga pescrita por ele)

A dependência foi algo muito rapido. Tentei sair do benzo no 3 mês de uso, mas senti abstinência e panico, tive que voltar. Toda vez que usava tinha as reaçoes paraxais, ficava eufórico e sentia a dopamina na veia. O córtex pré frontal sofria distúrbios levando aos comportamentos inadequados e agressivos. O efeito depressor levava a perda di planejamento e delírios, além de induzir o próprio abuso. Nisso foram 4 anos da minha vida, desde de 2014.

Logo apos (peco desculpas se parece confuso, mas estou assim) ir nos psiquiatras, rejeitar aqueles que naonqueriam prescrever, usar medição antipsicótica, que não adiantava. Resolvi por si só, numa superdose de venlafaxatina (com a síndrome do aumento da serotonina; sentido muito medo e ao mesmo tempo tendo orgasmos avassaladores) sair bruscamente de entupimento de benzo na corrente sanguínea. Foi horrível.

A síndrome de abstinência me limitou a ficar 24h na cama sem reação, alem de uma convulsão. Quando obtve melhora dos sintomas cognitivas síndrome de abstinência, já estava a mais de 6 meses sem sair de casa e muito deprimido, sem ao menos me comunicar com meus irmãos ou pais. Meu pai se separou de minha mae.

Continuou na mesmo, é difícil acreditar que alguem vai retirar um benzo de uma vez ou simplesmente ficar 6 meses nobquarto, pois é. Nao tenho condições financeiras para um psiquiatra (ATR porque sugou todo nosso dinheiro) dependo dos chamados capa, mas as consultasn são rara e recentemente me deparei com uma medica muito chata, muito arrogante me me peecreveu risperidona mesmo eu comentando minhas péssimas esperiencia com tal. Vivo numa casinha de tijolo, nem é rebocada e a gente passa fome de vez em quando. Aqui não há nem o básico de assistência medica, e veja minha mae gastar quase tudo no transporte para o caos(rede de atenção psicossocial)

Agora eu digo, exceto o suicídio, não vejo mais opção para lidar com minha dor. Sei que ficou bagunçado, mas não. Não consegui ser aceito com vício de bz tao pouco conseguirri na atual situação, apenas que sem a droga não parece mais haver vida. O celular de minha irma que venho de viagem com péssima internet mivol.. Digo a vocês ,estou prepado para o eterno vazio, mas estou preste e acho que não irei mudar de ideia, de tirar minha própria vida. Queria dizer o quanto amo uma mulher que conheci na mania, mas não tenho nem coragem de procurarla. Ela jamais me negaria ajuda,/mas essa agorofobia é uma prisão para minha própria mente.

Unico

Mensagens : 2
Reputação : 0
Data de inscrição : 09/07/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Preso aqui tudo parece perdido, estou terminando sozinho em suicídio.

Mensagem por lux interior em Ter Jul 31 2018, 20:32

' no fundo do sofrimento há sempre uma janela aberta, uma janela iluminada '

lux interior

Mensagens : 1
Reputação : 0
Data de inscrição : 16/10/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum