Últimos assuntos
» Literatura
Hoje à(s) 15:30 por twiggysp

» O meu relato.
Hoje à(s) 15:28 por twiggysp

» Clínica da Mente - Alerta com base na minha (má) experiência
Ontem à(s) 20:54 por viper

» Victan - desmame-
Ter Fev 21 2017, 23:13 por viper

» Hipnose Condicionativa
Ter Fev 21 2017, 11:57 por caferreira

» Preciso da vossa opinião
Seg Fev 20 2017, 21:10 por twiggysp

» LINKS, INFORMAÇÕES ÚTEIS E NOVIDADES
Sab Fev 18 2017, 21:20 por 1006

» Urgente!!!! Gotas
Sab Fev 18 2017, 20:06 por Brick

» Redenção e Incompreensão
Sab Fev 18 2017, 14:19 por 1006

» Eu tenho uma síndrome?
Qui Fev 16 2017, 20:03 por viper

Quem está conectado
17 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 17 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 52 em Sab Fev 01 2014, 18:10

Dores no Lado do corção

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Dores no Lado do corção

Mensagem por AMNS em Qui Mar 24 2011, 00:25

Ultimamente sinto dores no coração espetadelas é normal é que ando um bocado ansiosa.

AMNS

Mensagens : 89
Reputação : 4
Data de inscrição : 19/02/2011
Idade : 31
Localização : Braga

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores no Lado do corção

Mensagem por Brick em Qui Mar 24 2011, 19:31

podem ser puns ou não...

como tens andado, tirando a parte dos gases... Smile

Brick
Admin
Admin

Mensagens : 5372
Reputação : 549
Data de inscrição : 29/10/2010
Localização : Viseu

Ver perfil do usuário http://www.ansiosos.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores no Lado do corção

Mensagem por AMNS em Dom Mar 27 2011, 18:57

Brick escreveu:podem ser puns ou não...

como tens andado, tirando a parte dos gases... Smile

Olá brick fui fazer um ECG e enfim não deu em nada como de costume. Olha em relação como ando da cabeça, ando muito melhor mas não consigo comer penso que seja uma gastrite vou fazer o exame amanhã endoscopia.

AMNS

Mensagens : 89
Reputação : 4
Data de inscrição : 19/02/2011
Idade : 31
Localização : Braga

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores no Lado do corção

Mensagem por lemos-nuno em Seg Mar 28 2011, 18:30

AMNS escreveu:
Brick escreveu:podem ser puns ou não...

como tens andado, tirando a parte dos gases... Smile

Olá brick fui fazer um ECG e enfim não deu em nada como de costume. Olha em relação como ando da cabeça, ando muito melhor mas não consigo comer penso que seja uma gastrite vou fazer o exame amanhã endoscopia.


e perfeitamente normal esses sintomas que sentes... desde picadas a dores eu sinto constantemente isso e tambem de todos os exames nunca acusou nada... gastrite e bem provavel que possas ter visto que eu tambem ganhei uma... devido ao stress e medicaçao... tudo isto provocou isso mas se vais fazer o exame logo te saberao dizer em concreto o que tens.Wink força

lemos-nuno
Moderador
Moderador

Mensagens : 341
Reputação : 10
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 32
Localização : guimaraes

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores no Lado do corção

Mensagem por AMNS em Seg Mar 28 2011, 22:25

lemos-nuno escreveu:
AMNS escreveu:
Brick escreveu:podem ser puns ou não...

como tens andado, tirando a parte dos gases... Smile

Olá brick fui fazer um ECG e enfim não deu em nada como de costume. Olha em relação como ando da cabeça, ando muito melhor mas não consigo comer penso que seja uma gastrite vou fazer o exame amanhã endoscopia.


e perfeitamente normal esses sintomas que sentes... desde picadas a dores eu sinto constantemente isso e tambem de todos os exames nunca acusou nada... gastrite e bem provavel que possas ter visto que eu tambem ganhei uma... devido ao stress e medicaçao... tudo isto provocou isso mas se vais fazer o exame logo te saberao dizer em concreto o que tens.Wink força

OLá Amigo Lemos é bem verdade é cada dor no peito que parece ataques cardiacos que a vida a nossa.
Já agora receitaram-me o CONCOR que acham disso? pois andava com o ciclo de BTMP de 90 a 105 ou ´normal em nós esse batimento?.

AMNS

Mensagens : 89
Reputação : 4
Data de inscrição : 19/02/2011
Idade : 31
Localização : Braga

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores no Lado do corção

Mensagem por lemos-nuno em Seg Mar 28 2011, 23:26

AMNS escreveu:
lemos-nuno escreveu:
AMNS escreveu:
Brick escreveu:podem ser puns ou não...

como tens andado, tirando a parte dos gases... Smile

Olá brick fui fazer um ECG e enfim não deu em nada como de costume. Olha em relação como ando da cabeça, ando muito melhor mas não consigo comer penso que seja uma gastrite vou fazer o exame amanhã endoscopia.


e perfeitamente normal esses sintomas que sentes... desde picadas a dores eu sinto constantemente isso e tambem de todos os exames nunca acusou nada... gastrite e bem provavel que possas ter visto que eu tambem ganhei uma... devido ao stress e medicaçao... tudo isto provocou isso mas se vais fazer o exame logo te saberao dizer em concreto o que tens.Wink força

OLá Amigo Lemos é bem verdade é cada dor no peito que parece ataques cardiacos que a vida a nossa.
Já agora receitaram-me o CONCOR que acham disso? pois andava com o ciclo de BTMP de 90 a 105 ou ´normal em nós esse batimento?.

amigo se calhar grande parte dos ansiosos tem o ritmo um pouco acelarado devido à propria ansiedade.... no meu caso por norma e o inverso tenho bradicardia... como ves todos iguais todos diferentes lol... se for o normal sempre acima dos 100 se calhar so te fara bem acalmar esse coraçao Wink

lemos-nuno
Moderador
Moderador

Mensagens : 341
Reputação : 10
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 32
Localização : guimaraes

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

caro amigo

Mensagem por vanni em Seg Maio 09 2011, 01:09

essas dores acometeram meu marido por meses, ele tinha à época 31 anos e foi várias vezes de madrugada ao PS pensando estar tendo um infarto, passou por cardiologista e exames e, não era nada, disseram que poderia ser gases, mais também nãoera pois ele tomou remédio pra gases e nada adiantou, então finalmente depois de muito corre corre, um clínico receitou-lhe clonazepam (rivotril) 1 mg a noite e ele tomou por uns tres meses diariamente , agora ele toma a cada três ou quatro dias, ou até 1 vez por semana, não recomendo que você tome esse remédio sem a devida orientação médica, mais essas dores geralmente, são só estress, pois segundo o cardiologista o coração não dói, se doer muito é bom ir ao médico pra tirar qualquer dúvida, no mais relaxe o máximo possível e tente não lembrar da dor. Espero ter ajudado, abraços. Wink

vanni

Mensagens : 20
Reputação : 0
Data de inscrição : 09/05/2011
Idade : 41
Localização : Tatuí/SP Brasil

Ver perfil do usuário http://seriesefilmesdahora.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores no Lado do corção

Mensagem por lemos-nuno em Seg Maio 09 2011, 22:36

vanni escreveu:essas dores acometeram meu marido por meses, ele tinha à época 31 anos e foi várias vezes de madrugada ao PS pensando estar tendo um infarto, passou por cardiologista e exames e, não era nada, disseram que poderia ser gases, mais também nãoera pois ele tomou remédio pra gases e nada adiantou, então finalmente depois de muito corre corre, um clínico receitou-lhe clonazepam (rivotril) 1 mg a noite e ele tomou por uns tres meses diariamente , agora ele toma a cada três ou quatro dias, ou até 1 vez por semana, não recomendo que você tome esse remédio sem a devida orientação médica, mais essas dores geralmente, são só estress, pois segundo o cardiologista o coração não dói, se doer muito é bom ir ao médico pra tirar qualquer dúvida, no mais relaxe o máximo possível e tente não lembrar da dor. Espero ter ajudado, abraços. Wink


e assim toda a ansiedade pode gerar dores, taquicardia, suores e tudo aquilo que voces sentem desde picadas no peito etc... mas como referi existem dores e dores.... claro que grande parte delas assusta porque pensamos logo o pior e isso desperta tudo em nos.... agora o importante e fazer os exames ver se esta tudo bem e desvalorizar... eu tenho extrassistoles e ja ando a umas semanas com dores principalmente quando faço esforço e sinto msm por cima do coraçao... e estranho e principalmente quando estou a fazer desporto o que causa um desconforto acrescido e tenho de parar para controlar depois o ritmo... e so sei que quando sinto essa dor parece que as pernas ficam geladas sem sangue.... mas penso que isto é a sensaçao em cadeia.... a dor depois medo repentino e gera logo aquele receio todo... agora tambem ando com medo mas e tenho evitado correr mas mesmo em caminhadas mais longas sinto a dor que aparece ao longo do tempo...
vanni o coraçao pode mt bem doer...

lemos-nuno
Moderador
Moderador

Mensagens : 341
Reputação : 10
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 32
Localização : guimaraes

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores no Lado do corção

Mensagem por comansiasapanicar em Qua Jun 29 2011, 15:25

A reacção ao stress é natural, adaptativa, saudável e está-nos inscrita nos genes. Foi “desenhada” para nos manter vivos face a uma ameaça à nossa sobrevivência. A história conta-se assim: era uma vez um homem das cavernas. Este sai, de manhã, da sua caverna escavada nas rochas, com a calma para tomar o seu pequeno-almoço e, eis senão quando, encontra um grande urso pardo. Está a imaginar o urso, gigantesco, olhos brilhantes, pequeno fio de saliva a escorrer ao olhar para o pequenito homem das cavernas? Numa fracção de segundos, sem que tenha que pensar sobre o assunto, o coração dispara, o sangue corre acelerado, cria-se uma brutal tensão muscular, a visão fica mais focada, o suor começa a surgir… O urso tinha um ferimento na pata e o homem primitivo opta por correr desenfreadamente e, munido da vantagem de duas pernas funcionais a 100%, escapa ileso. Duas horas mais tarde, vamos encontrá-lo à sombra de uma azinheira, a descansar relaxadamente, cansado mas vitorioso.

Agora, substituimos o homem das cavernas por um executivo, e urso pardo pelo seu chefe antes da avaliação de desempenho que determinará o bónus anual. O executivo pode encontrar o chefe ao almoço, e este limita-se a dizer-lhe, mal-humorado, que, a seguir ao almoço, está à espera dele para discutirem a avaliação de desempenho. Tal como no exemplo anterior, a reacção fisiológica do nosso executivo deixa-o preparado para lutar ou fugir… Duas horas mais tarde, vamos encontrá-lo sentado na sua secretária, desesperadamente à procura de uns sais de frutos, na tentativa de aliviar a digestão que teima em não se fazer, dando-se conta de uma transpiração irritante que o deixou menos bem-cheiroso do que o habitual, tenso e frustrado, mesmo depois de ter tido uma das melhores avaliações da empresa. E, agora, o que é que isto tem de natural, adaptativo e saudável?

Os sintomas da ansiedade são vastos. Contudo, estes sintomas só aparecem uma vez que o nosso corpo está a tentar reagir a algo que considera uma ameaça e o coloca em perigo, isto é, a uma situação de stress. Este perigo é originado, maioritariamente, pelos medos que vão surgindo e invadindo o pensamento. Neste sentido, vamos definir stress como qualquer situação que origine consumo dos nossos recursos energéticos, na sequência de uma avaliação de ameaça física, intelectual, relacional ou emocional.

Fisiologicamente está na hora do nosso corpo focar a sua atenção na defesa e, consequentemente, na sua sobrevivência. Por isso vamos, então, ver como é que o nosso organismo está preparado para reagir sempre que fazemos uma leitura de perigo.
1. As pupilas dilatam-se, para nos permitir ver com clareza, mesmo no escuro; aliás, os nossos sentidos, em geral, ficam mais apurados. E neste ponto, conseguimos perceber que quando estamos perante uma situação de ansiedade elevada ou pânico tudo o que está à nossa volta passa completamente despercebido.
2. O sistema cardiovascular dispara, garantindo que temos irrigação suficiente no organismo para agir; as artérias contraem-se para aumentar a pressão no sistema e as veias dilatam-se para facilitar o regresso do sangue ao coração. Daí termos taquicardia ou palpitações e muitas vezes até dores intensas no peito.
3. O sistema respiratório coopera com o cardiovascular, dilatando pulmões, garganta e narinas para permitir uma maior quantidade de ar e possibilitar a reoxigenação do sangue necessária uma vez que o sangue, ao transportar o oxigénio para os músculos, permite que estes funcionem com maior energia. Uma maior capacidade respiratória também nos permite gritar mais alto… Aqui temos a respiração ofegante e muitas vezes descontrolada que nos aflige e parece que vamos morrer.
4. Inicia-se uma maior metabolização da gordura para produzir energia instantânea.
5. As veias que canalizam sangue para o sistema digestivo e para os rins contraem-se para suspender sistemas que não são imediatamente necessários. As consequências disto são várias: a saliva reduz-se (originado a sensação de boca seca); o processo digestivo pára ou reduz-se muito (provocando a sensação paragem da digestão); a bexiga e os intestinos preparam-se para se libertarem dos seus conteúdos (para nos deixar mais leves, não termos de consumir energia nesses processos de transformação, e… bem… para deixar um rasto de odor forte que distraia os potenciais perseguidores).
6. As veias que se dirigem à pele são contraídas para prevenir perdas de sangue significativas em caso de ferida (daí a palidez que habitualmente apresentamos).
7. Os poros abrem para que o suor possa inundar a pele, funcionando como um líquido de refrigeração de um sistema sobreaquecido (daí a sensação pegajosa de mãos suadas, por exemplo).
8. São libertadas endorfinas no organismo (que são os analgésicos naturais que o nosso organismo tem), para não sermos perturbados por dores que possam decorrer da luta ou da fuga e podermos estar concentrados a garantir a nossa sobrevivência.
9. Finalmente, filtramos o que possa constituir uma ameaça e deixamos temporariamente de fora da nossa percepção os aspectos positivos, agradáveis e relaxantes (se está a fugir de um urso, não faz sentido estar a reparar nas cores da Primavera ou a ouvir o canto do rouxinol; mas é muito importante estar atento aos movimentos que possam indicar a chegada de outro predador), (e surgem os pensamento negativos traduzidos, maioritariamente, por medos).

Neste sentido, torna-se fundamental conhecermos o nosso corpo e de que forma é que ele se protege das diferentes situações de tensão. Contudo, torna-se, também, indispensável conhecermos os nossos medos e a sua origem, para que o dia-a-dia com a ansiedade seja mais facilmente suportável.

Espero ter ajudado a perceberem um pouco mais sobre como o nosso corpo reage ao stress. Esta forma tão dolorosa e muitas vezes incontrolável que só acontece para nos ajudar a sobreviver, mas que por vezes até parece que nos vai fazer morrer.

comansiasapanicar

Mensagens : 3
Reputação : 0
Data de inscrição : 29/06/2011
Idade : 34
Localização : Porto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores no Lado do corção

Mensagem por bichobrabo em Qua Jun 29 2011, 15:56

Pois, mas mesmo com essa racionalidade toda a ansiedade persiste em muitos casos. É verdade que se identificarmos os sinais de ansiedade, conseguimos dominá-la melhor.

Mas quando o medo irracional aperta, não há razão que evite um ataque de pânico. Eventualmente acaba por passar, mas vai fazendo mossa.

bichobrabo
Moderador
Moderador

Mensagens : 1507
Reputação : 131
Data de inscrição : 30/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores no Lado do corção

Mensagem por comansiasapanicar em Qua Jun 29 2011, 16:18

bichobrabo escreveu:Pois, mas mesmo com essa racionalidade toda a ansiedade persiste em muitos casos. É verdade que se identificarmos os sinais de ansiedade, conseguimos dominá-la melhor.

Mas quando o medo irracional aperta, não há razão que evite um ataque de pânico. Eventualmente acaba por passar, mas vai fazendo mossa.


A ansiedade persiste sempre... Será que a ansiedade tem cura? Eu diria que não. O que eu sei da minha experiencia é que em diferentes situações da vida vamos conseguindo lidar melhor com ela. Aprender a racionalizar e perceber tudo o que envolve é um dos factores chave. A identificação dos sintomas iniciais e a tentativa de os controlar é fundamental. Identificar e perceber os nossos medos ajuda a enfrentar o dia-a-dia de uma forma mais positiva.

Chegar a este ponto não é de todo um processo rapido e facil. Mas faz parte de um caminho que nos ajuda a crescer.

Eu tenho ansiedade desde a adolescencia, na faculdade foi impossivel continuar o meu caminho sem recorrer a psicofarmacos. Actualmente considero que a ansiedade é uma pedra que teima em aparecer no meu caminho e o que faço é constantemente contorná-la. Ja tive meses em que consegui viver a minha vida normamente, mas quando menos espero ela volta... O meu ultimo episodio foi à cerca de dois dias. Acordei a meio da noite com dores de cabeça insportaveis, suores, boca seca, taquicardia e hiperventilação. Tudo isto terminou com vomitos e passados 20 min estava a dormir completamente esgotda. Já não tnha nada ha crca de 5 meses... Ontem, quando me deitei tive medo, mt medo que tudo voltasse, mas consegui controlar os pensamentos. Eu sei que quando menos esperar tudo voltará, mas ai estarei ca para voltar à minha luta.

Ao longo deste tempo eu fui aprendendo que todos somos iguais e que é com a troca de experiencias que cda um de nós aprende a lidar melhor com os seus sintomas.

comansiasapanicar

Mensagens : 3
Reputação : 0
Data de inscrição : 29/06/2011
Idade : 34
Localização : Porto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores no Lado do corção

Mensagem por bichobrabo em Qua Jun 29 2011, 16:31

A mim tb me ajuda andar um bocadinho pela casa. Andar de um lado para o outro. Nem costumo acordar a minha mulher, porque tb não a quero chatear. E focar-me em pensamentos positivos (que é apenas ansiedade e que passa...) Quando menos espero, passa e vou dormir.

Depois quando nos livramos das drogas que agarram podemos ter sempre em casa valeriana e outros fitoterápicos.

bichobrabo
Moderador
Moderador

Mensagens : 1507
Reputação : 131
Data de inscrição : 30/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores no Lado do corção

Mensagem por Tremelix em Qua Jun 29 2011, 16:49

Ó Claudia, fiquei encantado com a tua tese sobre as Ânsias. Tens é de rectificar uns pormenores que não são nada positivos para os ansiosos e a teoria acaba mal. O Urso Pardo, tanto no tempo das cavernas como hoje, consegue atingir o 50 km/h quando corre, o Homem, mesmo tipo campeão olímpico dos 100 metros, não atinge os 40 km/h. No caso de um alentejano não passa dos 20 km/dia...Portanto, por muito que se bufem gases mal cheirosos nas fuças do Urso ou se borre todo pelas pernas abaixo, o resultado é o Ansio-Panicoso acabar como um piquenique do gigantesco guloso peludo... Very Happy Se tivermos em conta que numa crise de "cagaço" as pernas tremem e a cabeça fica zonza, então nem é preciso um Urso-Pardo para devorar a malta que sofre disto. Até um caracol, com tempo e horas, nos apanha... bounce
Vá lá, Claudia, actualiza e revê a tua tese...eheheheheh...Bjkxxxxx !

Tremelix

Mensagens : 129
Reputação : 16
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 63
Localização : Por aqui

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores no Lado do corção

Mensagem por bichobrabo em Qua Jun 29 2011, 16:57

20 km/dia, na serra alentejana, com 40 graus de temperatura e com pouca água é uma boa média. Duvido que algum alfacinha consiga bater essa média Razz

bichobrabo
Moderador
Moderador

Mensagens : 1507
Reputação : 131
Data de inscrição : 30/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores no Lado do corção

Mensagem por Tremelix em Qua Jun 29 2011, 17:06

bichobrabo escreveu:20 km/dia, na serra alentejana, com 40 graus de temperatura e com pouca água é uma boa média. Duvido que algum alfacinha consiga bater essa média Razz

Esqueceste-te do Urso-Pardo... affraid

Tremelix

Mensagens : 129
Reputação : 16
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 63
Localização : Por aqui

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores no Lado do corção

Mensagem por bichobrabo em Qua Jun 29 2011, 17:13

Não há ursos pardos na serra alentejana. Só alfacinhas perdidos. Cool

bichobrabo
Moderador
Moderador

Mensagens : 1507
Reputação : 131
Data de inscrição : 30/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores no Lado do corção

Mensagem por bichobrabo em Qua Jun 29 2011, 17:17

Desculpa treme, mas é mais forte que eu. Não consigo ouvir piadas e piadolas sobre alentejanos. Ainda por cima quando os meus avós trabalhavam de sol a sol no campo para receberem uma miséria. Bem como a maior parte da população rural. Não é justo.

bichobrabo
Moderador
Moderador

Mensagens : 1507
Reputação : 131
Data de inscrição : 30/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores no Lado do corção

Mensagem por lemos-nuno em Qua Jun 29 2011, 17:23

ola a todos... claudia ate posso concordar em parte com tudo aquilo que disse, e pela parte logica das coisas sem duvida que essas razoes que aponta, sao a prova real do que nos acontence quando expostos à prova perante um medo seja o que for... e considero perfeitamente normal o stress, agora nao considero que a ansiedade seja perfeitamente normal desde o momento em que aparece sem razoes aparentes, dia apos dia sem entendermos um motivo aparente para ela surgir... mesmos os mais experientes e os que convivem com ela à ja algum tempo, eu falo e controlo as minhas crises felizmente... mas por vezes tenho dias em que acordo super bem disposto e passo dos piores dias da minha vida e razao aparente para tal??? nao sei nao faço ideia... a verdade é que como dizes qiuando essa ansia aparece e surge uma crise, por muito que saibamos controlar e usemos todas as armas para controlar seja passear, seja apanhar ar, seja tecnicas de respiraçao entre outros... ela surge e aparece em nos um novo receio que volte a aparecer.... e como o bichobrabo diz... é algo incompreensivel, e super desgastante que ao longo dos anos nos vai moendo, e sinceramente por vezes falo por mim fico completamente revoltado...
é pena que realmente nao exista nada para controlar esta maldita... bem a falar disto e em segundos as malditas extrassistoles apareceram virao lol... e ja nao me visitavam a semanas... tinha de ser a escrever aqui no forum hehehe....
cumprimentos a todos....
tremelix as tuas teses sao fantasticas mas tens razao.... eu tendo crise te garanto que nao corro pq quando corro e tenho uma o que quero é imediatamente parar... lol bem morria sem me mexer lol

lemos-nuno
Moderador
Moderador

Mensagens : 341
Reputação : 10
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 32
Localização : guimaraes

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores no Lado do corção

Mensagem por Tremelix em Qua Jun 29 2011, 18:16

bichobrabo escreveu:Desculpa treme, mas é mais forte que eu. Não consigo ouvir piadas e piadolas sobre alentejanos. Ainda por cima quando os meus avós trabalhavam de sol a sol no campo para receberem uma miséria. Bem como a maior parte da população rural. Não é justo.
E os meus avós eram de onde? Se calhar julgas que eram doutores atrás das juntas de bois a lavrar, ou engenheiros a ceifar, a mondar, a apanhar azeitona, a fazer carvão e a vender loiça...Eu fui o primeiro da família a nascer em Lisboa e se calhar conheço melhor o campo do que muitos dos que lá vivem...O meu avô materno foi a pé de Castelo Branco para Elvas porque não havia transportes e se houvesse o dinheiro não dava. O meu avô paterno era condutor da Mala Posta (sabes o que era?), fazia as viagens, entre Abrantes, Vila Velha de Rodão, Castelo Branco, Portalegre, Évora e Beja. Chega?

Tremelix

Mensagens : 129
Reputação : 16
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 63
Localização : Por aqui

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores no Lado do corção

Mensagem por bichobrabo em Qua Jun 29 2011, 21:38

Mais uma razão para não fazeres piadas sobre os alentejanos. E também não te percebo. Metes-te a gozar em público com os alentejanos. Quando um te chama a atenção de maneira delicada, ficas ofendido.

Olha que há porras Laughing

bichobrabo
Moderador
Moderador

Mensagens : 1507
Reputação : 131
Data de inscrição : 30/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores no Lado do corção

Mensagem por bichobrabo em Qua Jun 29 2011, 21:48

O meu avô paterno era condutor da Mala Posta (sabes o que era?)

E este pseudo-elitismo só te fica mal, ainda por cima a um gajo inteligente como tu. Só por coincidência o meu pai nasceu numa estação de correios, onde a minha avó era chefe.

bichobrabo
Moderador
Moderador

Mensagens : 1507
Reputação : 131
Data de inscrição : 30/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores no Lado do corção

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum