Últimos assuntos
» Eu não sei mais o que fazer
Qui Abr 27 2017, 21:30 por rafaelvoodoo

» Depois do desespero
Qui Abr 27 2017, 20:21 por rafaelvoodoo

» Desmame de Alprazolam 0,25
Qui Abr 27 2017, 14:03 por Ingrid_K

» Quando a minha mente chegou ao limite...
Qui Abr 27 2017, 02:17 por Cristiane Aparecida Lessa

» Desmame Sertralina
Qui Abr 27 2017, 02:09 por Cristiane Aparecida Lessa

» desmame Sertralina
Qui Abr 27 2017, 01:56 por Cristiane Aparecida Lessa

» Ansiedade/ disturbio mental
Ter Abr 25 2017, 19:03 por ester

» Ataques de Pânico e Agorafobia
Seg Abr 24 2017, 17:20 por guevara

» opressão vs depressão
Dom Abr 23 2017, 22:54 por 1006

» Depois do desespero
Dom Abr 23 2017, 22:17 por lanaKayle

Quem está conectado
12 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 12 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 52 em Sab Fev 01 2014, 18:10

Do gastro para o neurologista

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Do gastro para o neurologista

Mensagem por DF em Sex Out 26 2012, 20:16

Boa noite a todos, e desde ja obrigada por lerem este desabafo...

Nunca senti que tinha problemas de ansiedade, depressão ou algo do genero...
Ha tres anos tive um problema, que me fez sofrer muito e que me desplotou crises de vomitos, enjoo... fiz uma endoscopia e o resultado foi Refluxo Gastrico. Andei mal uns tempos, superei e pensei que com uma dieta passava... Durante estes anos tive algumas crises, sobretudo quando me chateava ou andava mais stressada... Mas nunca me passou pela cabeça que sofria de nada para alem do estomago...
Até Julho! Tive 6 crises num mes... para alem de vomitar sentia-me fraca, sem energia... Fui ao gastroenterologista que me receitou montes de medicação para o estomago... não passou e ele concluiu que era uma queixa "psicosomatica" e que deveria ir ao psiquiatra... Fui ao medico de familia, achou que tinha depressão, receitou-me fluoxetina. Nem me quero lembrar desse periodo... não conseguia fazer nada... passei o tempo entre a cama a definhar e a vomitar... sem energia para nada...não podia ver comida e emagreci uns 10 Kg! A sorte a que esta crise maior coincidiu com as ferias.
Continuei a "investir" no gastro, duas endoscopias nos espaço de duas semanas, até que o gastroenterologista me disse que do estomago não era. Nunca achei que tinha depressão, quando muito sofria de ansiedade...
Fui ao neurologista, teste neurologicos normais... retirou-me a fluoxetina porque estaria a potenciar os vomitos e receitou valdoxan com victan como sos!
A verdade é que melhorei passadas duas semanas, deixei de acordar e ter de ir a correr para a sanita... recuperei a energia...
Depois disso ja me senti outra vez enjoada tive algumas crises de choro, coisa que antes de tomar AD nunca tinha acontecido. Sinto-me muito mais triste agora do que antes...
Tento evitar o victan e tomar quando estou mesmo muito enjoada e ja me afecta a energia...
E a minha duvida é essa mesmo... devo tomar o victan sempre que sinto mais ansiedade ou so quando estou em crise?
O Valdoxan é um AD, tambem funciona para a ansiedade?

Obrigada a todos

DF

Mensagens : 15
Reputação : 1
Data de inscrição : 14/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Do gastro para o neurologista

Mensagem por Brick em Sex Out 26 2012, 20:40

O valdoxan é um antidepressivo que actua na melatonina, e tem uma função de reparar o sono. É uma classe recente de antidepressivos. Pelo que li nem faz bem nem faz mal, é mais um como tantos outros, pelo menos parece não ter os efeitos nefastos dos SSRi como o seroxat.

O valdoxan para funcionar tem de ser tomado durante x tempo.
o victan actua de quase de imediato e podes tomar quando tens a ansiedade em cima ou quando estás em crise.

A minha ansiedade é provocada por problemas gástricos, acredito que a tua ansiedade pode vir daí também.

Experimenta tomar aloe ver gel para o estomago.

Como estão as tuas análises ao fígado?

_________________
Não sou médico! Todas as informações prestadas sobre desmames têm como base uma experiência pessoal com antidepressivos e ansiolíticos e não substituem as recomendações dadas por pessoal qualificado!(Psiquiatra ou Médico de Família)
avatar
Brick
Admin
Admin

Mensagens : 5384
Reputação : 549
Data de inscrição : 29/10/2010
Localização : Viseu

Ver perfil do usuário http://www.ansiosos.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Do gastro para o neurologista

Mensagem por DF em Sex Out 26 2012, 20:49

Obrigada pela resposta... não faço ideia como esteja o figado!
Fiz analises de rotina e estava tudo bem.
Vou fazer Tac abdominal e pelvico para a semana...
Nunca pensei passar por uma situação destas... sempre achei que era calma...

DF

Mensagens : 15
Reputação : 1
Data de inscrição : 14/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Do gastro para o neurologista

Mensagem por paulinha em Sex Out 26 2012, 22:17

eu ando a passar mais ou menos pelo mesmo, só que não vomito...é má disposição, dores abdominais e inchaço...tb fui a gastro e o que tomei não me ajudou em nada...acredito seja tudo ansiedade...mas é incomodo pois não me alimento muito bem...qualquer coisa me deixa com dores...

paulinha

Mensagens : 17
Reputação : 3
Data de inscrição : 05/10/2012
Idade : 39
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Do gastro para o neurologista

Mensagem por DF em Qua Out 31 2012, 18:42

Aqui estou outra vez... a verdade é que me sinto desesperada e sem solução a vista... sem luz no fundo do tunel...
Voltei a ter crises de vomitos e enjoos.. tenho crises de ansiedade mas não consigo determinar a causa... as vezes parece que vejo a minha vida passar-me nas mãos e não faço nada para a agarrar.
Sempre fui uma pessoa independente, determinada. Nunca tive "boa vida", mas considero que tive uma "Vida boa"... como faço para superar isto?

DF

Mensagens : 15
Reputação : 1
Data de inscrição : 14/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Do gastro para o neurologista

Mensagem por paulinha em Qua Out 31 2012, 22:38

chegaste a ir a algum psiquiatra? eu comecei a tomar alprazolam depois das refeições e melhorei das dores...tudo indica que é da ansiedade os meus sintomas. Conheço uma pessoa que também teve muito mal do aparelho digestivo e foi a um gastroenterologista na Cuf sta Maria de Belem O Dr. David Marques.Não sei se és de Lisboa. Ele percebeu que o que ela tinha era do sistema nervoso e ela fez um tratamento durante 2 anos com ele e melhorou, nunca mais teve problemas. Mas se já fizeste varios exames e tudo esta bem, o problema pode ter mesmo a ver com a ansiedade. Eu acho que devias ir a um psiquiatra.Eu fui seguida durante algum tempo por neurologia e comecei a perceber que não havia grandes melhoras com o tratamento, e resolvi ir a psiquiatria, foi o melhor que fiz, pois o tratamento era bem mais adequado e ajudou-me.

paulinha

Mensagens : 17
Reputação : 3
Data de inscrição : 05/10/2012
Idade : 39
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Do gastro para o neurologista

Mensagem por DF em Qui Nov 01 2012, 19:23

Obrigada pela resposta.
Não fui ao psiquiatra... não quero acabar dopada e a ver a vida a passar... A ideia que tenho é que os psiquiatras receitam muita medicação (posso estar errada), e não queria enveredar por esses caminhos... para os quais sair deles é por vezes pior que a doença. A verdade é que acho que estou a passar pela fase da negação, quero que estes sintomas pura e simplesmente não se manifestassem mais... e isso não me pareçe que va acontecer...
Ando constantemente enjoada... parece que comi toneladas de comida... e apenas como o essencial para me manter de pé! As horas de refeição são em regra uma chatice por nunca tenho vontade de comer... depois sinto-me fraca e é uma bola de neve...
Dizem que é depressão e ansiedade... so que não encontro o "porque"... Tenho amigos, trabalho, carro, casa... e as chatices e problemas de sempre, porque é que agora me incomodam tanto...
Obrigada pelo desbafo... ainda não estou preparada para mostrar a minha fragilidade ao mundo real... por isso escrver aqui tem sido um escape...

Alguem tem estes sintomas? Por favor partilhem. Sinto-me perdida...

Obrigada

DF

Mensagens : 15
Reputação : 1
Data de inscrição : 14/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Do gastro para o neurologista

Mensagem por Kreissig2063 em Dom Nov 04 2012, 21:28

DF se as depressões e a ansiedade se resolvessem todas com amigos , casa, carro e trabalho era uma maravilha ( essas coisas são importantes sem dúvida ) ... infelizmente por vezes existe um "desarranjo químico/fisiológico" não , não é o fim do mundo... é o mundo real e cura-se como muitas outras doenças.

Repara que no teu 1º post dizes: "quando me chateava ou andava mais stressada" ... por vezes aparece uma sensibilidade a essas pequenas ( ou grandes) contrariedades . O psicosomático é tramado. Faz caminhadas, faz coisas novas, brinca com o teu cão, faz acupuntura, meditação e outras "milhares" de coisas mais e consulta um médico ... não tenhas medo do nome das especialidades, o que interessa é que seja um bom profissional e este aspeto é essencial. Cuida-te e dá notícias. Não "precisas de ver a vida a passar" Very Happy

Kreissig2063

Mensagens : 17
Reputação : 3
Data de inscrição : 15/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Do gastro para o neurologista

Mensagem por paulinha em Dom Nov 04 2012, 21:43

olá, só andas dopada se quiseres, podes simplesmente dizer ao médico que não queres medicação forte...se ele for bom médico nem vai fazer isso se não quiseres...eu também ando farta de médicos mas as vezes é preciso procurá-los...parece que ainda existe algum cepticismo em relação a psiquiatria. Se já foste a gastro,se já foste a neurologia e não andas melhor, porque não tentares? basta seres como te digo sincera com o médico...há medicação mais dificil de fazer o desmame, não é impossivel. E se de facto podes melhorar a tua qualidade de vida porque andas assim? ou então tenta um homeopata ou algo do genero...leva é mais tempo mas pode ser que ajude.

paulinha

Mensagens : 17
Reputação : 3
Data de inscrição : 05/10/2012
Idade : 39
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Do gastro para o neurologista

Mensagem por DF em Seg Nov 12 2012, 19:03

Ola a todos...
Ca estou eu outra vez... hoje voltei a sentir-me mal, voltei a vomitar e ando enjoada... psicologicamente nada mudou... acordei bem, passado um bocado comecei a ficar enjoada e la voltou a crise...
Fiz exames, e não acusaram nada... apenas pedra nos rins... Não sei mais que fazer para isto passar... uma vez que fisico não parece ser... so pode ser a parte psicologica... mas não me sinti nenhuma ansiedadade, nem nada parecido... estas crises parecem que vem do nada... e demoram cada vez mais tempo a passar... conclusão perco o apetite, começo a ficar fraca e é uma bola de neve...
Desculpem o desabafo, poucas pessoas sabem que ando mal, e as que sabem acho que por não compreeenderem, ja estam fartas de ouvir sempre as mesmas quiexas...
Alguem tomou ou toma Valdoxan? Isto serve para o que em concreto? Ja li o panfleto, mas gostava que me relatassem se é mesmo eficaz... Se tenho mesmo depressão porque é que não faz o efeito devido? Estarei bem medicada?

Obrigada desde ja pela resposta e por se importarem....

DF

Mensagens : 15
Reputação : 1
Data de inscrição : 14/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Do gastro para o neurologista

Mensagem por Lolitta em Sab Dez 08 2012, 22:36

DF como voce está?? lendo seu relato me vi falando, aconteceu exatamente a mesma coisa comigo de um gastro para psiquiatra, e também me vejo como você se vê, sem entender de onde vem tudo isso. Tomo medicação desde 2011, já tomei vários tipos, recentemente tomava 1mg de alprazolam e 20mg de citalopram pla manhã. A melhora veio com vários fatores, ainda estou em tratamento, mas bem melhor que em 2011. Faço yoga, terapia, massagem, atividade fisica, fiz reiki, aromaterapia e muita espiritualidade. Ja tomei valdoxan, nao senti muita diferença nao, só pelo fato de dormir melhor com ele, mas achava muito caro e sem grandes efeitos. Vá num psiquiatra sim, eu nao fiquei dopada, consegui trabalhar bem durante esse período, claro que algumas semanas a gnte fica ruinzinha, mas melhora-se muito. Essa semana meu psiquiatra alterou minha medicação para tentar chegar a "cura", será a 4 droga que vou tentar, mas estou bem melhor. Nao desista, voce vai conseguir melhorar.

_________________
sunny
avatar
Lolitta

Mensagens : 66
Reputação : 12
Data de inscrição : 08/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Do gastro para o neurologista

Mensagem por DF em Qua Dez 12 2012, 21:03

Lolitta, obrigada pelo seu relato... nem imagina como é importante... espero que essa nova medicação seja a chave para as melhoras.
Eu tenho andado aos altos e baixos... hoje mais em baixo, pelo que tive de tomar um victan de sos (coisa que ja não fazia a algum tempo). Normalmente ando com ele no bolso e tento resistir-lhe!!! Pareçe tolo, é tolo... mas acabo por fazer um braço de força com o comprimido e a maior partes das vezes venço! Não queria nada ficar dependente de drogas... Tomei fluoxetina durante 1 mes e foi terrivel...ando a tomar Valdoxan a quase 4 meses, melhorei, mas estou longe de estar bem... Como fez o desmame do Valdoxan?
Quando me sinto mais em baixo costumo ir para a banheira e tomo um banho de imersão, saio de la muito melhor... ainda não experimentei mais nada... estas ferias vou tentar fazer piscina e acunpultura...
Boa sorte para todos em especial a Lollita...

DF

Mensagens : 15
Reputação : 1
Data de inscrição : 14/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Do gastro para o neurologista

Mensagem por Lolitta em Seg Dez 17 2012, 22:29

DF escreveu:Lolitta, obrigada pelo seu relato... nem imagina como é importante... espero que essa nova medicação seja a chave para as melhoras.
Eu tenho andado aos altos e baixos... hoje mais em baixo, pelo que tive de tomar um victan de sos (coisa que ja não fazia a algum tempo). Normalmente ando com ele no bolso e tento resistir-lhe!!! Pareçe tolo, é tolo... mas acabo por fazer um braço de força com o comprimido e a maior partes das vezes venço! Não queria nada ficar dependente de drogas... Tomei fluoxetina durante 1 mes e foi terrivel...ando a tomar Valdoxan a quase 4 meses, melhorei, mas estou longe de estar bem... Como fez o desmame do Valdoxan?
Quando me sinto mais em baixo costumo ir para a banheira e tomo um banho de imersão, saio de la muito melhor... ainda não experimentei mais nada... estas ferias vou tentar fazer piscina e acunpultura...
Boa sorte para todos em especial a Lollita...
Os altos e baixos sao normais mesmo, eu também tinha sempre um rivotril sublingual no bolso para emergencias, era minha moleta, hoje ja nao preciso. Também tenho medo de ficar dependente, entao procuro tomar a menor dose que me faça efeito. O valdoxan simplesmente parei, nao senti nada, mas logo em seguida iniciei o citalopran, que estou desmamando, 10mg em dias alternados e tomo 0,5 de alprazolan pela manha, também já diminuindo a dose.Também tomo um bom banho quando não estou bem e sempre ajuda, banho de mar também é fantastico, nao sei se moras no litoral. Tente tudo o que você puder de coisas, quais quer que sejam, que te relaxem....que te façam tirar o foco de você mesma. Medicamentos muitas vezes sao necessarios para sair do espiral da doença. Ja fez terapia? Por que a fluoxetina te fez mal, meu psiquiatra me mandou toma-la no lugar do citalopran....Tenha paciencia que tudo tem seu fim.
avatar
Lolitta

Mensagens : 66
Reputação : 12
Data de inscrição : 08/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Do gastro para o neurologista

Mensagem por DF em Ter Dez 18 2012, 18:52

Vou a neurologista esta semana... o valdoxan inicialmente ajudou bastante... consegui parar os vomitos e a sensação de enjoo também melhorou... quanto ao dormir melhor, nem sei... quando estava em crise "aguda" melhorou sem duvida, mas agora ja nem me lembro de dormir uma noite sem acordar 2 ou 3 vezes...

lollita, os meus sintomas eram os que ja referi (vomitos, enjoo, falta de apetite, refluxo gastrico e perda de peso). Nunca me senti triste, nem nada do genero... so cansada... Quando começei a tomar a fluoxetina continuaram os sintomas e a falta de energia era tanta que mais parecia drogada... durante 15 dias não consegui fazer nada... foi muito mau. O neurilogista disse-me que a fluoxetina estaria a potenciar os sintomas... "porque", não faço ideia... estava tão debelitada, tão fraca fisica e psicologicamente que queria era que aquilo passasse e eu ficasse normal...
Foi-me muito dificil aceitar que tinha depresssão, mesmo que atipica... O gastro disse-me que era sintomatologia psicosomatica...
Vamos la saber...
Desde a uns tempos para ca, tenho sentido umas quebras de tensão... parece que vou cair, fico a transpirar e a tremer... depois como e vai passando... Sera isto um ataque de panico?
Obrigada pela ajuda...
Desabafar aqui é sem duvida uma bao terapia

DF

Mensagens : 15
Reputação : 1
Data de inscrição : 14/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Do gastro para o neurologista

Mensagem por Lolitta em Ter Dez 18 2012, 21:15

se é ataque de panico nao posso afirmar, mas sao alguns dos sintomas..so que o panido é mto caracteristico pelo medo infundado e muito forte. veja o que o neurologista deve dizer, o importante é continuar procurando ajuda.

_________________
sunny
avatar
Lolitta

Mensagens : 66
Reputação : 12
Data de inscrição : 08/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

E que tal tentar hipnose?

Mensagem por verinha em Qua Out 09 2013, 20:45

Olá! Venho partilhar convosco e de um modo sucinto a minha última "aventura". Já há quase 3 anos que comecei a sentir-me completamente esgotada, fisica e mentalmente, ao ponto de deixar de trabalhar pois nem sons normais suportava (passei meses que nem a tv ligava). Mas andei sempre bem disposta, apesar do cansaço. O problema começou a notar-se mais quando o sono ficou muito alterado e não melhorava com soníferos ou ansiolíticos. Fui ao psiquiatra que já anos atrás me acompanhara numa depressão e cedi à opinião dele de que isto seria uma depressão. E foi assim que andei a tomar antidepressivos (4 diferentes, um atrás do outro porque o "bom" efeito que se notasse ao tomá-los durava pouco e não era o esperado). E foi assim que andei a tomar este tipo de drogas, que sem referir os efeitos secundários, uns piores do que os outros, nada resolveram. Em janeiro passado experimentei hipnose (do tipo que é praticada nos hospitais mas de que não se ouve falar...) e em pouco tempo comecei a reagir! e pouco depois larguei a medicação e aí sim, gradualmente comecei a sentir-me mais bem disposta e ágil. Ainda não cheguei ao ponto que quero porque entretanto regressei ao trabalho e deixei de ter tanto tempo para me deslocar. Mas retomei na semana passada  a terapia e notei logo diferença apenas com uma sessão. Recomendo!

verinha
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Do gastro para o neurologista

Mensagem por mrbombas em Qui Out 10 2013, 11:08

onde fazes isso? e em que consiste?

_________________
distorções cognitivas
avatar
mrbombas

Mensagens : 861
Reputação : 90
Data de inscrição : 31/07/2013
Idade : 34
Localização : Fátima

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Do gastro para o neurologista

Mensagem por heavenhell em Qui Out 10 2013, 22:33

Exacto e fazem isso em hospitais publicos ou são clinicas privadas e pagas? Smile Nunca tinha ouvido falar de pratica de hipnose em hospitais, sempre quis experimentar mas nunca tive dinheiro para isso.

heavenhell

Mensagens : 177
Reputação : 16
Data de inscrição : 22/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Do gastro para o neurologista

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Novo Tópico   Responder ao tópico
 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum